A prece ou oração, quando feita com as palavras da alma, é muito mais poderosa

“A prece ou oração, quando feita com as palavras da alma, é muito mais poderosa.” – Paulo Coelho

Pela cidade, em uma dessas manhãs quando o sol não consegue aquecer a pele, ando no silêncio de ruas vazias tentando respirar este silêncio e transformá-lo em paz e propósito.

Busco em meio às ruas cruzadas um caminho em mim que leve à descoberta do espaço em meu interior onde possa ajoelhar e encontrar palavras para tecer uma singela oração, que possa levar alento e esperanças a todos que neste momento sofrem com os dissabores vividos. Então meu coração se ilumina, minha mente se abre, e as palavras assim fluem:

“Senhor, por muito tempo deixei a dúvida criar raízes em meu pensamento, e esta se fortaleceu me enlaçando e paralisando. Tão forte ficou que tolheu a luz que sinalizava meu caminho e me forçou a procurar fora de mim a força que julgava não mais ter.

Perdido em mim mesmo, via o passar da vida na soma dos anos. Desfalecia em cada nova tentativa de fincar minha presença em algo de útil e belo, mas apenas ruídas pretensões ficavam como rastros nos caminhos percorridos.

Vislumbro nas marcas de meu rosto não só o peso das dores e aflições, mas que o tempo está me cobrando urgência no devotamento à obra destinada a mim.

Por isso, querendo participar do milagre do existir e assim dar a contribuição a mim designada, peço que tenha o abençoado tempo para me desvencilhar das ilusões todas que deixei o mundo construir em meu redor, enchendo-me de vaidades tolas e desmedido orgulho.

Aprendi que as dificuldades foram consequências de equivocadas ações movidas pelas máscaras do orgulho e da vaidade, e assim os amargores que ainda angustiam meu peito sinalizam que novas escolhas precisam nascer de minha mente.

Preciso de ajuda, necessito limpar estas marcas do mundo que ainda tisnam minha visão. Senhor, sei que somente as águas da humildade podem purificar meus sentidos e revelar a disposição para a descoberta de quem em verdade sou, por isso faz que essas divinas águas fluam em minha direção e ao banhar-me restitua a verdade em mim.

Perdoe-me por ter, através de pensamentos, vivido a ilusão do mundo do medo e longe do amor. Agora, com os olhos limpos, vejo que nada que seja contrário ao amor pode existir. E que o perdão é a porta por onde poderei passar para fazer a vida melhor.

Neste instante, peço que me perdoe, e que me ensine e me ajude a me perdoar, para que possa sair desse mundo de culpas, para que possa me desvencilhar de todo o mal que criei e assim liberto possa entrar nesse espaço de amor que tudo cura e restabelece.

Ajude-me a me encontrar, a reconhecer a verdade de quem sou, expressão de Seu amor, fruto de um Divino desejo de vida e vida em abundância.

Que esse amor amanheça em mim todos os dias, que viva em mim em todos os momentos e que me aconchegue e embale as noites.

Em todos os dias que me restam, entoarei essa oração, criando uma ligação mais íntima com a espiritualidade, exercitando minha vontade no bem, desenvolvendo a disciplina para estar sempre ligado no compromisso de expressar através de minha Essência a Divina vontade.”

 

José Batista de Carvalho


Talvez lhe interesse:


 

Anúncios


Categorias:Reflexão

Tags:, , , , , , , , , , ,

1 resposta

  1. gostei

    Curtir

Deixe uma resposta para Filipa Ramos Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: