Om Mani Padme Hum: receba a joia da consciência em seu coração

Serenidade e paz em algumas poucas sílabas

Sempre achei uma experiência especial ouvir o mantra “Om Mani Padme Hum”, principalmente a versão gravada por Aurio Corrá. Muitas vezes deixo-o tocando repetidamente, pois traz calma, dá tranquilidade, paz, parece aguçar a intuição e clarear os pensamentos além de promover um conforto muito bom no peito, harmonizando o chakra cardíaco.

Uma das traduções desse mantra é : “Recebemos a joia da consciência no coração do lótus”, sendo o lótus a representação dos chakras, e nesse caso do chakra da coroa.

O significado da flor de lótus começa em suas raízes – literalmente! A flor de lótus é um lírio d’água, suas raízes encontram-se arraigadas à lama e ao lodo de lagoas e lagos. O lótus sobe à superfície e floresce com extraordinária beleza. O simbolismo está principalmente na sua capacidade de enfrentar o negrume do lodo e florescer de forma tão limpa, pura, bonita e tão especial.

A utilização da flor de lótus é um símbolo de que a elevação espiritual é possível, mesmo em um mundo torturado pelas mazelas e incompreensões, frutos da mais escura ignorância. O seja, mesmo nesta terra onde estamos é possível brotar a pureza do lótus, mesmo nós que habitamos nossos corpos, pesados e obscurecidos como a lama temos o potencial de purificação através de nossos chakras.

Palavras que purificam e protegem

Segundo Dalai Lama, é muito bom recitar esse mantra, pois o seu propósito é transformar o corpo impuro de suas palavras e mente, no puro e louvado corpo, palavra e mente de um Buda. Recitá-lo meditando desperta a nossa compaixão e nos põe em ligação com todos que interagem energeticamente ao recitar esse mantra, auxiliando para elevar a energia de paz e de amor no mundo.

O mantra possui todas as sagradas características e virtudes de todos os Budas, sejam eles do passado, do presente e os futuros, todos que atingiram a perfeição e, por isso, com poderes para a cura, paz, proteção e transformação.

Todos podem recitá-lo ou cantá-lo. Independente do estado de ânimo, se estiver triste ou não, é só começar a recitá-lo  que uma sensação de devotamento naturalmente irá tomar nossos sentidos e nossa mente e estaremos dando nossos primeiros passos para a elevação.

Este é o mais popular dos mantras. Muito fácil de ser praticado e detentor de grande poder por ter em si a essência de toda a sabedoria. Cada sílaba entoada desperta uma dádiva espiritual, ajustando-nos, assim, com a propriedade espiritual específica do som emitido, identificando-nos com ela.

Os benefícios que podemos usufruir recitando este mantra

Outros benefícios da utilização deste mantra é o cultivo de valor para eliminação do carma negativo.

OM – recitá-la abençoa para atingir a perfeição na prática da generosidade
MA -ajuda a aperfeiçoar a prática da ética pura
NI – ajuda a atingir a perfeição na prática da tolerância e paciência
PAD – ajuda a conquistar a perfeição na prática da perseverança
ME – ajuda a conquistar a perfeição na prática da concentração
HUM – ajuda na conquista da perfeição na prática da sabedoria

O caminho das seis perfeições é o caminho de todos os Budas. Cada uma das seis sílabas elimina um dos venenos da consciência humana.

OM – dissolve o orgulho
MA – liberta do ciúme e da luxuria
NI – consome a paixão e os desejos
PAD – elimina a estupidez e danos
ME – liberta da pobreza e possessividade
HUM – consome a agressão e o ódio

Este mantra traz fortemente em si a capacidade de purificar nossa mente de sua obscuridade.  Abre a mente para o amor e compaixão, e a conduz ao despertar.

Cada uma das seis sílabas sagradas possui um efeito purificador genuíno.

OM – purifica o corpo
MA – purifica a palavra
NI – purifica a mente
PAD – purifica as emoções
ME – purifica as condições latentes
HUM – purifica o véu que encobre o conhecimento

Cada sílaba é ela mesma uma oração.

OM – é oração dirigida ao corpo dos budas
MA – é oração dirigida à palavra  dos budas
NI – é oração dirigida à mente  dos budas
PAD – é oração dirigida às qualidades dos budas
ME – é oração dirigida à atividade dos budas
HUM – reúne a graça (bênção) do corpo, palavra, mente, qualidade e atividade dos budas

O som de cada sílaba funciona como uma forma de gerar magnetismo de limpeza das energias negativas, fazendo vibrar as moléculas do corpo, aura e espírito de forma positiva, ou seja uma forma alternativa de eliminar, aos poucos, o karma.

Feche os olhos, entoe com calma e profunda devoção, permita que  sua respiração, sua consciência e o mantra lentamente tornem-se um. Ou cante-o de modo inspirado, e descanse no silêncio profundo que às vezes se segue a ele.

Praticar este mantra fará você, com o tempo, entrar em um novo e estimulante ambiente de paz e transcendência.

Fique em paz, na sua paz.

 

José Batista de Carvalho

 

 

Referências:

Dalai Lama

ciencia meditativa.com – traduzido por Vitor Caruso Jr. De texto do Dalai Lama, no site do “The Office of Tibet”: www.tibet.com

 

http://pranaworld.net/4-things-need-know-om-mani-padme-hum/

http://www.grandefraternidadebranca.com.br

 

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: