Escolha o que você quer para sua vida

O que você realmente quer para a sua vida?

Pare por um instante. Pense com calma.

O que é que você quer em sua vida, o que você quer agora?

Se você encontrasse a lâmpada mágica e tivesse a oportunidade de realizar um desejo, qual seria ele?

Não precisa se preocupar com outros “quereres”, que podem vir depois. Não é o único e último desejo da sua vida. É simplesmente, neste momento, o que mais você gostaria que se realizasse.

Você acredita mesmo que merece o que quer?

Louise Hay, com suas sugestões sempre muito práticas, mostra como seguir com este exercício. E mostra que sentimentos ruins podem aparecer nesse momento que deveria ser bom e agradável, já que é uma prática para ajudar a direcionar a realização de sonhos e desejos. Vamos acompanhá-la:

Pense e, então, diga: Aceito para mim ……….. (complete com o que você quer).

Descobri que é nesse ponto que a maioria fica presa. O problema é a crença de que não merecemos o que queremos ter. Nosso poder pessoal está na forma como vemos nosso merecimento.

E nosso desmerecimento vem de mensagens da infância. Repito, não precisamos crer na incapacidade de mudar por causa dessas mensagens. Muitas vezes, as pessoas vêm até a mim e dizem: “Louise, as afirmações não funcionam”. Na realidade, não tem nada a ver com as afirmações, mas com o fato de não acreditarmos que merecemos o bem.”

O modo de descobrir se acredita merecer algo é fazer uma afirmação e notar os pensamentos que aparecem ao dizer. Em seguida, anote os porquês, quando os vir no papel, ficará muito claro para você. Tudo o que o impede de merecer e se amar é a crença ou opinião de outra pessoa que você aceitou como verdade.

Quando não acreditamos merecer o bem, derrubamos aquilo que nos sustenta, o que podemos fazer de inúmeras formas. Podemos criar o caos, perder coisas, nos magoar ou sofrer problemas físicos, como quedas  e acidentes.

Precisamos começar a crer que merecemos todo o bem que a vida nos oferece.”

Como começar a reprogramar seus pensamentos.

“Para reprogramar a crença falsa ou negativa, qual seria o primeiro pensamento necessário para dar início à criação desse novo resultado na vida? Qual seria o alicerce ou a fundação necessária para ficar em pé?  O que é preciso para conhecer? Acreditar? Aceitar?

Alguns bons pensamentos para começar são:

Eu mereço

Eu me amo

Eu me permito ser pleno

Esses conceitos formam a base das crenças sobre as quais se pode construir. Faça suas afirmações sobre esses alicerces para criar aquilo que quer.”

Você acha que é fácil ou difícil conseguir fazer isso? Você acha que é possível mudar seus pensamentos com base no que é verdadeiro para você, e não com base no que lhe disseram que era correto e que você passou a acreditar?

Acredito que não se trata de grau de dificuldade, mas de empenho e comprometimento.

Chegando à origem da crença limitante.

Descobrir quais são as antigas crenças limitantes que atrapalham a vida, chegar até elas e tirá-las de debaixo da poeira acumulada de anos ou décadas onde elas estão escondidas precisa de um pouco de tempo, de introspecção, e de coragem para rever certas cenas mentais do passado.

Quando você chega à origem do que tem lhe causado tantos problemas – que à vezes foram uma ou duas frases ditas quando você era criança – ao mesmo tempo em que acende aquela lâmpada iluminando as ideias você pensa:

“Puxa, então foi isso? É por causa disso que eu não consigo ………. (ser amado, ficar rico, ter sucesso, ser feliz, seja o que for que é um problema para você). Isso ficou na minha mente, me dizendo que ………. (ninguém vai me amar, amor é sofrimento, dinheiro não é bom, pensar em dinheiro é pecado, ter sucesso é perigoso, etc.)”

Talvez você não consiga logo na primeira vez ter essa lembrança que vai clarear suas ideias e te fazer entender o porquê de seus bloqueios. Não apresse o ritmo natural, pois a partir do momento em que você dá a largada, quando você pede a Deus, ao Universo, à Vida, que te mostre um caminho, confie que no tempo certo ele vai aparecer. A imagem pode surgir em sua mente quando você nem estiver pensando no assunto.

Descobrindo qual é a crença limitante você não fica mais seu refém.

Quando você conseguir ter a percepção da origem do seu bloqueio, não se preocupe sobre o que fazer com isso. Você pode ter um sentimento de “E agora, caiu no meu colo e o que eu faço com isso? ”

Você não precisa fazer muita coisa. Agora você já sabe que existe pelo menos um motivo, e desse você vai poder se livrar. Você entende agora que isso não faz sentido, que aquele pensamento que ficou escondido determinando uma certa direção não é aquilo em que você acredita. Aquele pensamento não tem razão de ser, não faz sentido para você. Isso vai fazer com que ele perca o domínio que exercia sobre a sua capacidade de realizar, pois só podemos realizar, tornar efetivo e real aquilo em que acreditamos.

Vamos a um exemplo para ilustrar, sair da teoria e aplicar na vida: digamos que na sua família os relacionamentos não foram estáveis. Situações aconteceram com seus pais, tios, irmãos, primos envolvendo brigas, maus-tratos, desconfiança, traição, separação. Naturalmente que todos os fatos eram narrados com as frases do tipo “melhor é ficar sozinho”, “não dá pra confiar em ninguém”, “essa história de amor é conversa fiada”, “homem/mulher não presta”, “sabia que não ia dar certo”, e outra tantas no mesmo sentido.

Essas palavras se incorporaram ao seu repertório, foram prestando atenção a todas as situações e frases semelhantes para também incorporá-las e assim se fortalecer, aumentar o espaço ocupado e a força de persuasão. Com o passar do tempo, você queria ter sua vida amorosa, construir um relacionamento sólido, mas as pessoas que chegavam à sua vida acabavam lhe proporcionando esse mesmo tipo de experiência que você tinha incutido em seu subconsciente. Inconsciente e involuntariamente, você se relacionava com pessoas que iam tornar realidade aquilo em que você acreditava.

É compreensível? E isso, naturalmente, se aplica a qualquer área da vida: carreira, amigos, lazer, bens materiais. Todas as realizações a que você aspira são determinadas pelo seu desejo, pelo seu esforço, e também por aquilo em que você acredita.

Tudo tem seu tempo.

Por outro lado, não desanime, nem se cobre, se o seu desejo ainda demorar a se realizar. A convicção que você tinha determinou o rumo dos acontecimentos, através de uma cadeia de energias interligadas que atendiam, pela Lei da Atração, aquilo em que você acreditou até agora.

O seu desejo podia ser outro, mas a sua crença profunda era contrária ao seu desejo. Ficou claro? Porque isso é muito importante. A partir do momento em que você entender isso, aí sim você vai conseguir aceitar que aquela crença não era sua e vai poder trocá-la pela sua verdade, por aquilo que você acha que é certo, que é bom, que você tem direito.

À medida que você se mantém firme na sua convicção, as forças divinas e naturais vão ajustando o curso e modificando o tipo de coisas que vão começar a se aproximar de sua vida, que serão de acordo com seus novos pensamentos, suas novas crenças.

Isso é o que significa “o que está dentro se manifesta fora”. Esta atitude vai lhe trazer mudanças significativas, duradouras. Um desejo pode até ser realizado por força de vontade, à custa de afirmações que refletem o que você realmente quer – mas não o que você sente em verdade – mas é bem provável que depois sua situação anterior volte a se manifestar. Porque esse desejo não tinha base sólida, a base ainda estava apoiada na crença do não merecimento, que vem, a seu tempo, se manifestar novamente. A transformação real acontece pela transformação do sentimento, da crença, daquilo que você acredita como verdadeiro e bom.

Vamos deixar claro, entretanto, que as crenças são apenas um dos fatores que podem estar impedindo que você não esteja encontrando a realização que deseja. Pode haver outros fatores de ordem emocional ou espiritual, aspectos de personalidade ou traumas profundos. Por isso, sempre que achar necessário, procure uma orientação profissional e adequada a auxiliá-lo na realização de sua vida.

 

Noemi C. Carvalho

 

 


LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: PinterestFacebook – Instagram – Twitter


 

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: