Veja como alguns minutos de meditação podem aumentar a produtividade e bem-estar

Você não tem tempo para meditar? A ciência mostra que mesmo alguns minutos ao dia podem lhe trazer muitos benefícios.

A meditação traz inúmeros benefícios, reconhecidos pelos diversos estudos realizados para avaliar esta prática e suas implicações no bem-estar. Somos constantemente lembrados de praticá-la, por artigos voltados ao autoconhecimento, harmonia e equilíbrio pessoal.

Apesar disso, a maioria das pessoas tem dificuldade em fazer da meditação um hábito. O motivo, basicamente, é pela associação à imagem contemplativa de um monge budista e das intermináveis horas que ele passaria meditando. Fica aquela sensação de ter que se isolar do mundo, sem ser incomodado por nada nem ninguém pelo menos por meia hora ou mais.

As primeiras pesquisas sobre meditação

De fato, as primeiras pesquisas em neurociência sobre meditação, foram realizadas a partir de estudos das atividades do cérebro de meditadores “experientes”. Num desses estudos, por exemplo, o participante médio já praticava meditação há cerca de seis anos e meio, durante oito horas por dia, foi o próprio Dalai Lama que ajudou a recrutar monges budistas tibetanos e incentivou diretamente a pesquisa sobre o cérebro e a meditação, realizada no Laboratório Waisman de Imagem e Comportamento Cerebral,  da Universidade de Wisconsin-Madison.

Os resultados dos estudos nessa amostra incomum sugerem que, ao longo da meditação por dezenas de milhares de horas, os praticantes de longo prazo realmente alteraram a estrutura e a função de seus cérebros.

Mas a boa notícia é que em outro estudo, realizado em 2018 por pesquisadores dos departamentos de psicologia e psiquiatria do Swarthmore College, do Hospital Geral de Massachusetts e da Universidade de Yale, a conclusão é que “nossos resultados apoiam a hipótese de que mesmo uma breve meditação melhora a alocação de recursos atencionais em alguns iniciantes.”

Os pesquisadores afirmam que “os estudos atuais expandem nossa compreensão dos efeitos iniciais da meditação breve e sugerem que a meditação breve afeta a atenção mesmo em praticantes iniciantes. Essas pesquisas são importantes não somente para ter acesso aos benefícios de bem-estar da meditação, ; mas para o estudo psicológico da atenção em geral.”

Mesmo breves períodos de meditação podem trazer benefícios poderosos, desde que praticados com regularidade.

Leia aqui: Lembre-se: a transformação em sua vida é possível e para melhor, sempre

Este estudo tinha por objetivo avaliar se as pessoas que meditavam apenas dez minutos por dia conseguiam experimentar os seus benefícios. Foram feitos dois estudos separadamente, e o resultado mostrou que essas pequenas doses de meditação aumentam o desempenho cognitivo.

As pessoas sem nenhuma experiência anterior em meditação, que fizeram meditações de apenas dez minutos por dia, mostraram tempos de resposta mais rápidos, maior precisão, menos distração e uma capacidade aprimorada de manter a atenção, como concluíram os pesquisadores.

Leia aqui: O seu bem-estar merece alguns minutos

Veja como fazer uma breve meditação

Se você não tem uma hora por dia para se sentar sozinho em uma sala silenciosa, experimente fazer pequenas meditações diárias. Você pode praticar com as recomendações a seguir, dadas por Nate Klemp, co-fundador da Life XT (Life Cross Training), um programa de engajamento de funcionários que utiliza a atenção para otimizar o bem-estar e o desempenho no trabalho.

1. Encontre um lugar confortável

Você não precisa se sentar numa almofada especial, numa posição desconfortável para você, nem em um lugar isolado acusticamente de todos os barulhos externos. Você pode fazer essa prática a qualquer hora, em qualquer lugar: no seu escritório, em sua casa, no transporte coletivo, num banco do parque. Não precisar de em um local isolado, sem distrações e sem perturbações, facilita muito a adaptação dessa prática ao seu dia.

Leia aqui: Uma breve meditação que você pode praticar todos os dias

2. Comece praticando a atenção

Comece mantendo a atenção na prática meditativa. Nas dez primeiras respirações, conte cada inspiração e expiração: “um” ao inspirar, depois “um” ao expirar; em seguida, “dois” na segunda inspiração, e assim por diante, até chegar a dez sem perder o foco na contagem. Se não conseguir chegar a dez sem se distrair, volte e recomece.

Leia aqui: Como recobrar a calma em um minuto

3. Cultive a habilidade da metaconsciência

Quando chegar ao dez passe para o treinamento de uma qualidade mental ligeiramente diferente, o que os psicólogos chamam de “metaconsciência”. Esta é a sua capacidade de se afastar dos pensamentos e emoções que correm pela sua mente. Para fazer isso, comece a dirigir sua atenção para os sons, sensações e objetos (caso queira ficar com os olhos abertos). Você apenas relaxa, observando os movimentos da mente, percebendo sensações, pensamentos e sons indo e vindo.
4. Encerre com uma intenção ou desejo altruísta 

Aqui está uma ótima maneira de encerrar sua prática de meditação. Termine com uma intenção que se estende além de si mesmo. “Eu quero ser gentil.” “Eu quero prestar um serviço.” “Quero ouvir e agir dessa perspectiva maior e menos reativa.”

Leia aqui: A melhor forma de estabelecer metas na nossa vida

A melhor coisa sobre essa prática é que ela é portátil e ultra-eficiente. Você realmente pode fazer isso em qualquer lugar. E, como sabemos agora, a ciência mostra que você não está desperdiçando seu tempo meditando apenas por cinco a dez minutos.

Essa curta explosão de meditação pode ajudá-lo a aguçar sua mente ao longo do dia, aumentando seu foco, produtividade e bem-estar geral.

 

Noemi C. Carvalho

 

com informações de INC por Nate Klemp

 

 


LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: PinterestFacebook – Instagram – Twitter


Anúncios


Categorias:Reflexão

Tags:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: