Home / Autoconhecimento / Como ser feliz num mundo dividido

Como ser feliz num mundo dividido

retrato de uma megalópolis com a montagem fotográfica de dois rostos feminino com uma divisão ser feliz num mundo dividido

Jesus já pregava a união, e não a divisão.

Muitas vezes parece difícil ser feliz quando se vive num mundo tão dividido por fronteiras, por crenças e religiões, por política e economia, por raça, por sexo, por opiniões, enfim, por um sem-fim de motivos e de justificativas que divide, subdivide, estratifica, isola e cria antagonismos e aversões entre todos os ‘nós’ e os ‘eles’.

Mas como sempre repete Dalai Lama, somos sete bilhões de seres humanos, e cada um de nós sorri e sofre, acerta e erra, quer progredir e ser feliz.

Por que, então, se criam tantos rancores, se travam tantas batalhas, se ferem tantas pessoas emocional, social e fisicamente?

Jesus, em seus poucos anos de passagem por esta nossa Terra, foi certamente um revolucionário. Ele veio, sobretudo, para deixar as sementes de um novo entendimento e de uma abordagem diferente para a vida. Porque bem sabia que hábitos arraigados não são mudados facilmente.

Entretanto, vemos que, passados mais de dois mil anos, mesmo com tantas pessoas dedicadas a replicar as suas palavras e multiplicar os seus ensinamentos em cada canto do mundo, ainda predomina a divisão e a letargia da inconsciência espiritual.

Oriente e ocidente: partes de um mesmo mundo.

Yogananda, por sua vez, é considerado um dos maiores mestres e difusores da antiga filosofia da Índia para o Ocidente e, conforme suas palavras:

Jesus Cristo é um vínculo entre o Oriente e o Ocidente. O grande Mestre se ergue ante meus olhos, dizendo ao Oriente e ao Ocidente: ‘Uni-los. Meu corpo nasceu no Oriente, porém meu espírito e minha mensagem viajaram ao Ocidente.’

Paulo de Tarso, por exemplo, foi um dos que atravessaram os mares para levar os novos ensinamentos a outras terras. O seu objetivo era incentivar a união fraterna de todos os seres humanos, uma vez que todos são filhos de Deus.

Podemos, portanto, entender que para ser feliz precisamos agir pensando num mundo unido, e não torná-lo cada vez mais dividido.

Somos a posteridade e também nós vivemos um momento crítico.

Além disso, Yogananda lembra que “Cristo veio em um momento crítico da história, quando o mundo necessitava desesperadamente de esperança e regeneração espiritual. Sua mensagem não estava destinada a promover o nascimento de múltiplas seitas, cada uma das quais proclamando que Ele lhes pertencia.

Ao contrário, a sua mensagem universal de unidade foi uma das maiores jamais dadas ao homem. Ele recordou à humanidade a verdade das escrituras: ‘Sois Deuses’.

E, certamente, estamos agora vivendo novamente “um momento crítico da história”, com o mundo necessitando “desesperadamente de esperança e regeneração espiritual”.

Somos nós, agora, essa posteridade, que está sofrendo, escrevendo com dor a angústia deste momento tormentoso da história, submissos aos caprichos de um vírus letal e impiedoso.

O mundo está dividido e precisa de esperança para ser feliz.

Que melhor escolha temos, então, do que nos aprofundarmos no entendimento do significado das mensagens que Jesus deixou para nortear os caminhos da posteridade?

Este é o momento em que nos é dada a oportunidade da regeneração espiritual, que modificará nosso modo de viver. E quando então poderemos compreender o significado de nossa existência, expressa nas palavras de Jesus: ‘Sois Deuses’.

Naturalmente, isto significa que temos todas as potenciais qualidades herdadas como filhos do Criador, feitos à sua imagem e semelhança. Mas que dependem do entendimento e da prática dos valores morais capazes de unir o mundo agora dividido, dando a toda a humanidade a oportunidade de ser feliz.

Portanto, o momento nos chama à transformação. Não pelos ajustes impostos em nossa vida e em nossa rotina pelo medo. Mas pela escolha em transformar a vida através da esperança, fortalecida na compreensão da nossa existência como peregrinos que somos, numa jornada evolutiva.

Noemi C. Carvalho

Referência

1 – Paramahansa Yogananda deixou como legado ensinamentos que são uma fonte de inspiração e de luz para as pessoas de todas as raças, culturas e credos. Eles trazem as orientações não somente para a evolução espiritual, mas também para a realização pessoal, indicando as atitudes que podem nos levar às transformações que nós desejamos em nossa vida.

Meu corpo passará, mas minha obra continuará e meu espírito continuará vivo. Mesmo quando eu não estiver mais aqui, trabalharei junto com vocês para libertar o mundo pela mensagem de Deus.’ – Yogananda

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: