Home / Autoconhecimento / Como andam o seu otimismo e o seu entusiasmo?

Como andam o seu otimismo e o seu entusiasmo?

uma pessoa dentro de um túnel escuro caminhando em direção à luz otimismo e entusiasmo

Todos os começos trazem otimismo e entusiasmo.

Como andam o seu otimismo e o seu entusiasmo para os seus planos de um ano melhor? O começo de um novo ano é sempre ‘aquela’ festa, o entusiasmo da mudança, a certeza de que tudo vai ser melhor. É o recomeço que vai deixar tudo o que não é bom para trás e a partir daí tudo vai se ajeitar e se realizar conforme os planos, os sonhos e os desejos.

A euforia contagiosa dessa época tão otimista espalha uma energia vibrante e renovadora, traz uma visão esperançosa e confiante de que “daqui pra frente, tudo vai ser diferente”, como dizia o então sucesso musical* do longínquo ano de 1968…

Mas, passados os primeiros dias, a realidade de que tudo ainda está igual a antes faz cair um véu que encobre e tira o brilho daquele futuro renovado e maravilhoso.

E assim, perdida a intensidade luminosa dos radiantes dias melhores que iluminavam o coração e faziam brilhar os olhos, também os nossos dias ficam nublados e mortiços.

O recado de Emmanuel para recobrar o otimismo e o entusiasmo.

Esse ‘choque de realidade”, essa sensação inicial depois passa. Precisamos deixar que ela passe para, então, retornar aos nossos ideais.

Como se dizia em outros tempos, um “sermão” pode dar uma chacoalhada e assim trazer de volta o ânimo, a vontade e a coragem.

Emmanuel, pelas abençoadas mãos de Chico Xavier, dá um recado e um empurrão para que voltemos aos trilhos e continuemos movimentando a nossa vida, seguindo em frente com confiança, fé e perseverança.

Leia a seguir.

Começar de novo.

“Erros passados, tristezas contraídas, lágrimas choradas, desajustes crônicos!…

Às vezes, acreditas que todas as bênçãos jazem extintas, que todas as portas se mostram cerradas à necessária renovação!…

Esqueces-te, porém, de que a própria sabedoria da vida determina que o dia se refaça cada amanhã.

Começar de novo é o processo da Natureza, desde a semente singela ao gigante solar.

Não fique na corrente do desencanto e do desânimo.

Se experimentaste o peso do desengano, nada te obriga a permanecer sob a corrente do desencanto. Reinicia a construção de teus ideais, em bases mais sólidas, e torna ao calor da experiência, a fim de acalentá-los em plenitude de forças novas.

O fracasso visitou-nos em algum tentame de elevação, mas isso não é motivo para desgosto e autopiedade.

Porquanto, frequentemente, o malogro de nossos anseios significa ordem do Alto para mudança de rumo e começar de novo é o caminho para o êxito desejado.

Temos sido desatentos, diante dos outros, cultivando indiferença ou ingratidão; no entanto, é perfeitamente possível refazer atitudes e começar de novo a plantação da simpatia, oferecendo bondade e compreensão àqueles que nos cercam.

Teremos perdido afeições que supúnhamos inalteráveis; todavia, não será justo, por isso, que venhamos a cair em desânimo.

O tempo nos permite começar de novo, na procura das nossas afinidades autênticas, aquelas afinidades suscetíveis de insuflar-nos coragem para suportar as provações do caminho e assegurar-nos o contentamento de viver.

Nunca é tarde demais para começar de novo.

Desfaçamo-nos de pensamentos amargos, das cargas de angústia, dos ressentimentos que nos alcancem e das mágoas requentadas no peito!

Descerremos as janelas da alma para que o sol do entendimento nos higienize e reaqueça a casa íntima.

Tudo na vida pode ser começado de novo para que a lei do progresso e de aperfeiçoamento se cumpra em todas as direções.

Efetivamente, em muitas ocasiões, quando desprezamos as oportunidades e tarefas que nos são concedidas na Obra do Senhor, voltamos tarde a fim de revisá-las e reassumi-las, mas nunca tarde demais.”

Emmanuel, em “Alma e Coração”, psicografado por Chico Xavier

A lei do progresso está sempre em movimento.

É claro que vez ou outra vamos revisitar as nossas experiências, os acertos e desacertos, as dores e as alegrias, mas não é para ficar.

A natureza nos ensina os ciclos, ela nos mostra que um novo dia sempre vem, com o vigor renovado.

As mudanças são nossos desafios, é a lei divina do progresso em movimento para que movimentemos as nossas ideias e se for preciso, revisemos o nosso rumo.

Sempre é tempo de recobrar a motivação e o entusiasmo quando acreditamos que as bênçãos de Deus são inesgotáveis, e que uma porta sempre se abre quando ficamos conectados com os benfeitores espirituais que nos orientam na nossa trajetória de evolução.

Noemi C. Carvalho

* Se Você Pensa – música de Roberto Carlos e Erasmo Carlos

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: