Home / Espiritualidade / Carlos Alberto de Nóbrega: “Eu já nasci dentro do espiritismo.”

Carlos Alberto de Nóbrega: “Eu já nasci dentro do espiritismo.”

foto do Carlos Alberto de Nóbrega com jornal nas mãos sentado no banco da Praça é nossa Carlos Alberto de Nóbrega espiritismo

Conversas sobre espiritismo com Carlos Alberto de Nóbrega.

Sabemos que a morte não existe. A morte é a última ilusão que a  matéria nos prega em nossas encarnações.  Em algumas entrevistas, Carlos Alberto de Nóbrega relata: “eu já nasci dentro do espiritismo”, e nos conta suas experiências com Espíritos queridos que o acompanham.

Ele diz que o espiritismo chegou até ele em função de um problema de saúde que acometeu sua avó, em 1929.

Carlos Alberto conta que nessa época seu pai, Manoel de Nóbrega – o criador do programa “Praça da Alegria”, um dos marcos do humor na TV brasileira – tinha 17 anos. Desde seu nascimento sua mãe não conseguiu mais engravidar, mas depois de um tempo ela sentiu um inchaço no ventre.

Eles moravam no Rio de Janeiro e resolveram ir a um médico que a examinou e disse que o inchaço era um tumor, e que seria necessário operar.

– “Nesse momento”, diz Carlos Alberto, “minha avó se dirigiu ao doutor e disse:

 – Olha, esse tumor que eu tenho, um dia vai se tornar um médico como o senhor.

“Nasci dentro do espiritismo”, diz Carlos Alberto de Nóbrega.

Meu avô tinha um amigo que era espírita e frequentava um centro no bairro de Madureira. Neste centro tinha uma entidade que não sei se era o mentor da casa, mas era ele que abria as sessões, era o que vinha em primeiro lugar. Era o Dr. Maia Barreto, um médico.

E em 1930, conforme minha avó tinha falado, nasce o meu tio, que formou-se médico, foi professor catedrático e diretor da faculdade de medicina.

Então, por intermédio da minha avó, o meu pai entrou no espiritismo. E quando nasci, em 1936, eu já nasci dentro do espiritismo. Fui batizado, crismado, mas na realidade foi sempre o espiritismo que esteve presente na minha parte religiosa.

E foi através do espiritismo que eu encontrei força para enfrentar as dificuldades da vida.

As tristezas na vida de Carlos Alberto.

Em 1961 eu tinha me casado e queria ter um filho. Mas estava casado há três anos e minha mulher não engravidava. Quando ela engravidou nasceu uma menina, linda, perfeita, mas com 2 meses ela teve um aneurisma cerebral e morreu.

Eu pirei, fiquei louco, fiquei incrédulo, não acreditava mais em nada, xingava Deus, xingava santo, xingava todo mundo, fique revoltado.

Depois meu pai teve um câncer no pâncreas, e morreu em 6 meses, sem nenhuma dor. Já a minha mãe sofreu mais de 5 anos de câncer, com muita dor. Eu não deixava ninguém mexer nela. Tinha uma enfermeira e ninguém mais tocava nela, ela morava comigo.

O sonho avisando da partida da mãe.

Em determinada noite, durante o sono, tenho um sonho em que vi minha mãe deitada. Estávamos em uma espécie de cômodo e, de repente, estávamos em um lugar lindo, muito amplo, verde, sem árvores, só grama e minha mãe deitada na grama deste lindo lugar.

Vejo meu pai chegar e dizer:

 – Olha, meu filho, eu vim buscar sua mãe. Nós temos que ir juntos e você não vai sofrer, não vai ficar desesperado. Você vai entender que nós estamos juntos e um dia nos encontraremos todos.

E assim meu saudoso pai me preparou para o que iria acontecer. Em seguida, a enfermeira bate na porta e diz:

– Dnª Dalila está morrendo.

Eu falei que não era para mexer nela, para deixá-la em paz, para deixá-la morrer em paz.

Só não tive coragem para enterrá-la. Eu era muito ligado a ela, mas eu tive muita força.

Sabia que eles estavam bem pelo que os médiuns falavam, e pela vida que os dois tiveram, certamente eles iriam ser espíritos de luz, não iriam ficar sofrendo no umbral.

Eu sabia que a morte não existe, então eu tinha esse conforto, saber que eles foram para uma outra vida que tinham terminado uma fase aqui. A passagem deles eu entendi, mas com a minha filha eu não entendi. Para mim foi muito difícil.

O sonho com o Espírito materno pedindo-lhe para ter fé.

É interessante que para mim tudo acontece nos sonhos. Estava dormindo e, em sonho, me vejo em um quintal de uma casa, uma luz muito forte vem do alto e aparece a Nossa Senhora com minha mãe ao lado. Sempre me emociono muito ao lembrar e fica difícil falar e segurar as lágrimas. E então minha mãe me falou:

– Meu filho nós te criamos com tanta fé, eu sofro sabendo que você perdeu a fé. Volte a acreditar meu filho, volte a acreditar. Quando você tiver algum problema, fale com a Nossa Senhora que ela vai te ajudar.

Aí eu acordo assustado, e em seguida – olha eu não sou louco, eu não bebo, não cheiro – eu ouvi perfeitamente a voz do meu pai:

– Filho, isto não foi um sonho.

O espiritismo explica o porquê dos sofrimentos.

Em minha opinião, o espiritismo talvez seja a doutrina que mais te prova as coisas de forma concreta. Como essas coisas que acontecem, como aconteceu com o meu pai, o sonho onde ele leva minha mãe embora.

Eu encaro as coisa ruins como lições. Se estou passando por algo é porque eu pedi para passar por isso. E eu vim à Terra para melhorar.

Olha o nosso corpo: se ficarmos dois dias sem tomar banho ele fede. Esse nosso corpo não vale nada, o que vale é a alma. Então, se eu vim para aqui, foi para melhorar o meu estado lá em cima. Eu penso isso, eu acredito nisso e isso me faz feliz, me faz pensar que eu estou pagando aquilo que estou devendo.

Eu acredito e sofro menos. Acho que é por isso que tenho 84 anos e ninguém diz que tenho essa idade, porque eu sei o porquê dos sofrimentos. Isso me ajuda a ser uma pessoa alegre, a gostar da vida, não ter medo da morte. Não existe morte, você muda de plano.

Golias, um grande amigo e irmão, sempre presente.

Eu tenho um grande amigo, o Golias, ele é meu irmão, meu amigo, companheiro, tudo. Nós estamos juntos até hoje, até hoje. O Golias não morreu, ele foi para outro plano.

Um dia, eu estava no meu sítio, vou muito lá sozinho. Às vezes saio de manhã, eu gosto de ficar sozinho, para fugir um pouco dos problemas. Eu estava na piscina, sozinho, estava muito triste, aí eu senti a presença do Golias. Então eu comecei a conversar com ele, falei muito, e eu chorava, e senti sua presença ali.

Outro dia estávamos ensaiando o último programa do ano, de repente, não sei como, eu senti exatamente a presença dele. Porque eu sou médium, então eu sinto, eu sinto a presença das pessoas,  como eu sinto da minha mãe, do pai, e às vezes sinto coisas ruins quando me aproximo de uma pessoa. E lá no estúdio comecei a falar:

– Gente, o Golias está aqui cumprimentando a todos vocês, e então comecei a falar como se tivesse recebido uma entidade.

Toda vez que eu entro no programa eu penso no meu pai e penso no Golias.

“Deus é a natureza, é a vida, é a verdade, é o amor. Se não tiver Deus não tem nada.”

Quando você acredita que existe alguém te protegendo, você se sente protegido. Quando eu fui assaltado, eu tinha certeza que a calma que eu tive eram luzes que eu estava recebendo, eram  energias positivas que eu estava recebendo para ter a calma absoluta de controlar oito bandidos armados.

Ninguém tem a calma que eu tive, ninguém. Isso é uma coisa fora do normal. Então isso, essa coisa do espiritismo, me ajuda a ter confiança. É uma proteção: o Anjo da Guarda, o mentor ou seja lá o que for. Eu sei que não estou sozinho. Isso me ajuda muito e ajuda o mundo também.

Você pode gostar de ler também:
>> Quem são os Espíritos familiares protetores
>> Vidas passadas, vidas futuras, quantas vidas podemos ter?

Deus é a natureza, é a vida, é a verdade, é o amor. Se não tiver Deus não tem nada.

Nós aqui estamos de passagem, isso aqui é coisa rápida, então procure…, tem uma frase – eu gosto muito de falar frases – esta frase foi o meu pai que falou uma vez para mim:

“Quando tu nasceste todos sorriam, só tu choravas. Passe pela vida de forma que, quando morreres, todos estejam chorando e só tu sorrindo.” 

Referências

Baseado livremente nas entrevistas:
1 – Carlos Alberto fala sobre espiritualidade, sua relação com Golias e a importância da Fé – canal YouTube: TV Mundo Maior
2 – Carlos Alberto de Nóbrega fala sobre Ronald Golias – canal YouTube: Instituto de Cultura Espírita do Piauí
3 – Carlos Alberto de Nóbrega e espiritismo – entrevista completa – canal YouTube: Pingue-Pongue com Bonfá

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

leaqui

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: