Home / Emoções / Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, um apelo à vida

Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, um apelo à vida

um grande girassol destacado em um campo de girassóis Dia Mundial de Prevenção do Suicídio

Uma campanha pela proteção da vida.

O dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

O Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de conscientização para a prevenção do suicídio. Foi criada no Brasil em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida)CFM (Conselho Federal de Medicina) ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria).

O seu objetivo é sensibilizar e conscientizar a população sobre a questão do suicídio, informando sobre os sinais que precisam ser observados com atenção, bem como os locais onde pode ser obtida ajuda.

O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, estimulando eventos e debates sobre o suicídio e promovendo a divulgação para alertar a população sobre a importância de sua discussão.

Segundo a Associação Catarinense de Psiquiatria, a cor da campanha foi adotada devido a um evento ocorrido em 1994.

Mike Emme, um jovem americano de dezessete anos, tirou a própria vida dirigindo seu carro, que era de cor amarela. Amigos e familiares distribuíram cartões com fitas amarelas, contendo mensagens de apoio para aqueles que estivessem enfrentando o mesmo drama de Mike.

A ação repercutiu e se espalhou ao redor do mundo, e os pais de Mike começaram uma campanha de prevenção que ficou conhecida como “Yellow Ribbon” (“Fita Amarela”).

Uma triste realidade que não poder ignorada.

​O suicídio é uma das principais causas de mortalidade no Brasil e no mundo. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo. São registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo.

Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a sétima causa de morte de crianças entre 10 e 14 anos de idade, de acordo com dados de 2018, sendo estimado que o o suicídio pode ser prevenido em 90% dos casos.

No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado entre jovens, apresentando um índice de ocorrências maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer.

CVV: atividade humanitária valorizando a vida.

O Centro de Valorização da Vida – CVV, foi fundado em São Paulo, em 1962.

Com postos de atendimento em todo o Brasil, o CVV é responsável pelo Programa CVV de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio, prestando serviço gratuito de apoio emocional.

Com cerca de dois mil voluntários que se revezam para o atendimento 24 horas por dia em cerca de setenta postos, inclusive aos domingos e feriados, o atendimento é realizado de diversas formas: pelo telefone 188 (ligação gratuita), por e-mail, pessoalmente nos postos e via chat, sendo a primeira entidade do gênero no mundo a prestar este tipo de atendimento.

São vários programas desenvolvidos, com grupos de encontro de ajuda emocional, autoconhecimento, apoio a sobreviventes e familiares, palestras para jovens e adolescentes e rodas de conversa sobre convívio e problemas emocionais.

Organismos internacionais como a Organização Mundial da Saúde e a Associação Internacional para Prevenção do Suicídio (AIPS), reconhecem a importância de programas como o do CVV.

Onde encontrar apoio e informações.

O suicídio é um problema que pode ser prevenido na maioria da vezes, e uma das formas mais eficientes é o estudo e a discussão do tema, falando abertamente e rompendo tabus.

Assim, o CVV disponibiliza vídeos direcionados a diferentes públicos (jovens, pais e educadores, formação de grupos de apoio) e outros materiais complementares elaborados pelo CVV e outras entidades, que podem ser acessados pela página do CVV Conheça Mais.

O CVV também elaborou a cartilha Falando Abertamente sobre Suicídio, voltada para jovens e adolescentes.

O portal também conta com vários textos com informações e reflexões, disponibilizados no Blog do CVV.

Para apoio emocional e prevenção do suicídio, a página Links Úteis traz uma relação de centros de apoio no Brasil e em alguns países.

mais informações em:
Centro de Valorização da Vida – CVV
Setembro Amarelo.com
Setembro Amarelo.org
Wikipedia – Setembro Amarelo
Wikipedia Centro de Valorização da Vida
Wikipedia – Dia Mundial de Prevenção do Suicídio

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

leaqui

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: