Não me perturbe: está liberado o bloqueio de telemarketing

Você já pode se livrar das ligações inoportunas – pelo menos de algumas delas

Uma boa notícia nesta semana foi a liberação, desde a terça-feira dia 16, do sistema para bloquear as ligações de telemarketing de algumas operadoras de telecomunicações. A estimativa é que pelo menos um terço das ligações indesejadas e inoportunas refere-se à oferta de serviços de telefonia e banda larga.

Quem é que já não se aborreceu com as constantes ligações, durante o trabalho, no almoço de domingo, tarde da noite? Quem é que já não foi importunado, não uma, mas várias vezes – e põe várias nisso! – no mesmo dia?

Finalmente, nós consumidores, vamos ter a nossa vez de sermos respeitados. Quem quiser pode pedir o bloqueio para evitar essas inconvenientes ligações. E o nome do serviço, diga-se de passagem, é muito bom: “não me perturbe”. Certamente quem o idealizou também não aguentava mais.

O cadastro para pedir o bloqueio pode ser feito através do site: naomeperturbe.com.br.

Segundo o vice-presidente da Anatel, Emmanoel Campelo, “O grande problema no Brasil é que nós não temos uma legislação que, efetivamente, proíba esse tipo de prática. Então, na verdade, a Anatel está adotando medidas – essa é uma medida inicial, é um ponto de partida – para tentar minorar esse desconforto ao consumidor. Mas sem prejuízo de que outras medidas venham a ser adotadas”.

Só nos primeiros dias de liberação do serviço, mais de 600 mil acessos foram registrados.

 

com informações de G1 e Canaltech

Anúncios


Categorias:Variedades

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: