Como treinar a mente para ter uma vida melhor

A importância de uma mente tranquila e serena é cada vez mais enfatizada como uma condição para ter uma vida com mais qualidade.

De gurus a pesquisadores científicos, de indicações na área da espiritualidade a recomendações médicas, a orientação sempre converge para o direcionamento para pensamentos de ordem amorosa, positiva, construtiva.

Mas como fazer para que a mente nos obedeça, se mantenha num padrão de vibração calmo e elevado, dispensando pensamentos de dúvida, medo, insegurança?

Como pode o cérebro ficar quieto?

Krishnamurti responde a esta pergunta que lhe foi feita: “Como pode o cérebro ficar quieto?”

“Então estamos perguntando como pode o cérebro, que é tão tremendamente, avidamente e entusiasticamente ativo, como pode naturalmente, facilmente, sem qualquer esforço ou supressão, ficar quieto?

Vou lhes mostrar. Como dissemos, durante o dia ele fica infinitamente ativo, no momento em que você acorda, você olha pela janela e diz, “Oh, chuva terrível”, ou “Está uma linda manhã, maravilhosa, mas muito quente”. Você começou.”

Segundo ele, nós temos automaticamente um impulso de fazer qualquer tipo de comentário que seja sobre o que aparece à nossa frente. Emitimos uma opinião, uma crítica, fazemos uma comparação. Ativamos o cérebro e o alimentamos continuamente.

A mente gosta de comparar, e assim se prende ao passado.

“Mas se você olha pela janela e não diz uma palavra, o que não significa que você suprimiu a palavra, apenas observa sem toda a memória do passado, apenas observa. Certo? Então aí você tem o segredo, a chave. Observar sem o velho cérebro respondendo. Assim, quando o velho cérebro não responde há uma qualidade do novo cérebro surgindo. Vocês estão entendendo tudo isto?”

Leia aqui: Não envenene sua vida com seus pensamentos

Segundo Krishnamurti, sempre que observamos e comentamos estamos comparando, isto é, trazendo elementos do passado ao presente, unindo estes dois tempos distintos, trazendo as antigas experiências, o “velho cérebro”, a mesma vida. Entretanto, se apenas contemplamos, estamos abertos ao novo, saímos do padrão, surge o “novo cérebro”, que traz novos pensamentos, que produz nova vida.

Quando as emoções dominam a mente, dificultam a vida.

“Você pode observar as colinas, as montanhas, o rio, os vales, as sombras, as lindas árvores e a maravilhosa nuvem cheia de luz e glória além das montanhas, olhar para isso sem uma palavra, sem comparar. Mas fica muito mais difícil quando você olha para seu vizinho, sua esposa, seu marido, outra pessoa. Aí você já tem as imagens estabelecidas e fica muito mais difícil observar.”

Ele adverte da dificuldade que pode existir quando a observação pura envolve pessoas conhecidas, seja do ambiente familiar, social, escolar, de trabalho, não importa. As referências são ainda mais fortes, existem envolvimentos emocionais, muitas vezes mágoas e rancores não resolvidos, que dificultam a isenção.

Além disso, quando nos ligamos aos outros por pensamentos, nos ligamos à energia dessas pessoas, ao seu padrão vibratório. E quem quer carregar também os problemas e dilemas, as incertezas e aborrecimentos dos outros?

Leia aqui: Como a qualidade dos pensamentos interferem na energia do seu ambiente

A chave para treinar a mente.

“Apenas observar. Você verá que quando observa assim vê tão claramente, a ação se torna extraordinariamente vital e se torna uma ação completa, e você não a estende ao próximo minuto.”

Krishnamurti deixa o esclarecimento final, a importância de adotar essa atitude: sem comparações, não nos prendemos ao passado, não carregamos fardos que atrasam nossa jornada. Ficamos libertos no presente, e no presente libertamos o futuro.

Exige prática, constância, vontade e tenacidade para conseguir algo que, à primeira vista, pareceria tão fácil. Mas certamente o resultado de libertar-se da mente para conquistar a vida desejada faz valer todo o esforço.

 

Noemi C. Carvalho

 


LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: PinterestFacebook – Instagram – Twitter


 

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , , ,

1 resposta

  1. Parabéns Noemi pelo seu trabalho! Adoro seus ensinamentos…o de hj, olhar pra o agora e não se deixar voltar ao passado mexeu bastante comigo…realmente, praticando, acredito, dá pra vida fluir melhor!
    Gratidão e um gde abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: