Home / Especial Coronavírus / Delivery: quais cuidados devem ser tomados

Delivery: quais cuidados devem ser tomados

man wearing a face mask paying for pizza delivery
Photo by Norma Mortenson on Pexels.com

Veja quais cuidados precisam ser tomados com o delivery durante a pandemia.

Com a pandemia do coronavírus e a quarentena, muitas pessoas estão recorrendo ao delivery – a entrega domiciliar de refeições prontas – ou a retirada nos balcões de atendimento, mas alguns cuidados adicionais precisam ser tomados.

Para garantir a proteção de sua saúde, tanto em relação ao novo coronavírus bem como a outros micro-organismos causadores de intoxicações alimentares, é preciso tomar certos cuidados.

O Centro de Pesquisa em Alimentos (Food Research Center – FoRC), da Universidade de São Paulo fez uma relação dos cuidados a serem tomados antes de consumir essas refeições. Leia a seguir.

1. Encomenda

Dê preferência a restaurantes e serviços de alimentação de confiança. Faça as encomendas diretamente a estes estabelecimentos, por telefone ou aplicativos, evitando a interferência de intermediários desconhecidos.

2. Embalagem

  • Sempre que possível, dê preferência às embalagens de papelão, pois o que se sabe até agora é que os coronavírus resistem menos tempo na superfície de papel do que em outras superfícies, como plástico e metal (alumínio, por exemplo).
  • Antes de abrir uma embalagem, é importante lavar as mãos e, em seguida, aplicar um sanitizante.
  • Não consumir nenhuma refeição que chegar com a embalagem danificada ou violada.

3. Temperatura

Verifique se a temperatura da refeição está correta. Alimentos quentes tem que chegar quentes nos domicílios.

4. Tempo

Verifique se o tempo de entrega está de acordo com o acertado com o fornecedor. Não aceitar demoras acima de uma hora, pois pode haver multiplicação de outros micro-organismos que podem causar gastroenterites ou intoxicações alimentares.

5. Entregador

  • Recomenda-se evitar o contato direto com o entregador de refeições porque ele leva refeições para vários domicílios, e pode ser um portador de coronavírus sem que saiba disso.
  • As empresas de entregas em domicílio estão recomendando que os entregadores higienizem suas mãos com álcool em gel, que é um cuidado que diminui o risco, mas não o elimina totalmente.
  • Algumas empresas também recomendam que os entregadores usem luvas. Mas esse é um procedimento muito perigoso pois pode dar uma falsa sensação de segurança, levando o entregador e também o consumidor a relaxar nos cuidados de higiene.

6. Pagamento

  • Dar preferência a pagamentos remotos por aplicativos.
  • Não manusear dinheiro e muito cuidado com as máquinas de pagamento com cartões. Elas podem estar contaminadas com o coronavírus ou com outros micro-organismos causadores de doenças.

7. Consumidor

  • Recomenda-se consumir refeições prontas, retiradas no local de produção ou entregues por um entregador, o mais rápido possível (menos de 1 h), para evitar multiplicação de micro-organismos que possam causar gastroenterites ou intoxicações alimentares.
  • Cuidado extra deve ser tomado com refeições destinadas a pessoas com o sistema imune comprometido, como gestantes, recém-nascidos, crianças pequenas, pessoas com outras doenças e idosos, pois essas pessoas são alvos mais fáceis dos vírus e outros micro-organismos causadores de doenças.
  • Vale destacar, mais uma vez, que os vírus são rapidamente eliminados se não estiverem dentro de um ser vivo, ou seja, o coronavírus SARS-CoV-2 não se multiplica em alimentos ou em suas embalagens. Alimentos e embalagens são apenas veículos do vírus.

Outros cuidados com o delivery

  • Sobras: recomenda-se comprar apenas o que será consumido imediatamente. Evitar armazenar sobras dessas refeições e, quando isso for necessário, mantê-las refrigeradas por, no máximo, 24 horas. Não é recomendável congelar essas refeições prontas no freezer ou congelador, para consumo posterior, porque o descongelamento e novo aquecimento podem comprometer sua qualidade e segurança.
  • Higiene pessoal: lavar as mãos antes e depois de consumir qualquer alimento.

Com informações do Centro de Pesquisa em Alimentos (Food Research Center – FoRC), da Universidade de São Paulo
Acessado em 10/04/2020 – acompanhe atualizações no site do Centro de Pesquisa em Alimentos (Food Research Center – FoRC), da Universidade de São Paulo

Veja mais alguns detalhes a serem observados nos cuidados com delivery em época de coronavírus.

Segundo a BBC News, a professora Sally Bloomfield, da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, informa que o risco de contaminação da embalagem pode ser minimizado “esvaziando o conteúdo em um prato limpo, descartando a embalagem em um saco de lixo e lavando bem as mãos antes de comer. Tire a comida do recipiente com uma colher e coma com faca e garfo, não com as mãos.”

Pode ser melhor, nas circunstâncias atuais, pedir comida quente recém-cozida, em vez de itens frios ou crus. A Agência de Normas Alimentares do Reino Unido enfatiza que o risco relacionado aos alimentos é baixo e que “não há razão para evitar que os alimentos prontos sejam entregues se tiverem sido preparados e manuseados adequadamente”.

Para quem está muito receoso e para os mais vulneráveis, pode haver um cuidado extra. “Com uma pizza, por exemplo, se você quer ficar realmente seguro, pode até colocá-la no microondas por alguns minutos”, diz Bloomfield.

trecho extraído de reportagem da BBC News

Leia mais dicas e informações sobre alimentação, trabalho remoto, uso de máscaras de proteção e outros assuntos no Painel da pandemia: o que você precisa saber

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

imagem de Santa Clara

Santa Clara: a pequena Chiara de São Francisco

Como podemos usar o exemplo de Santa Clara, umas das primeiras seguidoras de São Francisco de Assis, durante a pandemia do coronavírus.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Holler Box
%d blogueiros gostam disto: