Aprendendo com as borboletas

Transformando tristezas

A borboleta fica enclausurada em seu casulo, pacientemente aguardando o momento da metamorfose, da libertação.

Ela simboliza a transformação, a renovação, o surgimento da beleza e da leveza.

Podemos aprender muito com este pequeno, delicado e belo ser da natureza.

Então, vejamos: nossa vida é reflexo do que pensamos, e, conseqüentemente, do que sentimos.

Quando estamos presos a pensamentos negativos, estamos nos mantendo imóveis na escuridão do claustro a que nós mesmos nos confinamos.

Conseguir romper essa barreira e direcionar nossos pensamentos, transmutando nossas emoções sombrias em sentimentos de serenidade e confiança, vai nos proporcionar a libertação da opressão que nos impusemos.

É a libertação de nossa alma, quando podemos – suave e alegremente – descortinar as cores que a luz da vida nos apresenta. Podemos, então, voar livremente pela infinitude de nossas realizações, ganhar o espaço ilimitado da plenitude da vida.

Carregamos, ainda assim, a lembrança do que fomos, transformada agora em conhecimento e sabedoria, que vão nos direcionar na certeza das escolhas, nessa aventura para descortinar nosso próprio Universo.

 

Noemi C. Carvalho

Anúncios


Categorias:Reflexão

Tags:, , , , , ,

1 resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: