Home / Espiritualidade / O poder do Salmo 23

O poder do Salmo 23

um verdejante campo sereno com um rebanho de ovelhas calma e seguramente pastando poder do Salmo 23

Nos dias de hoje, precisamos muito de paz.

São especiais, muito especiais os dias que hoje vivemos. Nunca antes precisamos tanto de compreensão, de acolhimento, de paz e de amor. O poder do Salmo 23 nos ajuda a obter tudo isso.

A paz é um estado da alma que suavemente vibra por todo o sistema energético do corpo, apazigua a mente e, além disso, prepara nossos sentidos para a experiência real do amor puro e simples, como ensinado por Jesus.

Em meio às dificuldades todas, aos tormentos da pandemia e das consequências que ela tem criado nas pessoas, de fato nunca antes, repito, precisamos tanto de paz e amor. E o melhor caminho para essa plenitude do planalto das emoções é a oração.

Nunca precisamos tanto da prece.

Entre tantos escritos que percorreram os milênios temos os Salmos que, certamente, fornecem amparo e auxílio para alcançarmos a paz.

Afinal, essas preces em forma de cânticos, concebidas como uma forma de adoração e de agradecimento a um Pai zeloso, têm servido ao longo dos tempos como instrumentos seguros e fieis para chegar ao coração desse Amável Pai.

Infelizmente, a maioria recorre aos salmos quando a noite escura desce sob a alma dos aflitos.

Mas, ao longo dos tempos, empiricamente se observa a paz e a plenitude daqueles que todos os dias prestam reverência ao Pai Maior pelas letras dos salmos sagrados.

O pastor amoroso e protetor cuida de seu rebanho.

Dos inúmeros salmos que existem, alguns em particular ficaram populares e ganharam a reputação de poderosos.

Em momentos de turbulência e medo, quando a alma suplica em reação às ameaças reais e àquelas que consomem os sentidos, lembramos da presença da força de Deus como um cuidadoso pastor que, assim, guia o rebanho por seguros caminhos até um lugar onde as águas são tranquilas e abundante os pastos.

Esse Divino pastor de almas conduz seu rebanho pelas escuras planícies cheias de tentações que clamam pelos mais rasteiros sentidos.

Mas o mal do medo não se acerca do confiante rebanho, pois lá está Ele, caminhando e cuidando para que ninguém se perca.

José Batista de Carvalho

Salmo 23

O Senhor é meu pastor, nada me faltará.

Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor de seu nome.

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Preparas uma mesa perante mim na presença de meus inimigos; unges a minha cabeça com óleo; o meu cálice transborda.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão por todos os dias de minha vida; e habitarei na casa do Senhor para sempre.

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: