Home / Especial Coronavírus / Do caos à pós-pandemia: as transformações na vida

Do caos à pós-pandemia: as transformações na vida

uma figura de um adulto de mãos dadas com uma criança caminhando com um horizonte vida pós-pandemia

A Transição Planetária é um processo gradual de transformação.

Ao interpretarmos as obras básicas de Allan Kardec, além de importantes livros psicografados, entendemos que a transição planetária não acontece de uma hora para outra. Este não é um evento com data marcada. Mas sim um processo de transição dinâmico, uma vez que o seu transcurso está na dependência das opções que nós fazemos. E estas são inúmeras, com as preferências multiplicando as possibilidades de caminhos que criamos para realizar as transformações.

Observamos que esta pandemia ocorre em uma época muito significativa, que é a época da Transição Planetária. A Terra se transforma, a vibração do planeta se altera, sua frequência muda, conforme nos foi adiantado por Allan Kardec no século 19. Tudo ao nosso redor nos dá a ideia de caos e aguardamos ansiosos para saber como será a vida pós-pandemia.

A Transição Planetária como um todo acontece de acordo com as escolhas que fazemos. Percebemos, assim, que mais importante que saber como será essa transformação, quando ela terminará e como será o planeta após o seu transcurso, é saber como cada um de nós está fazendo a própria transformação. Pois é a dádiva do livre-arbítrio de cada um de nós que ditará coletivamente os rumos desse período.

A provação que paira sobre o planeta.

Como bem sabemos, nada ocorre por acaso. E nesta Terra regida por Jesus, certamente esse pequeno mutante que estamos conhecendo como coronavírus, causador de tanto sofrimento e dor, foi a opção mais misericordiosa para que possamos refletir sobre como estávamos vivendo.

Você pode querer ler também: Karma: nada ocorre ao acaso em sua vida

Não bastasse a amargura pela partida de tantos estimados afetos e o medo de se expor a um patógeno tão ardiloso temos, além disso, o temor pelo desastre econômico que se avizinha em função da necessidade do isolamento.

Esta provação que paira sobre todo o planeta já há um bom tempo, trouxe à tona o pior do ser humano. Como bem disse O Dr. Bezerra de Menezes, no terceiro milênio iríamos assistir o cair de muitas máscaras. E é isso, de fato, que a todo momento vemos ser revelado, em cada notícia sobre o desvio de recursos destinados ao combate à doença, em cada postura que privilegia aspectos materiais em detrimento da vida.

Temos também o debate político envenenando mentes, criando divisões, gerando conflitos, embora esta seja uma época em que deveríamos todos estar unidos para levar o auxilio aos que passam por extremas dificuldades.

Disputa-se tudo, e nesta contenda, infelizmente, os mais vulneráveis mais uma vez são os mais atingidos.

Os prejuízos para a sociedade causados pelo coronavírus.

Pelo mundo todo assistimos esse pequeno vírus destruir o sistema de atendimento de saúde de inúmeros países de primeiro mundo. Aqui, o nosso débil e combalido sistema de saúde que normalmente empilha doentes nos corredores da desfaçatez, sob a ameaça da covid-19 está se esfacelando.

A quarentena ou o isolamento social como se chamou, se fazia necessário, mas, infelizmente foi pouco respeitado. Uma doença que não tem vacina nem tratamento eficiente certamente iria sobrecarregar o sistema de saúde, causando danos muitas vezes irrecuperáveis.

Esta pandemia está escancarando para todos nós uma advertência em escala global. Certamente ela trará prejuízos para a sociedade como um todo, e a vida pós-pandemia poderá sentir reflexos negativos na economia, nas relações de trabalho, nas relações sociais, a cultura, comportamentos e, principalmente, deixando danos psicoemocionais.

Talvez lhe interesse ler também: Como o coronavírus nos afeta emocionalmente

Além do dolorido evento do luto que está atingindo muitas famílias, da mesma forma o medo e a tensão generalizada abrem caminhos para a depressão, para os transtornos de ansiedade, a síndrome do pânico entre outras ocorrências psicoemocionais.

E quando lançamos, então, nossas atenções sobre a saúde mental, observamos o quadro revelado aqui no Brasil. Em nosso país, de fato, a carência neste setor é muito grande e insuficiente para oferecer os cuidados básicos para lidar com os efeitos deste período e da pós-pandemia.

Podemos sair do caos e melhorar nossa vida no mundo da pós-pandemia.

No livro ‘Obras Póstumas’, Allan Kardec diz que chegará um tempo durante a Transição Planetária quando teremos muitas ocorrências de perturbações psíquicas, transtornos emocionais e suicídios. Percebemos que estas perturbações e desarranjos emocionais estão cada dia mais presentes nesta nossa época, como resultado da pandemia da covid-19, pois são inúmeros conflitos e violência doméstica, desentendimentos gratuitos, exasperação constante, entre tantas outras.

Para o caos que estamos vivendo, que infelizmente tende a se agravar, será necessário um grande esforço para se criar uma base que possa fazer frente a todas as carências na área de saúde mental. A utilização de assistência a distancia via telemedicina, por exemplo, avançou muito nestes dias de recolhimento e com certeza será de grande valia para ajudar nesse atendimento.

Esse pequeno e mortal vírus trouxe grandes dificuldades, pois está gerando dramas profundos e causando perdas de toda ordem.

Lembremos que nada ocorre sem um motivo. E sejam quais forem os motivos que geraram esta convulsão, tenhamos a certeza que esta foi a forma mais amorosa para que nós, ante essas provações, possamos refletir sobre nossas ações frente à natureza e aos animais, e em nossos relacionamentos com aqueles que nos acompanham nesta Terra de Deus, para sairmos vitoriosos na vida pós-pandemia.

José Batista de Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 10.342 outros assinantes

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

ilustração de um perfil humano com imagem do espaço espiritismo coronavírus

O que o espiritismo diz sobre o coronavírus

Para o espiritismo, o coronavírus traz a oportunidade para as pessoas refletirem e melhorarem sua conduta e seu modo de viver, colaborando para a transição planetária.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: