Home / Especial Coronavírus / Apoio online para famílias com dificuldades de convívio na quarentena

Apoio online para famílias com dificuldades de convívio na quarentena

família com pai, mãe, casal de filhos e uma senhora na mesa jantando para superar dificuldades de convívio quarentena

A quarentena pode fazer surgir dificuldades no convívio familiar.

Com o intuito de ajudar as famílias que estão passando por dificuldades no convívio durante o período de quarentena, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) criou um serviço online para orientação familiar.

Saiba mais no artigo abaixo da UFJF.

Projeto trabalha com orientações online para famílias com dificuldades de convívio

Devido às mudanças sociais impostas pelo novo coronavírus, as ações do projeto de extensão “Desenvolvendo famílias: intervenções para promoção da eficácia familiar”, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), foram adaptadas.

Visando fornecer apoio às famílias que enfrentam dificuldades de convívio, o projeto agora disponibiliza orientação on-line e estratégias familiares para o enfrentamento saudável da Covid-19 e suas implicações psicossociais.

O isolamento das famílias, imposto pela quarentena, trouxe novos desafios de convivência. Pensando nisso, o projeto, que antes se restringia às famílias com pelo menos um integrante na adolescência, foi ampliado.  As atividades desenvolvidas são descritas pelo coordenador Altemir José Gonçalves como “eficácia familiar para mitigar a Covid-19 e prosperar”. São abordados temas que articulam psicologia e pandemia, como o convívio familiar durante a quarentena e o comportamento de saúde. 

“Evidentemente, parte da atenção se volta para os adolescentes, sendo trabalhado, por exemplo, o adolescer na pandemia. Estamos tratando duas frentes.

A primeira diz respeito à psicoeducação, isto é, produção e divulgação de conhecimento psicológico, que contribui para o enfrentamento dessas demandas emergentes.

Já a segunda consiste em orientação familiar online, com o intuito de contribuir para a qualidade de vida, mesmo durante essa fase que impôs diversas mudanças à rotina das famílias”, destaca o professor.

Impactos psicossociais

Gonçalves ressalta ainda a necessidade de disponibilizar o serviço durante o período de isolamento social.

“A quarentena tem provocado impactos psicossociais de grande relevância na população. Por exemplo, há indicadores de que pode haver agravamento e aumento do número de casos de ansiedade, depressão, violência doméstica e consumo de álcool e outras drogas.

Por entender que contribuir para a saúde e bem-estar da população é um compromisso social da Universidade e da Psicologia, o projeto tanto acolhe famílias que estejam tendo essas e outras dificuldades, quanto realiza psicoeducação sobre tais temas”.

O serviço é disponibilizado gratuitamente pela UFJF. Para solicitar orientações, as famílias devem entrar em contato através das redes sociais ou do e-mail do projeto.

Após a inscrição é definido com o grupo familiar a estratégia de atendimento (dia, horário e frequência). É necessário que a família participe de todos os encontros e possua os equipamentos necessários para acesso a internet.

Os encontros são realizados em plataforma digital adequada, garantindo sigilo do que é trabalhado. As solicitações podem ser feitas durante todo o período de quarentena.

Contatos
Facebook: @desenvolvendofamilias

Instagram: @desenvolvendofamilias

E-mail: desenvolvendofamilias@gmail.com

Universidade Federal de Juiz de Fora – em 27/04/2020

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Leia mais dicas e informações sobre alimentação, trabalho remoto, medidas de proteção e outros assuntos no Painel da pandemia: o que você precisa saber

Veja também

menina pequena com fantasia de de borboleta olhando pela janela crianças pandemia

Crianças na pandemia: como mantê-las ativas e seguras

Especialistas da Johns Hopkins e de Stanford orientam sobre a melhor forma de deixar as crianças brincarem fora de casa e como ensinar a usar uma máscara de proteção.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Holler Box
%d blogueiros gostam disto: