Home / Especial Coronavírus / Máscaras caseiras: o que diz a Universidade Johns Hopkins

Máscaras caseiras: o que diz a Universidade Johns Hopkins

As principais medidas de proteção contra o coronavírus.

O uso de máscaras caseiras e outras medidas de proteção é tema de um artigo da Universidade Johns Hopkins, uma renomada universidade dos Estados Unidos, reconhecidamente na área de Medicina, em entrevista com Kirsten Koehler e Ana Rule, do Departamento de Saúde e Engenharia Ambiental.

O CDC – o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos – revisou, no início de Abril, a orientação do uso de máscaras caseiras de proteção. A recomendação de uso foi estendida para todas as pessoas quando saírem de casa.

Isso se deve, segundo Koehler, ao fato de haver uma parcela razoavelmente grande da população portadora do covid-19 assintomática e que está propagando o vírus.

Para a maioria das pessoas, isso significa confiar em uma máscara caseira. Mas é importante fazê-lo com a mentalidade de que estamos usando essas máscaras para proteger os outros, não necessariamente para nos proteger. A melhor autoproteção ainda é a mesma: ficar em casa.

Ficar em casa, reforça Koehler, é a melhor opção para proteger a si e aos outros. Mas se precisar sair, é melhor usar uma máscara caseira. Minha preocupação é que o público em geral não tenha a orientação sobre a maneira correta e segura de usar uma máscara caseira, diz.

A maneira correta e segura de usar uma máscara caseira.

Você deve lavar as mãos sempre que tocar na máscara e ter cuidado ao tirá-la máscara quando chegar em casa, continua Koehler. Uma máscara que você usa fora de casa pode estar potencialmente coberta por vírus, e é essencial que, quando você a tirar, coloque-a em algum lugar seguro como, por exemplo, onde você lava a roupa. Use uma máscara limpa se tiver que sair novamente.

Em termos científicos, explica Rule, as partículas maiores, e que provavelmente serão filtradas por uma máscara caseira, cairiam nas superfícies ou no chão. As partículas menores passarão através da máscara. Portanto, a máscara impede que essas partículas maiores se depositem nas superfícies e contaminem a próxima pessoa que tocar nessa superfície, como por exemplo, no supermercado. Isso é importante, especialmente com tantas pessoas assintomáticas com esse vírus em particular, como forma de diminuir a propagação do vírus.

O melhor mesmo, diz Koehler, é limitar sua exposição indo a menos lojas, saindo menos e mantendo os padrões sociais de distanciamento tanto quanto possível, mesmo se você estiver usando uma máscara caseira.

O uso de luvas diminui o risco de contágio?

Eu não recomendo o uso de luvas, afirma Koehler, se você não é médico, elas não são úteis. E, como as máscaras, as pessoas provavelmente as usam incorretamente. Se você usasse luvas, fazê-lo com eficiência significaria nunca usar seu telefone, carteira ou bolsa, porque assim que você toca em qualquer uma dessas superfícies as luvas não são mais eficazes. Eles também são um grande desperdício ambiental e não vale a pena o esforço, a poluição e o desperdício para usá-los.

Além disso, completa Rule, as luvas podem fornecer uma falsa sensação de segurança, porque alguém pode pensar que está protegido e não lembra de outras medidas importantes da prevenção – como lavar as mãos. E se você não descartar as luvas adequadamente, elas podem ser outra fonte de contaminação do ambiente.

Distanciamento social, limpeza e lavar as mãos são as melhores maneiras de se proteger do vírus, lembra Rule.

com informações de Universidade Johns Hopkins, acessado em 24/04/2020

Leia mais dicas e informações sobre alimentação, trabalho remoto, medidas de proteção e outros assuntos no Painel da pandemia: o que você precisa saber

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: