Você gostaria de saber algumas curiosidades sobre um zoológico?

Conheça um pouco sobre as atividades e importância dos zoológicos.

Numa conversa informal no seu perfil do Facebook, Tsuki Frs, que trabalha como voluntária no Zoológico de São Vicente, no Estado de São Paulo, conta algumas coisas bem interessantes e educativas, respondendo a perguntas que lhe são feitas.

Ela deixa bem claro que “eu não posso falar sobre outros zoológicos, nunca trabalhei em nenhum outro”.

Os animais são retirados de seu habitat para serem levados ao zoológico?

Tsuki explica que a atual legislação brasileira não permite esse tipo de ação. Os moradores do zoológico podem ser separados entre:

  • os que nasceram lá mesmo, como o hipopótamo Ramon
  • aqueles provenientes de circos
  • os resgatados de maus-tratos
  • aqueles de salvamento de animais traficados

Os animais encontrados nessas condições são direcionados pela Secretaria do Meio Ambiente para o zoo que tenha melhor condições de atendê-lo. Acontece de zoológicos terem recintos específicos sem nenhum animal, como ela conta: “Nós temos um recinto de onça sem onça justamente porque não tiramos animais da natureza. Se um dia houver uma onça precisando ser cuidada sem condição de ser solta, eles verão nos arquivos que temos espaço pra ela.”

Não é melhor para os animais viverem na natureza?

A essa pergunta, Tsuki responde: “Que chances tem um leão de circo tentando caçar? Ele vai fracassar e morrer. O zoológico é a última chance que ele tem de ter uma vida digna depois de sofrer muito.

E completa dizendo que os santuários são uma ótima opção, mas eles dependem de iniciativa privada, pois o custo é muito alto para aquisição de um terreno apropriado e a manutenção do local.

Leia aqui: Mamãe-panda ganha gêmeos na Bélgica

Por que o zoológico expõem os animais e ainda se beneficia com o lucro?

Tsuki esclarece que “expor os animais é a melhor forma de educar as pessoas.

Quanto mais a criança ama e respeita o leão, as aves, os saguis, mais ela vai aprender a apoiar as causas certas quando crescer. Se você ensinar a criança que o plástico que ela joga na praia vai matar a tartaruga que ela tá achando linda, ela vai crescer um ser humano melhor. Chama educação ambiental.

E sobre lucro, vou deixar uma conta pra vocês fazerem: só o Ramon come mais de um fardo de feno todo dia, mais ração, mais 10kg de fruta; os leões comem 10 a 11 kg de carne de qualidade (e tem que variar) todo santo dia. Pensem no valor disso, pensem quantas pessoas visitam zoológicos sem ser nas férias escolares e pensem quanto se gasta com as pessoas que limpam e alimentam esses animais em períodos que ninguém tá pagando entrada (porque o recinto é limpo sempre, galera, não é só quando vai visita). Juro, gente, não tem esse lucro não…”

Como fazer para trabalhar num zoológico?

Ela orienta a procurar o local de interesse para conhecer a regulamentação específica, já que existem os de iniciativa pública ou privada. Nos zoológicos mantidos pelo governo estadual paulista, geralmente existem vagas para biólogos, veterinários, tratadores, estagiários e voluntários.

Você gosta de trabalhar no zoo?

“É gratificante trabalhar com eles, ouvir o Leão rugindo, os barulhinhos do Ramon, conquistar um animal que as vezes tem medo, é tudo bom demais. Entristece saber que tem gente que trafica, bate, prende e você tem que estar preparado pra isso. Mas no geral é muito bom.”, finaliza Tsuki.

 

Gostou? Você pode ler tudo no Facebook da Tsuki.



Categorias:Variedades

Tags:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: