Lembre-se: a transformação em sua vida é possível e para melhor, sempre

O que impede que sua vida melhore?

Como escrevi aqui recentemente  no post “Como vencer a negatividade dos pensamentos e sentimentos“, uma das qualidades mais maravilhosas da mente é que ela pode ser transformada. E é nesta transformação que reside a grande oportunidade para provocarmos uma mudança substancial em nossas vidas.

É possível sair do marasmo do “todo dia a mesma coisa”, deixar para trás um histórico de carências – sejam elas materiais, sentimentais ou emocionais.

Por mais que possa parecer inacreditável, a causa de tudo o que aconteceu, que está acontecendo e, principalmente, do que acontecerá está no emaranhado de nossa mente, cheia de crenças que boicotam muitas de nossas atividades.

Entendo que não basta apenas dizer que a causa de tudo é a “cabeça”, para que seja possível se desvencilhar rapidamente dos efeitos dessa desarmonia e vivermos, em terra, o paraíso.

Aliás, não existe forma fácil ou instantânea para que as coisas melhorem, pois tudo isso foi se formando ao longo de muito tempo, e será necessário muito empenho, dedicação e, principalmente, paciência para irmos desvelando todas as mazelas e chegarmos ao nosso verdadeiro ser.

Então, vamos lá. Para empreender esta jornada precisamos de algumas orientações básicas. Como foi mencionado, o emaranhado da mente precisa ser desembaralhado para buscar quais crenças estão causando todo esse desalinhamento.

Uma explicação sucinta sobre o que é “crença”

Podemos dizer que “crença” é uma estrutura formada principalmente por pensamentos, ideias, valores e conceitos que compõem uma série de presunções e formas de agir frente aos acontecimentos que se vive. Assemelha-se muito aos programas de computador que fazem sempre a mesma operação.

Essa estrutura forma nossa visão de mundo, o que somos, como sentimos e como agimos. Ela dá origem ao modo como entendemos o mundo e a nós próprios. Conforme vamos vivendo, definimos se essas crenças são válidas ou não, o que ocorre dependendo dos acontecimentos as confirmarem como válidas para nós ou não.

As crenças se formam desde a mais tenra idade através do que é vivenciado, visto, ouvido, percebido e sentido. Esse conjunto forma uma memória que constrói um pensamento sobre o fato vivenciado.

Elas podem se formar automaticamente ou de forma lenta através da repetição de várias experiências semelhantes.  Podem ser formadas conscientemente, mas, na maioria das vezes, formam-se inconscientemente, sem o exame e aprovação racional do evento.

Após essa brevíssima explicação, chegamos agora no código que é usado para realizar toda essa programação no nosso computador interno: o pensamento.


Pode também lhe interessar:


Nossos pensamentos e ideias são reflexos dos valores e conceitos formados pela crença

Entendemos o pensamento como uma atividade mental. Um processo que possibilita moldar nossa percepção sobre o que nos rodeia para lidarmos da melhor forma, em nossas interações, com o ambiente e com os outros seres.

O pensamento é o instrumento que transforma a linguagem simbólica e abstrata do inconsciente em palavras e atos para construir nossos objetivos.

É fundamental a importância do pensamento, pois ele é a base de tudo – como na linguagem de programação digital, onde é o código que faz tudo se movimentar e existir. Precisamos, portanto, tratá-lo melhor, não deixando pensamentos abandonados e perdidos em cabeças “vazias”.

Mesmo porque o que achamos ser uma cabeça vazia na verdade é um local cheio de pensamentos – ou programas – que estão rodando escondidos de nossa atenção, assim como fazem os programas que roubam dados, rodando por baixo do que está sendo usado no computador.

Bem, agora acredito que já possuímos uma base para entender aquilo que lemos e ouvimos em muitos lugares: que é preciso controlar o pensamento, que temos que vigiar nossa cabeça, e por aí vai.

Preciso dizer que é verdade tudo o que por aí vemos mas, antes de mais nada, é preciso se conscientizar que não é nada fácil, não existe nada que, do nada, reverta isso. Queiramos ou não, de forma consciente ou inconsciente fomos nós que deixamos tudo isso entrar em nós, fomos nós que deixamos esses vírus mentais infectarem nosso computador mental. É necessário, agora, um engajamento e uma obstinação muito grandes para realizar essa tarefa.

Estamos num Universo que não para de se expandir, imenso, onde circulam recursos infinitos que superam nossa capacidade de entendimento, e nos isolamos de toda essa riqueza com a única coisa que nos bloqueia: o nosso pensamento. Desprezamos os nossos pensamentos limitando-os. Eles são extremamente valiosos pois, como vimos, são eles que moldam nosso futuro.

Como disse no princípio, uma das mais maravilhosas capacidades de nossa mente é que podemos transformá-la. Não é possível alterarmos o nosso passado, mas se começarmos a mudar o jeito de pensarmos e agirmos, com certeza nosso futuro será bem melhor.

Eu posso mudar os meus pensamentos e crenças

A primeira coisa que você precisa fazer é deixar de pensar daquela antiga forma. E para isso, o melhor caminho é ir se conscientizado que pensamentos e crenças podem ser mudados. Mentalize e repita isso mentalmente até que o subconsciente se impregne desse conceito e, assim, passe a formar uma nova crença: a de que você pode ter controle sobre o que pensa.

Enquanto mentaliza o mantra, inicie uma cuidadosa observação da mente para não mais deixá-la abandonada.

Ao perceber que um pensamento faz você se sentir mal, troque-o logo por um positivo. O que pode ajudar muito neste processo é observar com atenção suas emoções, que sempre estão dizendo se o que você sente é bom ou não.

Ao trocar o pensamento negativo por um outro, a maneira de saber se esse novo pensamento servirá e será bom é perceber se o que você está sentindo é agradável ou não. Se o que sentir é bom e agradável certamente está investindo em um bom pensamento.

Isso pode ser complexo no início, mas com a prática irá fluir com mais facilidade.

Vá fazendo isso convencendo-se de que é possível transformar o pensamento, e que é possível detectar os pensamentos negativos e substituí-los por novos e bons que irão provocar a mudança que você espera.


Você pode complementar com estas leituras:


Reconheça e afirme o seu poder sobre a sua mente

Não é a mente que está no controle, ela é controlada por você. É possível parar de pensar os antigos pensamentos. Caso um pensamento antigo apareça dizendo que é pouco provável haver uma mudança, pois você é assim, porque já é velho para mudar, as coisas são como são, imediatamente pare com esse discurso.

Tome o poder da mente para si e alterne conscientemente o pensamento para “a partir deste momento prefiro acreditar que cada vez mais estou conseguindo alterar o padrão dos meus pensamentos e conseguindo produzir mudanças efetivas em minha vida.” Você tem que permanecer firme nesta postura pois a mente pode relutar em aceitar que quem manda nela é você.

Os antigos pensamentos deixaram de existir, o que sobrou deles são as consequências e acontecimentos causados por eles que você ainda está vivenciando. O que você elabora em sua mente neste instante, os pensamentos que cria e deixa ganhar força em você é que irão criar suas futuras experiências e consequências. Lembre-se que você só tem domínio sobre o pensamento que está em sua mente agora.

Um breve exercício de mentalização que você pode praticar todos os dias

Por fim, apresento uma rotina de prática de mentalização que facilita a forma de implementar tudo o que falamos. Você agora possui um conhecimento básico: como é o nosso funcionamento  em relação às emoções, crenças e pensamentos. Com essas informações, acredito que o trabalho ficará mais fácil. Então, vamos trabalhar.

À medida que for lendo procure soltar-se, relaxando todo seu corpo da forma mais profunda que conseguir. Se você usar técnicas de relaxamento com a sua respiração, esse trabalho será facilitado. Então respire lenta e profundamente pelas narinas e, quando perceber que seus pulmões estão cheios, segure o ar por alguns instantes, sem forçar, depois vá liberando o ar, também pelas narinas, calma e vagarosamente.

Vá repetindo esse procedimento enquanto mentalmente você vai soltando ainda mais seu corpo. Imagine seus pés livres, soltos, muito leves, agora vá expandindo essa sensação para as pernas, joelhos, por todo o seu corpo até chegar à cabeça.

Sinta que, enquanto faz isso, você está cada vez mais solto. Perceba que da mesma forma que enrijecemos o corpo, isso também acontece com a mente.

Comece a soltar toda sobrecarga, pense que você está seguro, confortável e preparado para se libertar de todos os medos, das culpas e ressentimentos, dos remorsos e raivas, de todos os antigos bloqueios. Você libera tudo que é antigo e que te prende às experiências negativas. Você está em paz. Com tudo, com todos e principalmente com você mesmo, com a vida em si.

Faça esse exercício pelo menos uma vez por dia, de manhã logo ao acordar, ou antes de dormir. Com a repetição constante ficará cada vez mais fácil e o efeito será melhor. Caso no dia a dia perceba o surgimento de algum pensamento inquietante que cause sensações desagradáveis, encontre um local tranquilo e faça essa prática, não deixe os velhos padrões retornarem.

Com o tempo essa prática será incorporada em seus novos hábitos, e você perceberá os bons pensamentos alimentaram sua vida constantemente com ideias incríveis e comportamentos saudáveis. As suas decisões serão todas baseadas em percepções verdadeiras e claras. Você será o senhor do seu destino.

 

José Batista de Carvalho

 


Talvez você goste também:


 

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , , , , , , ,

1 resposta

  1. Amei muita Gratidão apreendi vou fazer isso mesmo pela primeira vez entendi muito boa explicação , a ficha caiu. Namaste

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: