Home / Especial Coronavírus / Ministério da Saúde orienta o uso de máscaras caseiras no combate ao coronavírus

Ministério da Saúde orienta o uso de máscaras caseiras no combate ao coronavírus

O uso correto de máscaras caseiras ajudam na prevenção contra ao coronavírus.

Em meio aos crescentes números de contágio pelo novo coronavírus, ocasionando milhares de mortes em todo o mundo, o Ministério da Saúde orienta o uso de máscaras caseiras para proteção e para diminuir o avanço da contaminação.

Leia abaixo as informações e orientações do Ministério da Saúde sobre o uso das máscaras caseiras para proteção facial, como medida adicional para o enfrentamento da pandemia do coronavírus.

Ministério da Saúde orienta uso de máscaras de proteção caseiras.

“Para proteger você e sua família, o Ministério da Saúde orienta a produção de modelos simples, de pano, que também funcionam como barreiras na propagação da doença.

Desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus, uma corrida mundial em busca de máscaras de proteção fez com que elas sumissem das prateleiras. O Ministério da Saúde está realizando compras de fornecedores nacionais e internacionais, em grandes quantidades, para garantir a proteção dos profissionais de saúde, que trabalham na assistência às pessoas doentes.

A confecção de máscaras caseiras tem se tornando um fenômeno mundial e qualquer cidadão pode fazer a sua em casa. Agora, o Ministério da Saúde do Brasil vai lançar uma campanha digital pela mobilização da população para fabricar as próprias máscaras de pano.

Além de eficiente, é um equipamento simples, que não exige grande complexidade na sua produção e pode ser um grande aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, protegendo você e outras pessoas ao seu redor.

As orientações do Ministério da Saúde para uso da máscara caseira.

Para ser eficiente como uma barreira física, a máscara caseira precisa seguir algumas especificações, que são simples:

  • É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face.
  • E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém.
  • As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente.
  • O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

“Você pode fazer uma máscara ‘barreira’ usando um tecido grosso, com duas faces. Não precisa de especificações técnicas. Ela faz uma barreira tão boa quanto as outras máscaras. A diferença é que ela tem que ser lavada pelo próprio indivíduo para que se possa manter o autocuidado. Se ficar úmida, tem que ser trocada. Pode lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 30 minutos. E nunca compartilhar, porque o uso é individual”, explica o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

“Máscaras de pano para uso comunitário funcionam muito bem e não são caras de fazer. Porque, agora, é lutar com as armas que a gente tem. Não adianta a gente lamentar que a China não está produzindo. Vamos ter que criar as nossas armas, e elas serão aquelas que nós tivermos”, completou Mandetta.”

Republicação do Ministério da Saúde
Acessado em 08/04/2020 – acompanhe atualizações no site do Ministério da Saúde

IMPORTANTE:

  • o uso da máscara é um complemento às outras medidas de prevenção, que não podem ser descuidadas
  • cuidados para usar a máscara são fundamentais para que ela seja eficaz e para evitar o contágio

Leia mais dicas e informações sobre alimentação, trabalho remoto, uso de máscaras de proteção e outros assuntos no Painel da pandemia: o que você precisa saber

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

mascara cirúrgica jogada no chão mostrando desprezo novo coronavírus matou

O novo coronavírus já matou quase um milhão de pessoas

O novo coronavírus já matou quase um milhão de pessoas em todo o mundo ao longo desses meses da pandemia, por isso não podemos nos descuidar.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: