Home / Autoconhecimento / A inevitável transformação das trevas em luz

A inevitável transformação das trevas em luz

transformação das trevas em luz

Um futuro de luz e de paz para a humanidade.

Chico Xavier revelou que, por volta de 2057, possivelmente, a humanidade estaria relativamente melhor, mais consciente da prática do bem em suas vidas. E, assim, iniciando os novos tempos de regeneração para o planeta, na inevitável transformação das trevas em luz.

Em meio ao conturbado cenário mundial observado hoje, parece ser difícil acreditar nessa mudança. Mas, ela está ocorrendo, e essa aurora do bem maior chegará a despeito da vontade de muitos. Pois haverá tempo em que não será mais possível a manutenção de tantas e tão variadas relações com os agentes das trevas.

Precisamos ser luz. Para isso, todos temos a obrigação de mudar os velhos hábitos, abandonar os vícios, abrir mão do materialismo para exercer o autodomínio. E, assim, vermos a luz nascer em nós, afastando as sombras que envolvem a Terra.

Não basta ficar olhando para o céu à espera do milagre da transformação. Nós somos os agentes das mudanças necessárias para essa evolução. E, para tanto, conhecemos a didática divina da reencarnação, que nos possibilita, ao enfrentar as consequências de nossos atos do passado, obtermos o conhecimento necessário para o progresso espiritual.

Estejamos conscientes desse aprendizado, pois ele sempre virá, pelo amor ou pela dor. Invoquemos, então, a ação pelo amor, compreendendo as circunstâncias de nossas relações, lançando a bênção da paciência e da aceitação para envolver aqueles colocados ao nosso redor pela lei de causa e efeito objetivando os desenlaces cármicos e o ajustamento fraterno.

As nossas relações são o caminho para a nossa evolução.

Sabemos que é difícil, muitas vezes, conseguir a calma e a consciência para lidarmos com os acontecimentos da vida. Nas horas em que os conflitos ocorrem e produzem sofrimento, tenhamos em mente o efeito pedagógico da dor, sabendo que a dor, de fato, não nos faz vulneráveis, ela possibilita o surgimento da sabedoria.

Neste plano onde vivemos, as relações são livros vivos cujas páginas trazem as precisas lições para resgatarmos erros e falhas pretéritas. Portanto, precisamos nos esforçar para desenvolver um olhar que seja capaz de ver o outro em sua essência, como ele é. E assim, com aceitação e acolhimento, afastar o preconceito, a intolerância e as percepções infundadas.

Ver o outro com olhos que gostaríamos que nos olhassem, compreender que somos espíritos que aqui encarnamos para evoluir, e tudo que fizermos em nosso favor estaremos também fazendo em benefício de todos, de toda a humanidade.

A evolução não é uma tarefa solitária. Enquanto houver uma única injustiça que seja, em verdade estaremos ainda portando o vírus da injustiça. O desenvolvimento real é coletivo. Por isso, nos tempos de regeneração poderemos observar uma maioria de pessoas com maior tendência para o bem, deixando para trás os laços que prendiam ao atavismo primitivo da matéria.

A transformação das trevas em luz depende do esforço de cada um.

Viemos para aprender a encontrar a felicidade em nosso ser. Mas nunca a encontraremos se não nos dispusermos a empreender todos os nossos esforços e habilidades no serviço de despertar nos outros esse sentimento de paz e realização que conhecemos como felicidade.

Esse é o nosso trabalho: acender essa luz, ajudar os outros a também brilharem.

Nunca precisamos tanto dessa luz como hoje. As sombras são muitas e estão dominando muitos. E aqueles que conseguem acender o brilho da consciência atraem os mestres das sombras. Pois eles sabem que, quanto mais pessoas conseguem se libertar da ignorância, menor será o poder dos adversários do bem.

É preciso que entendamos que a vida pode ser mais elevada, mais digna. Assim, mantemos a chama da esperança acesa, sinalizando os nossos propósitos na senda do bem, exibindo a nossa marca de filhos de Deus, de discípulos de Jesus.

Orando e vigiando, estaremos sempre nesta via de mão única, repleta de bênçãos e graças, que é o caminho de volta para a casa do Pai.

Não interessa o que aconteça, teremos força para superar tudo. Tenha em seu íntimo a absoluta certeza que essa nossa estrada é de luz, e diariamente damos os passos necessários para cumprir a nossa missão. Tenhamos Fé.

Pela manhã, ao levantar, elevemos o pensamento ao mais alto e afirmemos: “Senhor, eu posso! Posso, pois no Senhor eu confio e com o Senhor sempre encontro a certeza de minha realização.”

Que Jesus no proteja, nos abençoe, e que as forças universais do bem nos envolvam e fortaleçam.

José Batista de Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: