Home / Espiritualidade / A explicação para o talento natural de algumas pessoas

A explicação para o talento natural de algumas pessoas

menino vietnamita sem camisa e chapéu típico da região tocando violino em uma floresta explicação para o talento

Certas pessoas têm uma habilidade inata para algumas atividades.

Será que existe uma explicação para o talento, os dons e habilidades que algumas pessoas têm, muitas vezes desde criança, sem nunca ter estudado para desenvolvê-los?

Sabemos, e muitas vezes até conhecemos, pessoas que parece que têm uma habilidade natural para alguma coisa. Algumas, por exemplo, aprendem e falam diferentes línguas com facilidade. Outras têm tendências artísticas que nunca desenvolveram através de estudo.

E ficamos ainda mais surpresos quando se trata de crianças de quatro ou cinco anos de idade, que nem sequer começaram o aprendizado regular na escola. Nós dizemos que é um dom, que é uma tendência inata, isto é, que a pessoa já nasceu com ela.

Mesmo assim, será que existe alguma explicação para esse fato? De acordo com os ensinamentos do espiritismo, existe sim.

A explicação do espiritismo sobre as pessoas que nascem com um talento natural.

Encontramos nos ensinamentos de ‘O Livro dos Espíritos’ a explicação para essa questão que diz respeito ao talento inato, às facilidades que algumas pessoas têm em certas áreas da sua vida.

O Espírito quando reencarna começando, assim, uma nova existência, guarda uma vaga lembrança “das percepções que teve e dos conhecimentos que adquiriu nas existências anteriores”, que são justamente o que chamamos de ideias inatas.

Desta forma, os conhecimentos que foram adquiridos durante a existência não se perdem. Ou seja, mesmo com a morte do corpo físico e o retorno ao plano espiritual o Espírito mantém sempre esses conhecimentos como parte de sua ‘bagagem espiritual’.

Eles fazem parte dos ‘tesouros’ que acumulamos na Terra e que não são roubados e nem consumidos pelas traças ou pela ferrugem. São os “tesouros do céu, onde estará também o vosso coração”. (Mateus 6:19-21)

O conhecimento que é obtido numa existência não é perdido.

Portanto, “a origem das faculdades extraordinárias dos indivíduos que, sem estudo prévio, parecem ter a intuição de certos conhecimentos, o das línguas, do cálculo etc.” encontra explicação nos ensinamentos da Doutrina Espírita.

Ela decorre da “lembrança do passado; progresso anterior da alma, mas de que ela não tem consciência. Donde queres que venham tais conhecimentos? O corpo muda, o Espírito, porém, não muda, embora troque de roupagem.”, afirmam os instrutores espirituais.

Ainda assim, ao começar uma nova existência, pode o Espírito “perder algumas faculdades intelectuais, ou deixar de ter, por exemplo, o gosto das artes”.

O primeiro caso pode acontecer quando ele desonrou o bom uso de sua capacidade intelectual ou a usou deliberadamente para o mal.

“Ademais, uma faculdade qualquer pode permanecer adormecida durante uma existência, por querer o Espírito exercitar outra, que nenhuma relação tem com aquela. Esta, então, fica em estado latente, para reaparecer mais tarde.”

O currículo que vale eternamente.

Além disso, esclarecem os benfeitores espirituais que durante a encarnação não temos a lembrança exata de todos os conhecimentos que conseguimos obter em existências anteriores.

Eles são esquecidos em parte durante esse período, mas mantemos a intuição deles, o que ajuda o nosso desenvolvimento e progresso.

“Se não fosse assim, teria que recomeçar constantemente. Em cada nova existência, o ponto de partida, para o Espírito, é o em que, na existência precedente, ele ficou.”, explicam os Espíritos.

Por isso tudo aquilo que traga proveito à nossa alma, seja em termos de estudos, da prática de ações, de manter bons pensamentos e bons relacionamentos integra o nosso ‘curriculum vitae’ para a eternidade.

Noemi C. Carvalho

Texto baseado em “O Livro dos Espíritos” – Allan Kardec – Parte II, Capítulo IV – (com trechos extraídos da mesma obra)

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: