Home / Energia / Bioenergética / Mudar seu carma para melhor é sempre possível

Mudar seu carma para melhor é sempre possível

Homem no centro de uma roda de faíscas que se espalham para todas as direções numa tentativa de mudar o carma
Mudar seu carma para melhor é sempre possível.

A ação do pensamento na criação do carma.

Apesar de todo o significado simbólico, místico e fatídico que reveste a palavra “carma”, somos nós que determinamos a sua direção. Portanto, você pode mudar seu carma.

Para saber como isso é possível e como pode ser feito, precisamos antes entender o que é o carma e como se desencadeia seu mecanismo.

Em primeiro lugar, precisamos rever o conceito sobre o pensamento. O pensamento, como sabemos, é uma poderosa energia que nós emitimos e sobre a qual apenas nós exercemos controle. E dessa maneira é que estruturamos nosso sistema de crenças, isto é, o conjunto de costumes, hábitos e disposições para atitudes. A partir dessas crenças, ou seja, daquilo em que acreditamos que seja possível acontecer, é que se desenrola a nossa vida – criamos o nosso carma.

De acordo com a definição de Hammed (*), as crenças “são registros profundos situados no corpo espiritual, raízes de nosso modo de agir e pensar, acumulados na noite dos tempos.

Podemos, assim, compreender que não é de um dia para o outro que se formam as nossas crenças. Desse modo, deduzimos que se nossa ação é que estabeleceu as crenças, também nossa ação pode transformá-las, mesmo que isso demande tempo e esforço.

Para mudar seu carma, use conscientemente a Lei da Atração.

Vale relembrar, em seguida, que, como o pensamento é energia e os vários pensamentos dão origem ao sistema de crenças, chegamos ao mecanismo da Lei da Atração.

A energia do pensamento que emitimos, baseado naquilo que acreditamos, vai irradiar e assim se unir a energias semelhantes que circulam ao nosso redor.

Isto que dizer que podemos atrair paz, felicidade, prosperidade e outras situações que nos fazem bem ou, por outro lado, podemos nos cercar de pessoas e eventos carregados de negatividade, que nos afastam do bem-estar. Tudo depende do pensamento mais profundo e enraizado e das emoções que ele emana.

Nossa mentalidade atrai tudo aquilo que irradiamos consciente ou inconscientemente.

Hammed

Carma não é castigo, é escolha: escolha mudar o seu carma.

Compreendemos, desta forma, que “carma” não é sinônimo de castigo, punição, fatalidade. O carma é uma consequência de nossos atos, portanto, podemos mudar nossas ações para mudar o nosso carma.

Tudo o que está acontecendo em sua vida é produto de suas crenças e pensamentos que se materializam; não se trata, pois, de punições nem recompensas, mas reações desencadeadas pelas suas ações mentais. Suas ações, ou seja, seus carmas são positivos ou negativos, de conformidade com o que você fez e segundo suas convicções e valores pessoais.”, continua explicando Hammed.

Carma, em sânscrito, quer dizer simplesmente “ação”.

Hammed

A pergunta que não quer calar.

“Por que, então, não mudas teu carma?”, é a pergunta que nos faz Hammed.

Ao que acho muito pertinente lhe perguntar: “E como fazemos isso?”

Sua resposta, então, traz a seguinte orientação: “Jesus afirmou que as ações benevolentes impedem os efeitos negativos, quando asseverou: “Muito lhe foi perdoado porque muito amou, mas a quem pouco se perdoa, é porque pouco ama”. Ou ainda: “O amor cobre a multidão de pecados.

Aquele que muito amou foi perdoado, não aquele que muito sofreu. O amor é que cobriu, isto é, resgatou a multidão dos pecados, não a punição ou o castigo.

O sofrimento apenas nos serve como “transporte das almas” de retorno ao amor, de onde saímos, fruto da Paternidade Divina. A função da dor é ampliar horizontes para realmente vislumbrarmos os concretos caminhos amorosos do equilíbrio.”

Transformar ações amando é alterar teu carma para melhor, atraindo pessoas e situações harmoniosas para junto de ti.

Hammed

Com isso, portanto, somos chamados a repensar e mudar nosso modo de pensar e também nossas ações. Não só alterando nossos pensamentos para um padrão mais positivo e otimista, mas também fazendo da gentileza, da compreensão e do perdão, as tônicas dos nossos relacionamentos.

Nesse conjunto de ações desencadeadas a partir do pensamento e consolidadas pelo aprimoramento de nossas virtudes é que poderemos, efetivamente, mudar nossa carma para melhor.

Noemi C. Carvalho

(*) Hammed – no livro “Renovando Atitudes“, psicografado por Francisco do Espírito Santo Neto

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

flores de jasmim

A serena calma do doce jasmim

O jasmim tem um aroma doce e marcante, que transcende o amor e desperta a espiritualidade, trazendo, ao mesmo tempo, serenidade e vigor.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: