Home / Emoções / A ternura também atrai boas energias

A ternura também atrai boas energias

Duas crianças andando abraçadas por um caminho de terra, pois a ternura atrai boas energias.

Os vários tipos de relacionamentos que temos em nossa vida.

Quando se ouve a palavra “relacionamento”, geralmente pensamos com mais especificidade num relacionamento amoroso, mas a ternura – entendida como o respeito, a compreensão, a cordialidade – deveria estar presente em todos os nossos relacionamentos cotidianos.

Relacionar-se é a atitude diária que temos com as pessoas com as quais convivemos, seja na vida pessoal ou profissional. Dizemos, então, que temos um bom relacionamento com alguém quando nos sentimos bem na presença e no trato com essa pessoa.

Essa qualidade que atribuímos ao relacionamento depende, acima de tudo, da forma como nos tratamos e comunicamos mutuamente. Ou seja, quanto maior a cordialidade, a confiança, o respeito, a afinidade, a concordância de opiniões, maior qualidade tem o relacionamento. E não importa se se trata de uma relação afetiva – como numa amizade, entre um casal, na família – ou se é uma relação no âmbito de estudo ou de trabalho.

Como é mais do que sabido, todos nós temos características individuais de personalidade e temperamento: alguns são mais extrovertidos, outros nem tanto; alguns têm a palavra mais fácil, outros são mais calados; tem os que expressam suas emoções efusivamente, e os que são mais reservados. Sem falar nos dias bons e nos dias ruins, que todos nós temos.

Por isso, principalmente num relacionamento mais superficial, quando não conhecemos mais intimamente nosso interlocutor e, ainda mais, nos relacionamentos esporádicos como os que temos por exemplo, numa relação comercial – no restaurante, no supermercado, numa loja, com um prestador de serviços, etc. – é sempre interessante não julgarmos a pessoa caso a mesma são se mostre exatamente simpática, mas tomarmos a iniciativa de sermos cordiais.


Talvez lhe interesse também:


O Papa Francisco fala sobre a importância da ternura nos relacionamentos.

Bem a propósito, li hoje uma matéria onde – durante um evento ocorrido em Madri no dias 14/06 – o Papa Francisco fez um pronunciamento sobre a importância de cuidar com carinho de todo e qualquer relacionamento, ao afirmar: “Quando alguém disser coisas com “proximidade” expressa ternura: ternura de um olhar sereno, simples; ternura de uma palavra de encorajamento, de uma pessoa que acompanha quem fica para trás; ternura dos que estão sofrendo pelos efeitos desta civilização do “descarte”.

Não tenham medo da ternura, pois ela dignifica e é linguagem de Deus. (…) Vão em frente! Comprometam-se com o coração, então sim se pode “dizer” coisas verdadeiras, não coisas assépticas, coisas declaratórias, coisas de compromisso, mas coisas que constroem o futuro.”

Naturalmente, o esforço que fazemos para melhorar todo e qualquer tipo de relacionamento é um esforço para melhorar e propagar uma energia de harmonia, equilíbrio e serenidade que vai ajudar a apaziguar os povos e as nações.

Noemi C. Carvalho

Você pode ler aqui a íntegra da reportagem de Manoel Tavares sobre a declaração do Papa Francisco.

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

mulher com máscara cirúrgica mostrando algo em um telefone celular para uma senhora idosa cuidadores familiares

Cuidadores familiares: a difícil vida durante a pandemia

Os cuidadores familiares ficam sobrecarregados, especialmente nesta época de pandemia. Leia aqui as orientações de professores da Stanford.

Um comentário

  1. Filipa Ramos

    Gostei. Quais as razões que levam a fazer estas pesquisas????

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Holler Box
%d blogueiros gostam disto: