O mundo inteiro dentro de nós

As possibilidades de realização estão, na verdade, muito perto de nós

Em seu livro A Chave Mestra“, Charles F. Haanel discorre sobre a criatividade pertinente às atividades mentais e a relação de ordenação entre o “ser” e o fazer”: “A mente é criativa e todas as condições, ambiente ou experiências da nossa vida são o resultado da nossa atitude mental habitual ou predominante. A atitude da mente necessariamente depende da forma como pensamos. Isto é verdade, porque nós devemos “ser”, antes de podermos “fazer”, e nós só podemos “fazer” a extensão do que nós “somos”, e o que nós “somos” depende diretamente do que nós “pensamos”.”

Com isto ele enfatiza o fato de que nós só podemos efetivamente expressar qualidades, atributos, ou o que ele chama de “poderes” dos quais estejamos realmente conscientes. E a primeira coisa a se conscientizar é que esse poder, capaz de propiciar as realizações que desejamos, está dentro de nós.

“Há o mundo interior – um mundo de pensamentos, sentimentos e crenças que dá poder à luz, à vida e à beleza e, embora esse poder seja invisível aos olhos humanos, as suas forças são poderosas. O mundo interior é governado sobretudo pela nossa mente. Quando descobrirmos e compreendermos esse mundo, nós acharemos a solução para todo problema, a causa para todo efeito; e como esse mundo interior está sujeito ao nosso controle, todas as leis do poder e posse, também estão completamente no nosso controle. O nosso mundo exterior é uma reflexão direta do nosso mundo interior, e nunca o contrário.”

Por isto é preciso nos aproximarmos cada vez mais de nosso ser interior, conhecer as habilidades e qualidades que possuímos, bem como nossas imperfeições e fraquezas, para usarmos cada vez mais as primeiras e tomarmos cuidado ou corrigirmos as segundas, de modo a direcionar nosso mundo interior para a realização do que desejamos.

Você não é uma gota no oceano. Você é um oceano inteiro numa gota. – Rumi

Quando ficamos conscientes e aceitamos plenamente que temos dentro de nós os elementos que precisamos para nos dar coragem, motivação, esperança, fé, entusiasmo, abrimos as possibilidades para o desenvolvimento sereno e harmonioso de nossas capacidades, de nossa inteligência, de nossas habilidades.

Abrindo as portas internas, damos o passo necessário para abrir as portas externas.

 

Noemi C. Carvalho

 


Siga LêAqui nas redes sociais:


 

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , , , ,

1 resposta

  1. Gostei

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: