Home / Autoconhecimento / “Não esqueçam de vacinarem a alma”, adverte Bezerra de Menezes

“Não esqueçam de vacinarem a alma”, adverte Bezerra de Menezes

montagem fotográfica com uma ilustração do coronavírus uma seringa de vacina e sobrepondo essa ilustração de tom vermelho uma ilustração de Bezerra de Menezes vacinarem a alma

Uma medida que todos podem adotar para se proteger contra o coronavírus é “vacinarem a alma”.

O Dr Bezerra de Menezes nos alerta: “não esqueçam de vacinarem a alma”. Ele é considerado o Kardec brasileiro, como resultado de seus esforços na implantação, organização e divulgação da Doutrina Espírita em nosso país.

Além disso, também ficou conhecido como o “médico dos pobres”, por entender a medicina como um sacerdócio que não se deveria afastar do atendimento a todos que necessitassem.

A sua jornada no Plano Espiritual inicia-se em 12 de abril de 1900, na Federação Espírita Brasileira, na época localizada no Rio de Janeiro. Nesse dia, às 7 horas, começou a consagrada sessão solene da Ceia do Senhor.

Em seguida, através do médium Frederico Pereira da Silva Jr., Bezerra de Menezes se manifesta emocionando a todos com sua mensagem que exalta Deus, Jesus e a Santíssima Virgem Maria.

O pedido atendido pela Virgem Santíssima.

Quando da passagem do cinquentenário de sua volta ao mundo espiritual em 11 de abril de 1950, uma assembleia foi organizada nas elevadas esferas para homenagear o Dr. Bezerra de Menezes. Entre os convidados, em desdobramento espiritual, Chico Xavier se fazia presente.

Muita emoção envolvia todos os presentes que, com sublime fraternidade, compartilhavam os momentos e feitos de Bezerra na Terra como o irmão dos necessitados, o médico dos pobres, o Kardec brasileiro, o humilde e fiel servidor de Jesus.

Naquele ambiente de Luz, manifesta-se do alto um clarão refulgente em forma de estrela. E enlevando a todos, em meio ao celeste brilho, surge então Celina, a sublime emissária da Mãe Santíssima, portando mensagem em que a Virgem de Amor anuncia a promoção de Bezerra de Menezes para uma Esfera Superior com atribuições mais elevadas.

O médico dos pobres emociona-se, as lágrimas descem pelo rosto, agradecendo a graça que recebera. Humildemente ajoelha-se frente à emissária da Divina Mãe, rogando que levasse sua humilde petição para poder permanecer em suas atividades na Terra, prosseguindo no trabalho de atender aos irmãos encarnados em suas provas e expiações.

A iluminada mensageira desloca-se às elevadas esferas para submeter o pedido do agradecido servidor ao juízo da Mãe Santíssima.

Num átimo, a celeste emissária se faz presente e anuncia a resposta da Sublime Mãe: sim, que Bezerra ficasse no seu posto o tempo que quisesse e sempre sob Suas bênçãos.

E assim o abnegado servidor de Cristo, o médico dos pobres, aquele que através de seu trabalho propagou a fé em sua mais elevada dimensão do serviço da caridade, prossegue no Plano Espiritual levando a sua graça e bênção a todos que necessitam.

Sempre temos à disposição mensagens de luz e esperança.

Inúmeros médiuns trazem as mensagens do Dr. Bezerra levando a luz da esperança aos que sofrem. Atua como patrono e protetor em diversos centros espíritas espalhados pelo Brasil, orientando e espalhando a sua luz.

Somos abençoados quando até nós chega uma de suas iluminadas mensagens. Suas palavras têm o dom de se transformarem em luzes que afastam a escuridão e revelam a verdade que nos liberta dos sofrimentos.

Em meio aos transtornos que o novo coronavírus impôs a todos, o médium, escritor e orador José Carlos De Lucca recebeu uma mensagem do Dr. Bezerra de Menezes, em 01 de agosto de 2020.

Leia a seguir a mensagem do Dr.Bezerra, com instruções valiosas para os momentos presentes e para a vida futura.

José Batista de Carvalho

A orientação do Dr. Bezerra, para todos “vacinarem a alma.

“Meus filhos,

Enquanto aguardam ansiosos pela descoberta de uma vacina que os imunize contra o vírus que atordoa a humanidade, não vos esqueceis da imunização espiritual que se alcança com a vivência dos princípios do Evangelho de Jesus.

A imunização do espírito precede a imunização do corpo físico, que nada mais é do que um espelho da nossa alma.

Quanto mais o homem se inferioriza, mais ele se se fragiliza. Quanto mais ele se espiritualiza, mais ele se imuniza. Embora distantes da imunologia perfeita, dada a condição evolutiva da humanidade, ainda caracterizada pelas paixões decorrentes do orgulho e do egoísmo, as quais criam o campo mórbido favorável para a instalação da maioria das patologias médicas, psicológicas e espirituais, o homem precisará ainda de muitas vacinas até alcançar a saúde integral do espírito.

Enquanto isso, continuamos orientados quanto à necessidade de cuidarmos do corpo e da alma, atendendo às orientações da medicina da Terra, mas, sobretudo, não olvidando os apelos da medicina do Céu, através do uso diário dos remédios da oração, do amor, da humildade, do perdão e da caridade. Vacinem o corpo, sim. Não esqueçam, porém, de vacinarem a alma!

São as singelas recomendações do nosso coração, em nome do Cristo Consolador.”

Bezerra de Menezes

Referências bibliográficas

1. Lindos Casos de Bezerra de Menezes – Ramiro Gama
2. Vida e Obra de Bezerra de Menezes – Sylvio Brito Soares
3. José Carlos De Lucca

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 10.312 outros assinantes

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: