Desatando o terceiro nó – Harmonize  o seu ser, harmonize sua vida

Publicamos hoje o terceiro post da série “Sete passos para você desatar os nós que amarram a sua vida”. Procure fazer esta leitura num momento em que você possa estar sozinho e tranquilo, possibilitando uma melhor concentração e serenidade para a execução das orientações. Leia a seguir.

Nosso ser, além do corpo físico

Supunha-se, no passado, que o ser humano fosse como uma máquina que se pudesse desmontar. Assim teríamos mente, emoção, sentimento, corpo, alma, como partes separadas dessa máquina biológica.

Hoje sabemos que tudo é um conjunto interligado, nada existe individualizado no homem: o  ser humano é espírito sentimento, emoções, mente e o corpo inteiro. Neste complexo sistema, todo interligado por canais sutis e ainda não totalmente mapeados e compreendidos, surge a vida em sua mais expressiva e magnífica totalidade.

É neste conjunto de elementos e energias que se integram os nossos corpos espiritual, mental, emocional, energético e o corpo físico. O corpo físico é o mais conhecido e é nele que todo e qualquer tipo de desequilíbrio se manifesta, marcando-o com doenças, ferimentos, dores, cicatrizes.

Como todos os corpos estão interligados, a vibração entre eles faz a energia circular. Quando ocorre uma alteração no fluxo de energia, todo o equilíbrio é afetado. Por exemplo, um pensamento de preocupação (ativado pelo corpo mental) pode trazer a emoção do medo (sentida pelo corpo emocional) que, por sua vez, faz doer o estômago (corpo físico), e essa associação faz com que se sinta abatimento, desânimo, faltem forças e vitalidade (desequilíbrio no corpo energético).

Os desequilíbrios energéticos deixam marcas em nosso corpo

O corpo, por suas características distintas, pelas doenças e acidentes que ocorreram ao longo da vida de uma pessoa, fornece um roteiro seguro para se iniciar uma jornada de autoconhecimento englobando os aspectos espirituais, mentais, emocionais e físicos.

Pela relevância que apresenta no tema que estamos abordando, vamos nos concentrar na observação do corpo espiritual.

Presente em todos os corpos, o espírito geralmente enfrenta resistências em algumas pessoas no seu objetivo para evoluir. Desse confronto brotam desequilíbrios energéticos que somatizam-se em algumas doenças ou distúrbios emocionais, onde o indivíduo aprende lições que o levam a mudanças em sua vida após algum problema, acidente ou perda que o atingiu.

Sob o ponto de vista espiritual, enfermidades são provações, e seu principal objetivo é a expansão da consciência para descortinar o que ocorre no coração e na mente, com a finalidade de dissolver as ilusões e restabelecer o encontro do indivíduo com quem ele é em verdade. Por isso é importante parar com as reclamações típicas do vitimismo, e assim conseguir transformar todo o sofrimento e empecilhos numa nova vida, em um caminho novo. Quando se interrompe a procura por culpados pelos infortúnios e dores, encontra-se a passagem para a descoberta da verdadeira extensão do amor.

O que causa os desequilíbrios energéticos

Entenda que você é mais que seu corpo, mais que sua mente. Um ser integrado, com uma essência, que provém da própria fonte da criação, consciência, vontade e ação, embalada por corpos energéticos que interagem para movimentar seu corpo físico.

Atingimos hoje, incríveis avanços na ciência e na medicina, que proporcionam melhores condições de vida e o prolongamento da jornada de experiências neste plano físico. Para auxiliar todos esses recursos e alcançar o equilíbrio e harmonia espiritual, emocional e corporal, podemos buscar a dissolução do que está causando tais desequilíbrios.

Formas repetitivas de pensar e se expressar geram crenças que se manifestam em atitudes, condutas, bem como nos desequilíbrios e doenças no corpo. Geralmente, tais pensamentos se formaram por críticas, mágoas, ressentimentos, rancores ou arrependimentos. Esses sentimentos invariavelmente geram tristeza, pesar, raiva e vingança que, por sua vez, em função da agressividade e violência da energia inerente a eles, desordenam os tecidos energéticos dos corpos sutis, o que irá afetar os outros corpos mais densos, podendo até ocasionar alguma doença.

Podemos notar que todas as condições negativas acima descritas nascem preponderantemente de situações e relacionamentos mal resolvidos que continuam presos no interior das pessoas, e que assim ficaram pela dificuldade em se desprender dos acontecimentos e das pessoas que estiveram envolvidas.

As lembranças que mantém todo esse material preso no sistema energético precisa ser transformado e liberado para que o processo de cura e prevenção seja iniciado.

Exercícios de mentalização ajudam a promover a harmonia e o equilíbrio

Uma forma para se fazer isso é a utilização do poder do subconsciente que, através de mentalizações, irá localizar os fatos ou as pessoas que estão relacionadas aos entraves energéticos e libertar os laços que os mantém presos. Este é um exemplo para realizar a mentalização:

Recolha-se a um local tranquilo onde você não será importunado. Acomode-se de forma confortável sem que nenhuma parte do corpo possa apresentar tensões ou incômodos. Feche os olhos e respire de forma profunda até sentir os pulmões cheios, segure o ar por um tempo, e depois, de forma lenta e suave, libere todo o ar.

Ao sentir que uma certa calma está começando a envolver seus sentidos, inicie o trabalho de limpeza buscando na mente algum fato ou pessoa que possa estar relacionado com alguma situação que ficou presa em seu interior. Ao localizar, procure não se envolver emocionalmente e nem conversar com as pessoas ou situações. Fique quieto, apenas observe.

Quando se sentir confiante e em paz, dirija-se à situação ou pessoa, olhe tudo com profunda compaixão e perceba que consciente ou inconscientemente você, de alguma forma, também contribuiu para a ocorrência que gerou esse conflito. Você irá reconhecer sua responsabilidade. Não estou falando de culpa, estou dizendo responsabilidade, ou seja, por algo que você fez ou deixou de fazer uma consequência se seguiu e, ao assumir a responsabilidade, você está assumindo o seu poder de desfazer o mal que isso ocasionou para você.

Após reconhecer sua participação, você irá se desvencilhar de toda a energia negativa e das consequências que tal fato gerou. Para isso, terá de se desprender da situação. Esse desprendimento se dá através do perdão. Isso mesmo: perdoe a tudo e a todos os envolvidos, solte-os nas mãos de Deus, pois assim você também estará se perdoando,  sendo perdoado e se libertando.

Ao fazer essa mentalização repetidamente, você cada vez mais terá capacidade de buscar seu equilíbrio, harmonizar sua vida e seu ser.

 


Para que você possa dar continuidade a este trabalho, selecionamos sete publicações. Se for de seu interesse, leia uma a cada dia, se possível mantendo o mesmo horário e as mesmas condições de privacidade para um melhor aproveitamento.

  1. Como a qualidade dos pensamentos interferem na energia do seu ambiente
  2. Quatro passos para começar bem seu dia
  3. O seu bem-estar merece alguns minutos
  4. Quem não quer se sentir feliz?
  5. Quartzo: o mestre dos cristais
  6. Mude sua vida com o poder da mente
  7. Escute seu corpo e conheça a sua história energética

 

Acompanhe na próxima quinta-feira, 11/07/2019, o quarto post da série Sete passos para você desatar os nós que amarram a sua vida.

Veja um resumo em Uma caminhada se faz passo a passo.

Lembre-se: sempre que você sentir que é necessário, procure orientação profissional para ajudá-lo na solução de conflitos internos.

 

José Batista de Carvalho

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , , , , , , , ,

1 resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: