Home / Autoconhecimento / O que você sempre quis saber sobre o pensamento mas nunca imaginou pensar

O que você sempre quis saber sobre o pensamento mas nunca imaginou pensar

ilustração de um homem apontando para uma sinapse de um cérebro

A inteligência é o esplendor das virtudes.

Se você procurar o significado da palavra “inteligência” vai encontrar várias definições. Como, por exemplo, a capacidade de conhecer, de aprender e entender, de resolver problemas, usar de forma correta o pensamento, adaptar-se ao ambiente, compreender o mundo. Mas o que mais podemos saber sobre a relação da inteligência e do pensamento?

Para Miramez¹, “a inteligência é um acervo de qualidades inerentes à alma, que já passou por variados processos evolutivos. Busca a autoeducação das forças mentais, corrige os impulsos que não favorecem as tendências do Evangelho.

Escutando, vendo e lendo é que o raciocínio se aperfeiçoa, selecionando o que deve ou não fazer, o que precisa ou não aceitar.

Colidindo com as dificuldades, é que nós nos lembramos das teorias referentes a elas, e armamo-nos de esperanças para vencê-las.

Quando somos atacados pela maldade, nos apoiamos naquilo que já ouvimos no trato com o perdão e alegramo-nos com a ideia de esquecermos as faltas. Perseguidos pelo ódio, é que vamos atrás da filosofia do amor, refratada nos sentimentos, pois ela, em si, assegura a felicidade.

A crista da inteligência é o esplendor das virtudes. É a conquista do homem no terreno das emoções, é a luz de Cristo que já expulsou todas as trevas da razão e as sombras da sensibilidade.”

As ideias voam ao encontro do próximo.

Podemos, assim, dizer que a inteligência é aprimorada pelas ações do pensamento, e este é conduzido pelas nossas escolhas. E é preciso saber que o pensamento vai para além de nosso ser, como explica Emmanuel:

“As tuas ideias e comentários, atos e diretrizes voam de ti, ao encontro do próximo, à feição das sementes que são transportadas para longe das árvores que as produzem. Cultivemos amor e justiça, compreensão e bondade, no campo do espírito.

Guarda a certeza de que tudo quanto sintas e penses, fales e realizes é substância real de tua mensagem às criaturas. E é claramente pelo que fazes às criaturas que a lei de causa e efeito, na Terra ou noutros mundos, te responde, em zelando por ti.”

Portanto, é grande a responsabilidade na formulação de pensamentos. Afinal, vemos que a influência que se exerce sobre os outros retorna como ideias, emoções e vibrações da mesma natureza.

E pelo mesmo motivo, complementa Miramez, “se alguém vos calunia, não revideis, para que não vivais na mesma dimensão do caluniador, e respondais pelo estrago da energia deturpada que desprende de vós pelo infinito afora.”

“A responsabilidade é muito grande para as almas que formulam os pensamentos, influenciando as criaturas, pois, pela lei, haverão de receber, de volta, ideias com as mesmas emoções, e vibrações com as mesmas estruturas.”
Miramez

As interações energéticas do pensamento acontecem também com os espíritos desencarnados.

Dentre outra coisa que precisamos saber, é preciso lembrar que as interações energéticas que se dão através do pensamento acontecem também com os espíritos desencarnados.

Assim, os pensamentos que emitem baixas vibrações vão encontrar seres que estão na mesma faixa vibratória. Com isso, sem dúvida se facilita a ligação com os espíritos obsessores e maldosos.

“À vista disso, criar costumes de melhoria interior significa segurança, equilíbrio, saúde e estabilidade à própria existência”, esclarece André Luiz.

Por outro lado, para contarmos com a assistência benéfica dos bons espíritos, “é preciso que a educação da mente seja o primeiro passo. A disciplina deverá surgir como mostra de um esforço dinâmico da alma, e raios de luz, como relâmpagos nos céus da aura do candidato, anunciarão novos dias. Está a luta travada, entre as trevas e a luz, entre o eu inferior e o superior. Se assim podemos dizer, entre a carne e o espírito.”, explica Miramez.

O benfeitor espiritual continua as suas elucidações, dizendo que para a harmonização da mente também contamos com a atuação de nossos semelhantes, principalmente daqueles que não simpatizam conosco.

E ele pergunta: “Como aprender a perdoar sem sermos ofendidos? Como conhecer o valor do amor, sem antes provarmos o tétrico ambiente do ódio? E a saúde, sem sentirmos o guante da dor?

São estímulos de fora, que vêm para o nosso socorro, criando tempestades no nosso mundo mental, agitando os mares dos sentimentos, para que tomemos as devidas providências, analisando no laboratório da razão e nas sensibilidades do coração.”

Não podemos parar de pensar pois a mente é um dínamo sagrado.

Miramez continua com os ensinamentos que nos proporciona sobre o poder do pensamento e o cultivo da inteligência, enriquecendo o nosso saber. “Mesmo que queiramos, nunca conseguiremos parar de pensar. Pois a mente é um dínamo sagrado ligado à suprema inteligência universal, pela qual flui, ininterruptamente, a vontade de Deus.

A estupenda energia dos pensamentos cria formas admiráveis, alimenta uma gama de coisas sem precedentes, atuando em todas as linhas do metabolismo, harmonizando todos os mundos celulares, se sua formação congênita é o amor e a caridade em suas variadas extensões.

“Pensar é viver, e viver melhor é pensar conscientemente, fazendo o que nos toca com mais perfeição.”
Miramez

Reflitamos sobre o bem ou o mal que poderemos fazer, no uso daquilo que é mais sagrado na nossa vida: pensar, emitir ideias. Vigiemos, pois, nossas emissões mentais. Todo esforço neste sentido é louvável, mesmo que não atinjamos totalmente a pureza desejada.

Já é um pouco de luz a despontar no coração e na inteligência dos operários do bem, na reconstrução da personalidade envolvida no engano, por influência da ignorância”, explica o instrutor espiritual.

Pensamentos negativos são notas dissonantes.

Os pensamentos saudáveis, elevados e que, assim, trazem benefício, devem ser um hábito. E o hábito é construído pela prática constante. Portanto, é importante saber que sempre se deve praticar a emissão de ideias de compreensão, paciência, solidariedade, perdão, enfim, pensamentos ligados a emoções superiores para com todas as criatura.

Assim se forma o ambiente interior propício à elevação espiritual, tornando a mente límpida e nos libertando “da velha sombra que nos acompanha há milênios, denominada ignorância. (…) Pois a poluição mental turva a consciência e conturba o raciocínio, deixando a alma trôpega no vaso da carne”, como define Miramez.

Como Dalai Lama costuma explicar, nós temos o hábito diário de higienizar o corpo, mas também é preciso adotar o hábito de higienizar a mente e as emoções, evitando as emoções tóxicas e os pensamentos negativos.

E para isso, orar e vigiar continua sendo a melhor atitude para a tarefa de limpeza da mente, “diminuindo a carga corrosiva acumulada em muitos séculos, [e lembrando que] a evolução da mente é lei universal, em todos os mundos,” esclarece Miramez.

O benfeitor espiritual continua dizendo que os “pensamentos negativos são notas dissonantes na harmoniosa orquestração da mente. E as boas ideias fortalecem o cérebro, revigoram os nervos, estendendo as bênçãos do bem em todo o complexo biológico.

É hora de participarmos com mais intensidade da nossa evolução mental, procurando conhecer todos os horizontes da mente, para trabalharmos com proveito na grande construção do super-homem de amanhã”, finaliza Miramez.

Saber como o pensamento age é o primeiro passo na obtenção da felicidade.

André Luiz nos traz o alerta para o fato que, “constrangidos a encontrar a repercussão de nossas obras além do plano físico, de que nos servirá qualquer euforia alicerçada na ilusão? De que nos vale o compromisso com as exterioridades humanas, quando essas exterioridades não se fundamentam em nossas obrigações para com o bem dos outros, se a desencarnação não poupa a ninguém?

Cogitemos de felicidade, paz e vitória, mas escolhamos a estrada que nos conduza a elas sob a luz das realidades que norteiam a vida do Espírito, de vez que receberemos de retorno, na aduana da morte, todo o material que despachamos com destino aos outros, durante a jornada terrestre.

Não basta para nenhum de nós o contentamento de apenas hoje. É preciso saber se estamos pensando, sentindo, falando e agindo para que o nosso regozijo de agora seja também regozijo depois.”, adverte André Luiz.

Portanto, podemos concluir que o pensamento é o primeiro passo na obtenção da paz e da felicidade que todos almejam e só através da persistência e da boa vontade eles podem ser conduzidos a patamares cada vez mais elevados de saber e inteligência no caminho da evolução espiritual.

Noemi C. Carvalho

Referências

Wikipédia – Inteligência
– Estude e Viva – Emmanuel e André Luiz, psicografado por Chico Xavier e Waldo Vieira
– Horizontes da Mente – Miramez, psicografado por João Nunes Maia

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: