Home / Autoconhecimento / A orientação de Zíbia para melhorar o ânimo e a energia

A orientação de Zíbia para melhorar o ânimo e a energia

Moça com luz brilhando em sua cabeça Zíbia melhorar ânimo

A mudança repentina da rotina.

Existem momentos da vida que exigem um grande esforço de nossa parte para não cairmos num estado de tristeza profunda, de ansiedade inquietante, de prostração paralisante. Os dias de hoje estão sendo assim para muitas pessoas. Mas podemos contar com orientações valiosas de pessoas como Zíbia Gasparetto para melhorar o ânimo e recobrar a energia.

A pandemia do coronavírus trouxe uma onda de medo e incertezas, alastrada pela impressionante velocidade de propagação do vírus, a possível gravidade da doença ao ser contaminado, pelo dramático número de mortes, bem como pela inexistência de um tratamento reconhecidamente eficaz e muito menos uma vacina para imunização.

Além disso, a única forma encontrada para tentar conter o contágio indiscriminado foi o isolamento social – através das quarentenas que parecem intermináveis – e uma série de novos hábitos de higiene e proteção que nos lembram a todo momento a gravidade da situação que estamos vivendo.

Existem diferentes formas de reagir aos acontecimentos.

Existem, naturalmente, diferenças na forma como toda essa situação é vivenciada. Assim, as reações vão da aceitação do fato – de forma serena por alguns, ou com ansiedade e medo por outros – passando pelo inconformismo e revolta, até a negação.

Muitas pessoas encontram-se no grupo daqueles que mais sofrem com os acontecimentos que envolvem a pandemia: os que aceitam e reconhecem a gravidade do fato, mas não conseguem ficar tranquilos.

Um texto de Zibia Gasparetto traz boas indicações para ajudar a superar esses momentos aflitivos, ao fortalecer o pensamento, centrando-o no bem-estar. Pois um dos maiores agravantes, que aumenta o estresse e a ansiedade, é o pensamento mantido e alimentado por mensagens negativas.

Os esclarecimento de Zíbia para ajudar a melhorar o ânimo.

Quando você está com sensações de mal-estar, de tristeza, preocupação, como se livrar disso? “Controlando seus pensamentos. Os ruins atraem energias equivalentes eles provocam sintomas de doenças que, com o tempo, podem minar a saúde. Além disso, tudo começa a dar errado em todos os setores da vida de quem exala energias negativas.”, esclarece Zíbia.

A explicação continua: “Se sua vida vai mal, procure prestar atenção em seus pensamentos. Há pessoas viciadas em tristeza, queixa, maledicência e malícia. Elas olham todos os acontecimentos em sua vida e na dos outros sob essas óticas.

A autoimagem negativa cria um conflito interno doloroso e faz com que se viva nos extremos. Em um momento, a pessoa se julga maravilhosa, em outro, acredita não ser nada. São papéis usados para fugir do sofrimento, mas em nenhum deles existe uma forma de se sentir bem: ou porque não crê que seja excelente ou porque se deprime.”

Essa situação pode acontecer, principalmente enquanto vivemos os períodos de quarentena: uma hora você sente que pode lidar com tudo, que logo as coisas vão voltar a uma certa normalidade; mas depois você se sente oprimido, tenso, só consegue pensar no pior cenário para tudo.

A força de vontade deve superar a força do hábito.

“Você não precisa continuar a passar por isso”, continua Zíbia, “está em suas mãos a chance de sair desse sofrimento. Em certos casos, a pessoa pode precisar de ajuda espiritual e de um terapeuta.

Se você confiar em sua própria força, sentindo a presença de Deus e da luz dentro do seu coração, logo sentirá que a inspiração divina começará a lhe sugerir novas ideias. Elas a ajudarão a vencer essa luta gradativamente.

O hábito de deixar os pensamentos de amor, de entendimento, de bondade e de carinho fluírem do coração, além de aumentar a sensibilidade de enxergar a beleza à sua volta, eleva o espírito.”

Talvez você encontre alguma dificuldade, no começo, para modificar seus pensamentos frente a tantas notícias que retratam uma triste realidade. Mas o seu pensamento determina não só a melhora do seu estado de ânimo como também espalha a energia de positividade, de confiança, de esperança para aqueles que também precisam dessa energia.

E não só os que estão confinados sofrem neste momento, mas também aqueles que precisam trabalhar para manter o necessário funcionamento de serviços essenciais para o bem de todo mundo e os que estão diretamente na linha de frente do enfrentamento da pandemia do coronavírus.

Isso significa, portanto, que todo e qualquer pensamento de força, coragem e fé é um ato de ajuda humanitária, é um bem prestado ao próximo, é um serviço de utilidade em benefício de muitos.

Aproveite estas orientações de Zíbia para melhorar a energia e o ânimo.

Cultive a alegria de viver. Ela é o tônico da alma: fortalece e manda embora todas as energias negativas e impede que você as capte dos outros. Faça isso. Vale a pena se esforçar para renovar as próprias energias. Logo perceberá os benefícios.

“Lembre-se bem disso: o bem atrai o bem e o mal atrai o mal. É simples e fácil.”, é a conclusão de Zíbia.

Aproveite o momento, então, para seguir as orientações de Zíbia e recobrar o ânimo, a energia e o bem-estar. Desligue-se de notícias e mensagens de pessimismo, deixe de lado as cobranças em ter que ocupar a mente e o tempo com atividades, dê um tempo às preocupações com o futuro e o trabalho.

Dalai Lama diz que se você não pode resolver a situação agora, não deve se preocupar com ela, isto é, ocupar a sua mente com fatos que você não vai poder resolver neste momento não lhe traz nenhum benefício. Aliás, exatamente ao contrário, isso vai toldar a sua mente e as respostas e soluções ficam cada vez mais difíceis.

Para manter a calma e a serenidade, você pode experimentar o seguinte: algumas vezes ao dia pare, feche os olhos, respire profundamente. Mentalize algo que lhe traga alegria ou confiança: uma paisagem, pessoas queridas, uma oração, um lugar que lhe inspira segurança. Sinta profundamente a sensação que essa imagem lhe traz.

Relaxe o corpo, solte todos os pontos de tensão, concentre-se no sentimento bom e agradável que percorre sua mente, se aloja em seu coração. Quando quiser, mexa suavemente as mãos, abra os olhos lentamente e procure manter a lembrança de bem-estar deste momento.

Noemi C. Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 10.326 outros assinantes

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

Chico e a cachorra Boneca no colo

Causos e prosas de Chico Xavier: a cachorra Boneca

Esta é uma comovente história sobre Chico Xavier e a cachorra Boneca, que explica o que pode acontecer com os animais depois que eles morrem.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: