Anúncios
Home / Emoções / Nossas várias tentativas de encontrar a verdadeira felicidade

Nossas várias tentativas de encontrar a verdadeira felicidade

A verdadeira felicidade é perene, imutável e todos têm potencial para experimentá-la. O que produz a felicidade está na nossa mente, e o que é preciso fazer para alcançá-la pode ser praticado por todos, sem restrição de horários, locais e condições. José Batista de Carvalho

Consumismo: felicidade imediata e efêmera

Fazemos e consumimos muitas coisas no intuito de encontrar a verdadeira felicidade e, com isso, evitamos entrar em contato profundo com nós mesmos.  Esse mundo interior desconhecido e ameaçador só existe por ser fruto de nossa incompreensão e por termos sidos criados voltados para fora, ou seja, fomos criados como um reflexo do mundo, aprendendo a ser e fazer o que é considerado normal pela maioria.

Intrinsecamente, nada há de errado com o relacionar-se com as coisas do mundo que são consumidas. Podemos, entretanto, observar como esses objetos e o comportamento consumista transformam-se em meios para satisfazer a necessidade de felicidade.

A sensação de felicidade assim obtida não passa disso: uma sensação, pois o verdadeiro sentimento de felicidade não é isso. Uma vez que todas as sensações atingidas através desses rituais do mundo material se esvaem, considerando também o pouco tempo que as modas perduram, ao final temos o desencanto e a insatisfação sendo alimentadas apenas para que um novo ciclo desse processo se inicie, revelando nossa dependência ao que é impermanente e o apego a essa felicidade de vitrine.

Satisfazer-se com objetos exteriores a nós dura pouco por não nos dar uma verdadeira satisfação e por não ter o poder de nos libertar dos problemas. Precisamos perceber que a plena satisfação e felicidade se constroem quando conseguimos abandonar nossas falsas ideias sobre as expectativas ilusórias criadas pelos apelos exteriores.

Como podemos encontrar a felicidade duradoura

A verdadeira felicidade é perene, imutável e todos têm potencial para experimentá-la. O que produz a felicidade está na nossa mente, e o que é preciso fazer para alcançá-la pode ser praticado por todos, sem restrição de horários, locais e condições. Com a meditação é possível atingir a felicidade em qualquer lugar, hora ou mesmo nos momentos mais conturbados.

Na meditação nos harmonizamos e harmonizamos nossa mente integralmente, e quanto mais cultivarmos essa virtude, mais seremos calmos e em paz ficaremos. A serenidade, quanto maior for, mais nos libertará das angústias, das inquietações, do descontrole mental e assim nos conduzirá ao nosso paraíso da verdadeira felicidade.

Mesmo que nossa situação no mundo material esteja bem, se nossa mente não estiver tranquila não seremos felizes. Por isso é que devemos treinar a mente para harmonizá-la e mantê-la em estado de calma, para ter paz e felicidade em todos os momentos, mesmo nas condições mais complicadas e adversas.

Cultivar a clareza emocional através da meditação

A meditação é uma prática de percepção mental, abrange um estado perceptivo que observa, estuda e trabalha com a mente como um todo.

Meditar é trazer à tona e desenvolver um estado de consciência muito sutil. Ao fazer uso deste estado para desvelar a realidade direta e intuitivamente, podemos atingir o entendimento de como é a realidade e quem em verdade somos.

Existem muitas formas de meditar, e o tema merece sempre ser mais estudado para conhecermos as diversas linhas e correntes de meditação, assim como as formas de praticá-las. Aqui, apenas estamos falando da meditação como um importante meio para nos conhecermos e assim termos compreensão da melhor forma para se entender e alcançar a felicidade.

Um grande abraço a todos, e em breve retomaremos esse encantador assunto.

Fiquem em si, na sua Paz.

 

José Batista de Carvalho

Anúncios

Veja também

mulher atrás de relógios de todos os tipos mostrando que o passado não passou

Quando parece que o passado não passou

Quando parece que o passado não passou e a tristeza está de volta, use a chave que só você tem para abrir as portas da casa da confiança, da fé e da alegria.

2 Comentários

  1. Muito Obrigado pelo post….Um dia de Paz….

  2. BEM HAJA ao José Batista de Carvalho. Pela forma iluminada que escreve.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.