Home / Espiritualidade / Anjos guardiões: porque devemos conversar com eles

Anjos guardiões: porque devemos conversar com eles

reprodução de ilustração de um anjo da guarda protegendo 2 crianças que atravessam uma ponte anjos guardiões

O dia do anjo da guarda.

Os anjos guardiões nos acompanham e protegem desde que nascemos e por toda a nossa vida. A sua dedicação e importância é homenageada com um dia dedicado a eles.

A celebração dedicada aos anjos da guarda teve início na Espanha¹, no século V e se difundiu depois por toda a Europa. Nessa época, foi estabelecido que a data seria festejada em 29 de setembro, no mesmo dia que se celebra a festa em homenagem ao Arcanjo Miguel.

O papa Clemente X, em 1670, estabeleceu que o dia 2 de Outubro seria a data dedicada especificamente para a celebração da festa “Santos Anjos da Guarda”, que continua até os dias de hoje.

Os anjos protetores na Igreja católica.

A figura dos anjos guardiões está fortemente presente na Igreja Católica. “O Catecismo da Igreja², diz o Prof. Felipe Aquino, que recebeu o título de Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno pelo Papa Bento XVI, ensina que “a existência dos seres espirituais, não corporais, os anjos, é uma verdade de fé. Nenhum católico pode, então, negar a existência dos anjos. Eles são criaturas pessoais e imortais, puramente espirituais, dotados de inteligência e de vontade e superam em perfeição todas as criaturas visíveis (cf. Cat. n.330).”

Ele continua dizendo que “a Igreja ensina que, desde o início até a morte, a vida humana é cercada pela proteção (Sl 90,10-13) e pela intercessão dos anjos. ‘O anjo do Senhor acampa ao redor dos que o temem e os salva’ (Sl 33,8).”

Nas palavras de São Basílio Magno, doutor da Igreja, todos nós temos ‘um anjo como protetor e pastor’, significando que cada um de nós conta com o auxílio direto e pessoal para nos conduzir na vida. Jesus disse: “Não desprezeis nenhum desses pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus veem continuamente a face de meu Pai que está nos céus” (Mt 18,10).

“A Tradição da Igreja acredita que nosso Anjo da Guarda tem a tarefa de oferecer ao Senhor as nossas orações, apoiar-nos e proteger-nos. Então, nada mais importante do que ter uma vida de intimidade com nosso anjo, invocando-o constantemente e colocando-nos debaixo de sua proteção.”, conclui o Prof. Aquino.

O anjo da guarda no espiritismo.

O espiritismo explica que os anjos da guarda são Espíritos puros, isto é, Espíritos muitos elevados e evoluídos. Eles têm como missão nos acompanhar durante toda nossa vida, nos protegendo e orientado, inspirando-nos através dos pensamentos.

Nosso anjo guardião pode continuar conosco mesmo depois da morte, quando então retornamos ao plano espiritual. Além disso, pode também acontecer de existir uma ligação muito forte e ele continuar ao nosso lado também nas nossas futuras reencarnações.

Nas belas palavras de São Luiz e Santo Agostinho, os anjos são os “mais sinceros e dedicados amigos” que podemos ter na face da Terra. “Eles se acham ao vosso lado por ordem de Deus. Foi Deus quem aí os colocou e, aí permanecendo por amor de Deus, desempenham bela, porém penosa missão.”, ensinam.

A sua missão por vezes se torna difícil quando deixamos de atender a seus conselhos, pela inspiração que nos chega. “Ah! se conhecêsseis bem esta verdade! Quanto vos ajudaria nos momentos de crise!”, continuam os Santos.

“Interrogai os vossos anjos guardiões; estabelecei entre eles e vós essa terna intimidade que reina entre os melhores amigos”, orientam, pois é a melhor forma de nos protegermos do mal e seguirmos por caminhos certos e seguros.

O Papa Francisco fala sobre os anjos guardiões.

O Papa Francisco³ várias vezes já se referiu aos nossos bons protetores espirituais. Em certa ocasião ele recomendou:

“Acorramos aos anjos frequentemente na oração, para que nos socorram em todas as situações da nossa vida e nos ajudem a manter o olhar fixo em Jesus, a nossa única salvação.”

Mas para que eles nos prestem esse auxílio, duas ações são necessárias: falar com eles, como perguntou o Papa: “Vocês conversam com o seu Anjo?”. E também precisamos seguir os conselhos que nos inspiram ou, como questiona o Papa: “Vocês ouvem o seu Anjo?”

“A presença e o papel dos Anjos em nossa vida é ainda mais importante, porque eles não somente nos ajudam a caminhar bem, mas nos mostram também onde devemos chegar”, ressaltou.

“O nosso Anjo não somente está conosco, mas vê Deus Pai. Está em relação com Ele. É a ponte cotidiana, desde a hora em que nos levantamos até a hora em que vamos dormir. Ele nos acompanha. É uma ligação entre nós e Deus Pai.

O Anjo é a porta cotidiana para a transcendência, para o encontro com o Pai: ou seja, o Anjo nos ajuda a caminhar porque olha o Pai e conhece a estrada. Não nos esqueçamos desses companheiros de caminhada.”, é a recomendação do Papa Francisco.

Oração ao anjo da guarda

Santo anjo do senhor,
meu zeloso guardador,
já que a ti me confiou a piedade divina,
sempre me rege e guarde,
governe e ilumine.

Amém

Fale sempre com seu anjo.

Essa pequena oração é capaz de nos trazer grande força para o nosso dia, orientação segura, inspiração para nossas tarefas. Também vela pelo nosso sono e protege nossa noite.

Para quem prefere algo espontâneo, vale começar o dia com um trivial “bom dia, meu anjo da guarda”, e começar o repouso noturno com um afetuoso “boa noite, meu anjo protetor”, bem como falar com ele ao longo do dia, sempre que precisarmos ou agradecer se tudo está tranquilo.

Assim mantemos a lembrança desse bondoso ser de luz que desce de sua morada celestial para amorosamente dedicar-se em nos ajudar para que, assim, um dia também possamos estar ao seu lado nas esferas divinas.

Noemi C. Carvalho

com informações de:
1 – Wikipedia
2 – Canção Nova
3 – Vatican News

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

leaqui

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: