Por que a percepção de tempo está mudando?

Quem será o responsável pelo sumiço do tempo?

Você também já sentiu a impressão de que cada vez mais pessoas falam de como o tempo está passando rápido? Eu me lembro que isso, na maioria das vezes, era falado por pessoas casadas, com família, filhos, emprego, atoladas em compromissos, horários e responsabilidades.

Mas depois, de alguns anos para cá, comecei a perceber que pessoas mais jovens, ainda vivendo a relativa tranquilidade de morar com os pais, estudar, às vezes trabalhar, também estavam tendo essa sensação.

Aí você vê umas teorias que vão desde mudança de órbitas planetárias até a correria da vida moderna, que tem um mix bem sortido e variado de motivos para se tornarem os principais suspeitos desse sumidouro de tempo, como, por exemplo:

  • trânsito e congestionamento que engolem boa parte do nosso precioso tempo
  • praticar um monte de atividades, como esporte, academia, curso de línguas, informática, culinária, música, artesanato, dança, entre outros
  • a internet, com as pesquisas que aguçam a curiosidade ou atende a vontade de ampliar conhecimento, e nos leva a um esquecimento temporário do quesito “tempo”, enquanto ficamos abrindo janelas e passando de uma página para outra
  • não podia faltar a passagem pelas redes sociais, que surgem cada vez em maior número e, claro, precisa dar uma passada em cada uma e rolar a tela para ver o que está rolando por aí

O que afeta a percepção do tempo?

Um artigo de Owen Waters chamou minha atenção, porque ele confirma essa sensação, mas faz uma abordagem diferente para a hipótese da aceleração do tempo, que eu, pelo menos, não tinha ainda visto nem pensado a respeito, onde ele diz o seguinte:

“Parte da mudança para a Nova Realidade envolve uma mudança em nossa experiência da passagem do tempo. As pessoas costumam comentar como o tempo parece estar passando muito mais rápido hoje do que há apenas 10 ou 20 anos. Não é porque estamos envelhecendo; é porque nossa experiência do tempo está mudando.

Isso está ocorrendo porque a frequência da consciência humana está aumentando, e a experiência da passagem do tempo se acelerou. A velocidade da órbita dos planetas ainda é a mesma, a velocidade da luz ainda é a mesma e tudo no mundo exterior ainda é o mesmo, mas nossa experiência mudou.

Nossa experiência interna da passagem do tempo pode variar consideravelmente. Quando uma pessoa não é feliz em seu trabalho, por exemplo, o relógio na parede parece demorar uma eternidade para girar e o final do dia de trabalho parece levar uma eternidade para chegar.

Por outro lado, quando uma pessoa está alegre e empolgada com o que está fazendo, sua consciência está vibrando com uma frequência mais alta e, para ela, a experiência é que o tempo voa.

Como se costuma dizer, “o tempo voa quando você está se divertindo”.

Energeticamente, a diferença é que a alegria é expressa através da consciência superior, centrada no coração, enquanto o tédio se aprofunda na freqüência mais baixa do centro da consciência do plexo solar.

Quando você está entediado, sua percepção do tempo passa devagar porque sua consciência vibra em uma frequência mais lenta. Quando você está cheio de alegria e se envolve em atividades favoritas com as pessoas que ama, sua consciência vibra com maior frequência e sua percepção do tempo passa mais rapidamente.”

Estamos vivendo uma era de transformação da consciência coletiva.

Este conceito, baseado no aumento da frequência da consciência, explicaria porque as pessoas, independente de idade ou atribuições, estão tendo a mesma percepção em relação ao andamento do tempo.

Podemos ver nas notícias ao redor do mundo que existem alguns movimentos que procuram humanizar as relações tanto entre seres humanos, como destes com os animais ou o meio ambiente em geral, uma crescente procura pelo aprofundamento do conhecimento interior e espiritual, enfim, ações que denotam uma mudança na conscientização da humanidade.

Segundo Owen Waters, “A mudança da consciência da Velha Realidade para a Nova Realidade, a consciência centrada no coração, inclui uma mudança na nossa percepção do tempo.

A consciência centrada no coração traz consigo um grau crescente de liberdade do tempo objetivo. Isso torna as experiências da vida mais importantes para a sua consciência do que a passagem do tempo.  A vida se torna uma cadeia de experiências que parecem expandir e contrair o tempo que levam para ocorrer. O tempo objetivo contínuo é o mesmo, mas a percepção da experiência é diferente.”

A expansão da consciência melhora nossas experiências de vida.

Para Owen Waters, à medida em que fazemos essa transformação para uma consciência superior, nos aproximamos mais de nossa realidade interior, de nossa essência. Quando aumenta a frequência da nossa consciência, passa a existir maior sincronicidade com outras pessoas que também se sintonizam mentalmente na mesma faixa vibratória.

A intuição também se expande. Dessa forma, a mente intuitiva sente a realidade das situações de um modo diferente daquele que é percebido pela mente objetiva, podendo lidar com qualquer assunto da melhor maneira possível. O acesso à consciência superior acrescenta mais habilidades e desenvolve as que já possuímos, possibilitando nosso crescimento pessoal.

Por isso alegre-se quando você percebe que o tempo está passando rapidamente: isto quer dizer que você está em sintonia com o melhor da sua frequência para aprimorar o desenvolvimento de sua consciência.

 

Noemi C. Carvalho

 

 


LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter


 

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , ,

1 resposta

  1. I love you Noemi…Gratidao!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: