Home / Outros Assuntos / Datas Especiais / Dia de Páscoa, o roteiro para a nossa jornada

Dia de Páscoa, o roteiro para a nossa jornada

A transformação do mundo pela bondade, amor e paz.

No Dia de Páscoa celebramos o renascimento da vida, reafirmamos a nossa esperança na transformação do mundo pela ação da bondade, do amor e da paz.

A Páscoa cristã tem sua origem na Páscoa judaica, o Pessach – o Êxodo relatado no Antigo Testamento, quando os judeus fizeram sua passagem para a liberdade. A Páscoa cristã também traz a referência à libertação dos sofrimentos, com a passagem de Cristo para o mundo espiritual e o seu retorno sem nenhuma marca dos martírios sofridos.

Portanto, a Páscoa simboliza a paz, a esperança, a fé. O Cristo redivivo nos traz a compreensão que, seguindo os seus passos, transcendemos o mundo de sombras do inconsciente e alcançamos a elevação da consciência, para nos religarmos à nossa real identidade.

O significado metafísico da Páscoa.

Segundo Marianne Williamson, “Existe um significado metafísico no que ocorreu com Jesus, principalmente nos três dias entre a crucificação e a ressurreição.

Ele simboliza o tempo necessário para que o mundo físico possa alcançar uma mudança na consciência, para que a luz ascenda novamente depois da escuridão que nos subjugou. A ressurreição acontece quando nós nos mantemos firmes no amor ao invés de nas aparências e, portanto, invocamos um milagre.

Descobrimos, quando o espírito de Deus desceu em nós, que nós não fomos derrotados, mas, ao invés disso, nos tornamos seres melhores.

Nós morremos para quem costumávamos ser, isso é verdade, mas quem vamos ser agora é um espírito renascido e renovado. A febre cedeu, as lágrimas secaram, e nós emergimos novamente para a luz do nosso verdadeiro ser. Assim é a ressurreição, a luz de Deus sobre nossas almas.”

Renascer na Páscoa da existência.

Jesus passou a sua existência na Terra ensinando os caminhos para encontrarmos a paz e a felicidade. E fez isso não só pelas palavras, mas também por sua atitudes.

O Cristo não se preocupou em constituir uma religião, com cerimônias e procedimentos rigorosos para a sua prática. O seu propósito maior era que o ser humano aprendesse a ser mais humano, mais compassivo e amoroso.

Somente a prática do bem, o pensamento voltado ao bem-estar do nosso semelhante, é capaz de nos abrir os caminhos que nos conduzem para a verdadeira realização pessoal. Pois a nossa felicidade só é sólida e duradoura quando vem da felicidade que proporcionamos ao outro.

E estes dias de Páscoa trazem também o grande ensinamento de que precisamos percorrer o caminho sofrido do nosso calvário, suportar as cruzes das nossas provações, perdoar cada atitude que nos feriu como pontiagudos espinhos.

Então renasceremos com a mente destituída do orgulho e da vaidade e o coração transformado pelo amor, para seguir com humildade e reverência ao lado de nosso Mestre Jesus.

Equipe de Redação LêAqui

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Visite o canal do Grupo Espírita Cairbar Schutel (GECS) no YouTube

Conheça a instituição assistencial Lar do Alvorecer Marlene Nobre

Acesse a AME-SP – Associação Médico Espírita de São Paulo

Acompanhe a Folha Espírita

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: