Papa Francisco conta a origem do presépio

São Francisco de Assis fez o primeiro presépio.

O Presépio simboliza o local onde nasceu o Menino Jesus, em Belém, na companhia de São José e da Virgem Maria, e foi representado pela primeira vez por São Francisco de Assis, em 1223.

O desejo de recordar o nascimento de Jesus  veio a São Francisco durante uma viagem à Palestina, quando teve a ideia de reproduzir a cena do nascimento de Jesus. No outono de 1223, foi a Roma para ver o Papa Honório III, e pediu ao Santo Padre a permissão para que o realizasse.

Tendo obtido permissão, São Francisco foi a Greccio, uma aldeia italiana na região do Lácio, que havia conhecido antes e que lhe lembrava Belém. Disse ao jovem Giovanni Velita, um morador da Região de Rieti e que se tornara seu amigo anos atrás: “Quero celebrar aqui a noite de Natal. Escolha uma caverna onde se construirá uma manjedoura e se conduzirá um boi e um burro até lá, e tentaremos reproduzir, na medida do possível, a caverna de Belém! Este é o meu desejo, porque quero ver, pelo menos uma vez, com meus próprios olhos, o nascimento do Divino Infante“.

E assim, em 24 de dezembro de 1223, o nascimento do Menino Jesus foi encenado e ficou conhecido como “presépio”, palavra que vem do latim “praesepium”, e que significa “manjedoura”.

São Francisco celebrou o natal do Senhor entre o boi e o jumento para demonstrar a simplicidade do local que Jesus escolheu para nascer. Havia a gruta, o boi e o burro, exemplificando o Natal às pessoas comuns, camponeses que não conseguiam entender a história do nascimento de Jesus. Só mais tarde, nos presépios do mundo, os outros personagens foram acrescentados.

O costume espalhou-se por entre as principais Catedrais, Igrejas e Mosteiros da Europa durante a Idade Média, começando a ser montado também nas casas de Reis e Nobres já durante o Renascimento. No Século XVIII o costume de montar o presépio nas casas comuns se disseminou pela Europa e depois pelo mundo.

As principais figuras do presépio.

  • Nossa Senhora: Mãe de Jesus. Aquela que disse o seu ‘sim’ à vontade de Deus, e por ela a humanidade recebeu Jesus.
  • São José: Pai adotivo. É o homem que o assumiu como filho, que lhe deu um nome, um lar, que ensinou a Jesus uma profissão: a de carpinteiro.
  • Menino Jesus: É o Filho de Deus que se fez homem, para dar sua vida pela humanidade.
  • O Anjo: É o mensageiro de Deus, comunicador da Boa Notícia.
  • Os Pastores: Simbolizam a humildade e os pobres, que enxergam no menino Jesus a esperança do reino de Deus.
  • Os animais: simbolizam a humildade, pois naquele tempo a profissão de pastor era uma das menos reconhecidas.
  • Estrela de Belém: Simboliza a luz de Deus que guia ao encontro do Salvador, e guiou os Reis Magos até o Menino Jesus
  • Três Reis Magos: Belchior, Gaspar e Baltazar eram homens da ciência. Eles representam a ciência que vai até o Salvador e o reconhece como Deus.
  • Ouro, incenso e mirra: O ouro significa a realeza; era um presente dados aos reis. O incenso significa a divindade, um presente dado aos sacerdotes. Sua fumaça simboliza as orações que sobem ao céu. E a mirra simboliza o sofrimento e a eternidade.

Um convite a reviver a ternura e o amor.

O Presépio é um convite a “sentir”, a “tocar” a pobreza que escolheu, para Si mesmo, o Filho de Deus na sua encarnação, tornando-se assim, implicitamente, um apelo para O seguirmos pelo caminho da humildade, da pobreza, do despojamento.”, declara o Papa Francisco.

A mensagem que surge do presépio é clara, continua o Santo Padre: “não podemos deixar-nos iludir pela riqueza e por tantas propostas efémeras de felicidade. Jesus nasceu pobre, levou uma vida simples, para nos ensinar a identificar e a viver do essencial.”

Nascendo no presépio, escreve o Papa, Deus dá início à única verdadeira revolução: a revolução do amor e da ternura, através da “força meiga” de um menino.“

 

com informações de Vatican News, Wikipedia, Canção Nova

 

 


LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter


 



Categorias:Reflexão

Tags:, , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: