Home / Autoconhecimento / As conexões que dão significado à vida

As conexões que dão significado à vida

conexões da vida

Os relacionamentos da vida devem estabelecer conexões sinceras.

A vida, para não ser solitária, precisa de conexões, precisa estabelecer relações onde haja confiança, onde ideias e gostos sejam compartilhados.

Os vínculos de afetividade se estabelecem quando existe uma conexão emocional. As pessoas se entendem, se divertem com as mesmas coisas e sofrem pelos mesmos problemas.

Além disso, é importante se conectar com quem acredita nas mesmas coisas, com quem tem um objetivo e um propósito com o qual se identifica.

A sensação de pertencimento é algo que se busca, mas ela precisa ser real, verdadeira para que traga satisfação. Ou seja, de nada adianta se esforçar para ser aceito num grupo que não tem nada a ver com o modo de ser e de viver.

Procurar se adaptar ao modo dos outros só nos afasta de nosso próprio ser, e isso vai deixando a vida sem significado. Não é uma vida, mas uma ilusão de viver.

O progresso e a evolução em todas as áreas da vida.

A busca por uma convivência agradável e benfazeja é um desejo universal, pois esses sentimentos são comuns a todos os seres humanos.

Existem, naturalmente, as ligações mais pessoais, na família ou num grupo de amigos. Mas também essas relações se estabelecem em grupos maiores, que se identificam pelo modo de pensar e de agir.

Quando estamos com pessoas cuja linha de pensamento é semelhante à nossa, podemos estabelecer um diálogo, esclarecer dúvidas, compartilhar ideias com naturalidade e alegria.

Mas não significa que todos precisam concordar com tudo. A confiança estabelece um diálogo franco, aberto a novos conceitos. E assim pode também haver uma mudança, caso haja a aceitação daquilo que se passou a conhecer e entender.

Assim é em tudo na vida, assim é que a ciência progride e evolui. E o ser humano também tem um progresso a conquistar, mas não somente no campo das ciências e da vida material.

Existe um compromisso com o progresso moral, ético e espiritual, que pode ser mais facilmente alcançado quando compartilhamos e unimos ideias, ideais e propósitos.

Existem momentos em que precisamos de apoio para nos reerguermos.

O desenvolvimento nas ciências percorrem um caminho de falhas e de tentativas frustradas até chegar a um modelo ideal.

No desenvolvimento espiritual, temos os modelos daqueles que nos antecederam, dos mestres que alcançaram o ápice do progresso. Além deles, existem aqueles que já percorreram uma parte do trajeto, que podem nos acompanhar para não nos perdermos em desvios ou que nos ajudem a levantar se tropeçarmos.

As dificuldades, as aflições e as provações fazem parte do fortalecimento do espírito, pois cada desafio vencido é um passo que se dá adiante. Mas às vezes sentimos que nos faltam forças, que não conseguiremos transpor os perigos da caminhada.

Nesses momentos, saber que sempre podemos contar com alguém nos ajuda a recobrar as forças. E por mais que nos falte alguém de nossa esfera de convívio, certamente podemos sempre contar com os nossos protetores, os anjos, os guias e os mentores espirituais.

O pensamento amoroso estende o bem comum a todas as esferas da existência.

Muitos livros já foram escritos, muitas palavras de esclarecimento e orientação já nos foram legadas. E, ainda mais, a conexão com o bem e com a paz profunda estabelece uma ligação espiritual que se expressa em forma de pensamentos e de ideias intuitivos e inspiradores.

Ao longo dessa jornada, quanto mais se estreitam os vínculos mais o sentimento de fortalecimento se torna presente. A vida ganha novo significado, obtém um propósito maior, ao perceber que muitos dos antigos desejos estavam equivocados. Ou até mesmo a falta deles é que deixava o vazio profundo.

O desejo na vida se alinha com as necessidades da alma para o seu progresso e o ego, então, se rende à verdade das aspirações da essência para que não somente o seu bem triunfe, mas para que ele seja útil ao bem comum.

O bem comum é o bem compartilhado, multiplicado, que pela força do pensamento amoroso se estende, agindo não só além dos limites geográficos mas também além dos limites físicos.

As conexões da vida se estabelecem também entre a esfera física e a espiritual.

O mundo material e o mundo espiritual estão interligados. As aflições sentidas pelos problemas durante a vida corporal também existem na vida espiritual.

Existem pessoas sofredoras no plano terrestre e existem espíritos sofredores no plano espiritual. E, da mesma forma, existem os mais evoluídos e aqueles em diferentes estágios de desenvolvimento tanto num como noutro plano.

Nós estamos agora estagiando aqui, na Terra, para depois voltar à nossa condição espiritual. E depois, provavelmente, continuaremos intercambiando essas posições até que o nosso aprendizado se conclua, quando então saberemos viver melhor e ajudaremos outros também a alcançarem a mesma satisfação de paz e felicidade.

Noemi C. Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

[themoneytizer id=”61382-19″]

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: