Home / Energia / Bioenergética / A melhor proteção para seus relacionamentos energéticos

A melhor proteção para seus relacionamentos energéticos

Rapaz e moça frente a frente, com raios de energia ao redor deles e a inscrição "A melhor proteção para seus relacionamentos energéticos"

Nós somos energia em forma de vida.

Vivemos em um mundo onde a matéria-prima básica de tudo é a energia. Tudo o que circula neste universo foi formado a partir da organização inteligente da energia. Mesmo os objetos materiais são compostos de energias que vibram em uma frequência muito lenta, e em função da baixa velocidade com que a energia circula nestes objetos é que é possível a realidade tridimensional em que vivemos. Por isso, podemos dizer que todas as nossas relações são relacionamentos energéticos.

Assim, também nós somos compostos energéticos únicos e extremamente complexos. Nossa essência de luz tece com maestria componentes de energia para formar nossos corpos energéticos, respeitando em cada um deles as suas necessidades de frequência e vibração.

Nosso corpo físico é a manifestação última e palpável de uma série de outros corpos que, em uma intrincada relação, possibilitam que captemos a energia imanente cósmica e a transformemos em energia consciencial ou individual.

Para um entendimento melhor, a energia imanente é a energia cósmica primordial, a energia da natureza que está em todos os lugares. A energia individual ou consciencial é o resultado de vários processos de transformação energética que nós executamos para nos manifestar e nos relacionarmos na dimensão material.

Estamos sempre promovendo trocas energéticas.

Como vemos, tudo o que nos cerca é e tem energia. E assim, estamos em todos os momentos promovendo trocas energéticas tanto com o ambiente como também com as pessoas que nos cercam.

Ao efetuarmos essas trocas, tanto podemos ter ganho de energia nos revigorando, como também é possível que tenhamos perda energética nos enfraquecendo.

E isso ocorre pelo principio do equilíbrio, que sempre vai promover  o equilíbrio do volume de energia entre os corpos que se relacionam.

Se, por exemplo, alguém entra em um ambiente que está com muita defasagem energética, a sua energia será transferida para o ambiente com o objetivo de assegurar um equilíbrio entre o ser e o ambiente em que este ser está.

Parece estranho?

Se tentarmos entender esse processo com a nossa mente “materialista”, sim é muito estranho e até mesmo injusto. Agora, se pensarmos como seres de luz, entidades cósmicas que em verdade somos, certamente não temos em nossas crenças ilusões como carências e perdas.

Porém, como ainda caminhamos pela crosta terrestre, nossas verdades eternas permanecem obscurecidas pelas alucinações provocadas pelo distanciamento de nossa essência.

E, assim, por crermos em deficiências, perdas e fraquezas certamente nos sentiremos afetados quando em alguma situação doarmos, ou “perdermos” energia para alguém ou para algum ambiente.

Por isso é importante saber como é que esses “assédios energéticos” funcionam. Assim podemos saber como nos portar para que as nossas trocas de energia sejam benéficas.

Como se processam as trocas energéticas.

Os nossos pensamentos e os nossos sentimentos desempenham importante papel na manutenção e regulação de nosso estado energético.

Por isso é relevante sempre mantermos a mente livre de imagens e pensamentos negativos. E da mesma forma, buscar sempre conhecimento para saber quem somos e como é que funcionamos. É assim que podemos modificar mentalidades arcaicas e mistificadoras que geram ilusões e sentimentos de inferioridade.

De acordo com as pessoas e ambientes que interagem conosco nos relacionamentos energéticos, nossas reações podem apresentar comportamentos diferentes.

Nas situações em que conseguimos manter um bom domínio de nossas energias, percebemos quais os lugares e com quem podemos ficar mais tempo e melhor nos relacionarmos.

Quando por algum fator nos sentimos desconfortáveis ou começarmos a ter sensações desagradáveis, pensamentos negativos e passamos a nos sentir mal, então precisamos desenvolver uma forma para enfrentar esse verdadeiro assédio energético.

Como enfrentar o assédio energético.

De imediato, tenha consciência que se não estiver se sentindo em condições de se equilibrar e se manter razoavelmente bem, o melhor é se distanciar do local ou da pessoa que possa estar provocando esse descompasso energético. Existem circunstâncias em que é melhor se afastar do que ter a sua energia sugada.

Para aquelas situações em que não é possível se afastar desses relacionamentos energéticos tóxicos, procure, assim que perceber que está se desvitalizando, buscar uma postura assertiva e mentalizar o fortalecimento de sua aura para evitar o seu esgotamento energético.

Como falamos no início, sempre que você estiver em um ambiente ou na presença de uma pessoa que esteja com sua energia desequilibrada ou defasada, a ligação áurica inevitavelmente vai ocorrer.

E caso não esteja consciente ou não saiba lidar com essa situação você terá a sua energia “roubada” e se sentirá desvitalizado.

Antes de prosseguirmos, é importante saber que as trocas energéticas também se dão a distancia.

Sim, toda vez que alguém fica pensando muito em nós, “evocando” a nossa lembrança a título de saudade, é possível que esta pessoa esteja carente de nossa energia. E, assim, se não nos cuidarmos, poderemos ter nossas energias sugadas.

Como podemos nos proteger desse assédio nos relacionamentos energéticos?

É fundamental prestar atenção aos sinais que podem aparecer em nós. Pensamentos, sensações e sentimentos desagradáveis, dores de cabeça, enjoos, desconforto no estômago, sonolência repentina, podem indicar um ataque energético.

Estes sinais podem ser fortes ou mesmo bem sutis, mas não importa a intensidade, o estrago será grande.

Então, o conhecimento é fundamental para não ficarmos inconscientes, achando que o que sentimos não passa de uma corriqueira indisposição. Sempre devemos estar alertas.

É importante desenvolver o nosso sistema para que ele se fortaleça e, assim, podermos nos manter em equilíbrio, não importando o local ou as pessoas que façam parte do nosso campo de relacionamentos energéticos.

Temos que saber que para nos mantermos em nosso melhor, devemos buscar através da respiração o equilíbrio de nossas emoções.

E buscar, através da elevação do pensamento, a manutenção do nosso campo áurico, solicitando aos nossos guardiões a energia e a força necessárias para nos mantermos protegidos.

Podemos mentalizar uma esfera luminosa nos envolvendo e essa luminosidade dissolvendo toda a negatividade, transmutando-a na mais protetora luz.

Devemos diariamente exercitar técnicas de autodefesa energética, através de interiorizações que promovam o autoconhecimento e a elevação de nossa consciência. E assim aprender a usar o amor como o mais eficiente escudo protetor que poderíamos possuir.

Promova sempre uma avaliação do que ocorre em seu dia a dia, como você se sente e como reage frente aos acontecimentos que o cercam.

Perceba o que é que você pode fazer para evitar situações e pessoas problemáticas.

Veja o que em você pode ser trabalhado para que cada dia mais as suas virtudes se manifestem em seus pensamentos, palavras e atos.

Nossa luz é a melhor proteção que podemos ter, pois ela é o brilho do amor que o Criador colocou em cada um de nós.

José Batista de Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: