Home / Autoconhecimento / Buda aconselha: “deveis disciplinar a vossa mente”

Buda aconselha: “deveis disciplinar a vossa mente”

Trecho do último sermão de Buda.

Horas antes de sua morte, deitado no meio do bosque de Kusinara, Buda aconselha seus discípulos, que o rodeavam.

“Assim como um pastor domina o rebanho com seu cajado, não permitindo que animais invadam as plantações, deveis guardar a máxima vigilância.

Abandonar os cinco sentidos ao sabor de seus caprichos é como deixar um cavalo indômito sem rédeas. Tal cavalo arrasta as pessoas e as derruba dentro de buracos. O prejuízo causado por um cavalo indômito atinge apenas o presente, mas o causado pelos cinco sentidos atinge inclusive o futuro.  Por isso deveis evitá-lo.

O sábio vigia seus cinco sentido como o ladrão: jamais se descuida deles. Mesmo que se descuide por um instante, logo readquire o controle.

A mente é senhora dos cinco sentidos. Por isso deveis disciplinar a vossa mente. A mente é mais perigosa que uma cobra venenosa, uma fera ou um salteador. É como uma pessoa que, entretida com o mel que transporta em suas mãos, não enxerga um buraco e cai nele.

Se deixardes a vossa mente entregue a si mesma, perdereis as boas coisas. Se a vigiardes, tudo correrá bem. Por isso vos deveis esforçar e dominar a vossa mente.”

Seguir o que Buda aconselha pode evitar que a mente nos leve a pensamentos e atitudes que não nos beneficiam.

 

extraído do livro “O Pensamento Vivo de Buda”, Martin Claret Editores, 1985

 

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter


Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: