Home / Emoções / Liberte-se de toda a energia de medo que bloqueia sua vida

Liberte-se de toda a energia de medo que bloqueia sua vida

Moça escondida atrás de cortina, com uma energia de medo.

Nossa atividade mental baseia-se numa entre duas emoções: na energia de medo ou de amor.

Para entender como surge a energia de medo, temos que lembrar que aquilo que pensamos torna-se realidade. Ou seja, as nossas ações, o que fazemos e o que falamos nascem de um conjunto de pensamentos.

Podemos, então, nomear como crença o conjunto de pensamentos sobre determinado assunto ou matéria.

Dessa forma, agiremos de acordo com a crença que elaboramos em relação a um assunto, como por exemplo, “creio que se deva respeitar os mais velhos”. Por causa disso, o meu comportamento com pessoas de mais idade será paciente, atencioso.

Então, temos o seguinte mecanismo: um pensamento se liga a outros, e assim formam uma crença; essa crença irá influenciar uma escolha, que gera uma atitude; essa atitude manifestada irá ser uma causa, que irá gerar um efeito.

Vemos, assim, que temos os pensamentos como os elementos iniciais das nossas escolhas. Portanto, é a partir deles que se dá início ao mecanismo da Lei da Atração. E esses importantes processos, nascidos da nossa atividade mental, baseiam-se numa entre duas emoções: medo ou amor.

A energia de medo é nossa maior inimiga.

Não há nada pior para a nossa vida do que a energia de medo. É a principal inimiga de nossas realizações. Ela pode aparecer como medo do insucesso, medo de não ser feliz, de ficar só, de perder, de não conseguir, medo de não ter, o medo de morrer e não ter sido feliz. Além disso, pode aparecer disfarçada como insegurança, inveja, ciúme ou raiva.

Tendo origem no início de nossa existência, a energia de medo atravessou todas as nossas vivências e processos evolutivos, percorreu eras e culturas, e alcançou a atual individualidade no recôndito de nossa mente e emoções.


Talvez lhe interesse ler:


As experiências de vida ficam marcadas na mente.

Por experiências diversas, passamos, vivemos, aprendemos, ouvimos, lemos ou presenciamos inúmeros acontecimentos, e todas essas informações foram se alojando na mente.

Sendo um processo tão natural e dinâmico, não prestamos muita atenção ao fato de que acolhíamos todo esse material na memória.

Mas é dessa forma que se transformam as informações colhidas através da vivência em pensamentos e crenças. Em outras palavras, é assim que programamos o sistema que movimenta a energia e faz a roda do karma girar.

Compreender o mecanismo do pensamento é assumir o poder sobre a vida.

É a maneira como percebemos o que ocorre na vida que vai funcionar como um filtro para acolhermos ou deletarmos o que será importante, selecionar o que vai ficar registrado e guardado.

O que é importante comumente é aquilo que mais nos impressiona, que gera reações mais agudas em nós através das emoções que sentimos quando o fato ocorre.

Por isso estamos sempre falando da importância de entender os mecanismos do pensamento e da mente, para assim melhor compreender e assumir o poder que temos de transformar isso.

Como resultado, podemos escolher o que nos faz sentir bem para se tornar a base que sustenta a nossa vida e nossos sonhos. Fazendo isso, podemos nos acostumar a ter novos pensamentos, gerando novas crenças, e direcionar nossa energia para termos uma vida melhor.

Nós temos o poder de selecionar o que vamos deixar em nossa mente, quais pensamentos e crenças baseados no medo que devem ser eliminados pois já não nos servem, e assim abrir espaço para o novo, para os pensamentos de progresso, para a fé e para a divina inteligência da vida se manifestar em nossas mentes e sentidos.



Anúncios

Libertar-se da energia de medo permite reencontrar nossa verdadeira identidade.

Podemos encontrar  dificuldades para nos livrarmos de nosso medos. Como uma árvore, eles têm raízes fortes e muito ramificadas, que não podemos ver e cuja extensão desconhecemos.

Mas devemos ter a consciência que nós é que deixamos essa energia penetrar e se estabelecer em nossas mentes e sentidos. Então, é fundamental  a nossa vontade ser direcionada com disposição e força na limpeza do terreno mental.

A luta pode ser árdua, mas é compensatória. Estamos todos entrelaçados numa rede energética, portanto, graças a essa natureza interligada, quando conseguimos dissolver um medo e o bloqueio que ele instalou, na verdade estaremos fazendo isso não só na nossa vida em particular, mas na memória da humanidade. Dessa forma, desfazendo aquele nó que impedia o livre fluxo da energia criadora, melhoramos os padrões de vida do mundo todo.

Ao nos libertarmos dessas crenças, tiramos o peso da angústia, da dor, do sofrimento, da incerteza, da insegurança e podemos, assim, nos integrar novamente à nossa origem, fazendo ressurgir a nossa essência, o que somos em verdade, o ser original, criativo, alegre, seguro e realizador, o Eu Sou.

Em resumo, podemos dizer que quando sabemos o que pode ser feito chamamos a isso expansão da consciência. Por outro lado, quando o fazemos, realizamos a integração à consciência divina, permitindo que a luz retorne à mente alinhada com as possibilidades infinitas da criação.

José Batista de Carvalho

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Veja também

imagem de um policial visto de costas Dalai Lama meditação

Dalai Lama ensina uma prática de meditação

Dalai Lama ensina como praticar uma meditação para acalmar a mente e fortalecer o poder interior, em encontro virtual com policiais militares.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: