Transformando o lixo plástico em cadeiras coloridas

Engenheiro filipino converte o lixo plástico em cadeiras escolares alegres e coloridas.

O engenheiro filipino Winchester Lemen teve a brilhante ideia de transformar o lixo plástico em produtos úteis.

Ele desenvolveu um sistema para reciclagem de plástico que transforma o lixo em cadeiras escolares coloridas. O processo consiste basicamente em coletar plásticos, cortá-los, limpá-los, fundi-los e depois moldá-los. Finalmente, as peças são colocadas juntas e o produto é pintado.

A Winder Recycling Company processa cerca de 90 toneladas de lixo plástico e usa uma tecnologia de aquecimento térmico transformando os resíduos em cadeiras escolares, bancos, mesas de piquenique, espreguiçadeiras e muitos outros produtos.

Lemen disse que o negócio começou em 2001, quando ele viu a necessidade de reciclar plásticos e inventou uma tecnologia para a utilização do lixo gerado por esse material.

Uma única cadeira de escola é composta de 30 quilos de plástico, o equivalente a 10.000 embalagens de doces ou 300 garrafas de água mineral, que geralmente são despejados em aterros sanitários ou canais e hidrovias.

“Também estamos salvando uma árvore de três anos de ser cortada que poderia ter sido usada para criar uma cadeira”, disse Lemen.

A tecnologia será de grande ajuda para a cidade de Davao, onde está localizada a fábrica, que está lidando com enormes quantidades de lixo, uma média de 540 a 600 toneladas por dia. A maioria deste volume é de resíduos de plástico, que acabam em cursos de água e no mar. O plástico foi apontado como responsável pelas mortes de baleias no Golfo de Davao, de acordo com Darrel Blatchley, do Bone Collector Museum.

Na limpeza costeira da cidade, realizada em maio deste ano, os voluntários coletaram 3.000 sacos de lixo, a maioria de resíduos plásticos. A prefeitura está proibindo o uso de plásticos de uso único na cidade.

A Winder confia tanto na durabilidade de seus produtos que oferece uma garantia de 20 anos aos produtos, garantindo a reposição caso o produto fique danificado.

Além de cadeiras e bancos escolares, a empresa também fabrica bancos para jardins, parques e outros locais ao ar livre, pois resistem muito bem ao clima.

Um dos maiores planos da Winder Recycling Company para o futuro é fazer casas modulares pré-fabricadas com resíduos de plástico.

 

com informações de Nation e Philippine Information Agency

 


Leia aqui:


 



Categorias:Variedades

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: