Home / Autoconhecimento / Fé, a força maior

Fé, a força maior

Mulher saltando sobre um abismo demonstrando que a fé é a força maior
Fé, a força maior.

As mudanças proteladas trazem mais sofrimento na vida.

Em uma dessas perdidas noites onde os olhos insistem em não descansar, o pensamento viaja na escuridão buscando o distante porto da compreensão para ancorar o entendimento dos momentos em que a vida mudou nossos rumos e como a fé, a força maior da vida, foi importante nesses momentos.

Muitas vezes custa perceber os sinais que nos chegam indicando que uma mudança não só é necessária como fundamental para seguirmos desbravando nossos sentidos em busca de novas potencialidades a serem desenvolvidas.

Após a superação de grandes dificuldades, sucedem tempos de descanso e refazimento. Períodos necessários para a recuperação de forças e integração do conhecimento obtido na elaboração da sabedoria.

Em muitos casos, observa-se que a repercussão das dores das batalhas gera sofrimentos tamanhos capazes de imobilizar o ser criando uma confortável zona onde os sentidos permanecem, de fato, entorpecidos tolhendo os saudáveis ímpetos da vontade desbravadora.

E assim finca-se raízes em solo inadequado, criando uma estabilidade inoportuna. Gera-se, assim, a ilusão do propósito encontrado que se mantém até o instante em que a  inapropriada nutrição fornecida por esse solo enfraquece a própria vida. E esta se esvai na mesmice dos velhos personagens que se repetem nas antigas histórias já escritas.

E o senhor do tempo aparece e revela toda a vida que se perdeu na insistência de se manter onde não mais há vida para seu viver.

Um dia chega, em que uma voz fala mais alto.

As dificuldades se avolumam, os problemas se repetem, as relações se deterioram. Sinais que a permanência nesta fase da vida certamente prolongou-se além do devido.

Sobrevém, contudo, o temor da mudança, o salto no abismo, largar tudo que se conhece, soltar-se no tempo e espaço do desconhecido, do novo que precisa ser criado.

O pensamento percorre passado e futuro movido pelo medo. Busca as atribulações passadas para impregnar a perspectiva de futuro com as escuras tintas de antigos sobressaltos.

Mas um dia, e esse instante sempre chega queiramos ou não, lá do mais profundo de nosso ser, uma voz se levanta e vence todo o desconhecido que se acumula no inconsciente. Rompe os temores e ganha o espaço verbalizando, então, a necessidade do resgate da essência esquecida.

Os ciclos da vida são para serem vividos e renovados, fortalecidos pela força maior da fé.

Temos que ter consciência de que as etapas de nossa vida terminam. Permanecer teimosamente mais do que o necessário nelas rouba-nos a alegria e a vida, pois impede que avancemos nos caminhos que temos que seguir.

Temos dificuldade em avançar, mas é preciso aprender a colocar os pontos nos lugares certos, e deixar o que já passou no passado.

Precisamos, nestes momentos, evitar os pensamentos que surgem exigindo explicações e razões para as mudanças que serão feitas, bem como saber o porquê de deixar para trás coisas que foram tão importantes, o porquê de buscar nova realidade.

Essas cobranças são as nossas resistências, o velho eu que estamos superando reclamando que está sendo abandonado, largado.

Precisamos entender que essa porção foi muito importante, vital para vivenciarmos a etapa que estamos finalizando. Mas ela não nos serve mais, como uma roupa que nos agasalhou no inverno e que não se adequa ao clima que logo vai mudar.

As dificuldades para as mudanças na vida são muito grandes. Podemos estacionar nestes difíceis períodos e assim, inconscientes da necessidade de seguir no caminho da evolução, passamos por tormentos e problemas que não seriam necessários.

Nas fases mais complexas da vida, a resposta é simples: ter fé, essa força maior

O que precisamos para empreender e superar essas fases complexas de nossa existência é ter fé, fé no Deus que É, no Deus real.

A fé é um dom, e nós contribuímos para a manifestação deste dom no momento em que nos lançamos e colocamos nosso pé no nada. Se nosso coração não se manifestar e nos fizer pisar no vazio dos sentidos, nunca pisaremos na rocha, no sagrado e firme terreno onde podemos colocar o pé no chão e assim andar pela fé, a coisa mais concreta que existe na vida.

Fé é esse ponto onde fiamos a nossa esperança na Força Maior, alinhavando a vida, a nossa vida ao Criador que é a própria Vida.

José Batista de Carvalho

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

Homem com a cabeça abaixada e com o rosto coberto pelas mãos escondendo-se da nuvem de pensamento que paira acima da cabeça cuidar dos pensamentos

Mais do que nunca, precisamos cuidar de nossos pensamentos

Cuidar dos pensamentos é fundamental para criar um ambiente sereno e equilibrado, vencendo as preocupações causadas pela pandemia do coronavírus.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: