Home / Autoconhecimento / Os Espíritos veem tudo o que fazemos?

Os Espíritos veem tudo o que fazemos?

homem usando óculos sentado escrevendo está rodeado de espíritos veem tudo

Os Espíritos podem nos ver?

Livro Dos Espíritos Cap. 9, questão 456. Os Espíritos veem tudo o que fazemos?

     — Podem vê-lo, pois estais incessantemente rodeados por eles. Mas cada um só vê aquelas coisas a que dirige a sua atenção, porque eles não se ocupam das que não lhes interessam.

Essa questão formulada por Allan Kardec aos sábios Espíritos que o auxiliaram na codificação do Espiritismo é uma das dúvidas que desperta muito a curiosidade de todos aqueles que se iniciam na doutrina.

A resposta não poderia ser mais clara e direta: sim, veem tudo que fazemos e não só nos enxergam, mas como também estão ao nosso redor, partilhando o espaço sem que os notemos.

Pessoas encarnadas podem ver os Espíritos?

Neste momento do assunto sempre surge a pergunta: é verdade que tem pessoas encarnadas que veem os Espíritos?

Sim, existem pessoas que possuem vidência, que é a faculdade de ver Espíritos. Essa capacidade mediúnica pode acontecer de forma consciente, em estado de vigília normal, com a formação de lembrança do que foi observado, mas também existem pessoas que conseguem enxergar os Espíritos quando em estado sonambúlico¹.

Outro aspecto que aguça a curiosidade nesta área é saber se essas pessoas que conseguem ver os Espíritos ficam vendo-os todo o tempo. Não, se assim fosse provocaria graves transtornos psicoemocionais.

Os Espíritos sabem o que pensamos?

Sabemos que os Espíritos nos observam, que eles estão à nossa volta. O passo seguinte de Allan Kardec era saber, então, se essas entidades conseguem acessar a parte mental dos encarnados, se é possível eles saberem o que pensamos.

Livro Dos Espíritos Cap. 9, questão 457. Os Espíritos podem conhecer os nossos pensamentos mais secretos?

     — Conhecem, muitas vezes, aquilo que desejaríeis ocultar a vós mesmos; nem atos, nem pensamentos podem ser dissimulados para eles.

Os pensamentos plasmam em nossa aura as imagens, intenções e emoções que nos embalam. A energia dos pensamentos projeta imagens à semelhança de um projetor, e assim podemos dizer que somos livros abertos àqueles que estão no plano espiritual.

Podemos esconder algos dos Espíritos?

Livro Dos Espíritos Cap. 9, questão 457 a) Assim sendo, pareceria mais fácil ocultar-se uma coisa a uma pessoa viva, pois não o podemos fazer a essa mesma pessoa depois de morta?                

     — Certamente, pois, quando vos julgais bem escondidos, tendes muitas vezes ao vosso lado uma multidão de Espíritos que vos veem.

Então, imagine o seguinte quadro: uma pessoa passa a vida inteira enganando e mentindo para algum parceiro, seja ele de negócios ou um relacionamento sentimental. Esse parceiro desencarna e, ao observar aquele com quem conviveu e confiou, descobre que foi enganado. Imagine a decepção desse que agora, livre do corpo material, possui uma maior desenvoltura e não é visto por aqueles que ficaram.

Os Espíritos podem influenciar nossos pensamentos?

Agora o ponto crucial no relacionamento que mantemos cotidianamente com esses seres de uma outra esfera é se eles, além de saberem o que anda em nossas mentes, podem também, de alguma forma, exercer interferência nos nossos pensamentos. Afinal os nossos pensamentos são efetivamente nossos ou sofrem ingerência dos Espíritos?

Livro Dos Espíritos Cap. 9, questão 459. Os Espíritos influem sobre os nossos pensamentos e as nossas ações?

      — Nesse sentido a sua influência é maior do que supondes, porque muito frequentemente são eles que vos dirigem.

Para aqueles que pensam ser os amos e senhores de sua existência, soberanos de seu arbítrio, que a todo momento desafiam a todos afirmando ser o dono de sua vontade, orai e vigiai, pois podem estar enredados por sedutoras influências dos Espíritos que os acompanham e conseguem imprimir suas vontades aos que ainda estão na Terra.

Em muitos centros espíritas, uma cena comum é chegarem pessoas para se tratar e logo avisam que veem ou sentem ter Espíritos à sua volta causando incômodos e atrapalhando tudo.

Sinto informar que não é só um Espírito, mas um comandante que organiza e ordena as ações para todo o pelotão que lhe obedece. Se essa pessoa for ajuizada, o chefe e seu séquito serão bons e amigáveis, mas se assim não for, a turma não será das mais agradáveis.

O que atrai os Espíritos para perto de nós?

Você agora pode estar se questionando: o que é que atrai esses companheiros à nossa volta?

Curto e grosso: o seu pensamento. Isto acontece porque a qualidade dos pensamentos irá se sintonizar com vibrações semelhantes. Ou seja, aqueles que vivem querendo tirar vantagens, atrairão Espíritos que veem sua índole e com ela se identificam, interesseiros, manipuladores, que conseguem dominar aqueles que ficam sob sua influência.

Por outro lado, as pessoas que não conseguem se livrar dos pensamentos negativos, tristes, desanimados, atrairão logo os grupos de Espíritos sofredores e deprimidos que induzirão ainda mais sofrimento, melancolia e depressão.

E por aí vai a Lei da Atração agindo sob o comando da vontade que se perde ao não controlar o livre arbítrio, deixando a mente ser sequestrada por forças espúrias, perturbando a harmonia energética, baixando a vibração, instituindo, assim, um círculo vicioso de ordem energética e espiritual.

Por mais que se queira refutar a premissa de que o que ocorre em nossa vida, invariavelmente, é uma resposta a alguma ação por nós cometida, a verdade nunca será vencida.

As nossas emoções também podem atrair Espíritos?

Nos difíceis momentos em nossa vida, submergimos no profundo oceano das emoções contrariadas, nos relacionamentos que provocam mágoas, ressentimentos e, longe da dádiva do perdão, lançamos a todos os cantos acusações rompendo, inclusive, com nosso próprio ser.

Nestes instantes, com a mente tomada por muita raiva, os pensamentos que surgem alinham-se às perniciosas vibrações de um astral muito baixo, atraindo assim legiões de Espíritos perversos e sofredores que se alimentarão dessa energia densa e impura.

E, orientados pelos Espíritos de luz que assessoraram Kardec, sabemos que aqueles que estão no plano espiritual podem e exercem influência sobre nós através de indução energética aplicada nos pensamentos.

Como podemos nos defender de energias maléficas dos Espíritos?

No caso de sermos acompanhados por amigos iluminados que trabalham pelo nosso progresso, seremos orientados através de intuições e inspirações, pois eles respeitam nossa individualidade e não interferem no livre-arbítrio.

Mas quando estamos presos às emoções baixas, cultivando pensamentos negativos, a comitiva que nos rodeia não tem o mínimo escrúpulo em interferir na nossa vontade para atingir seus intentos.

Perceba que esses irmãos infelizes foram atraídos por uma energia que lhes é cara. Portanto, se a fonte parar de vibrar e emitir esse tipo de energia, eles se afastam em busca de outra fonte que forneça o elemento de que gostam.

A melhor defesa e tratamento, então, para nos manter longe das influências nocivas dos Espíritos malévolos é assumir a responsabilidade por nossos atos, que são frutos de nossos pensamentos.

Nós temos condição de aproveitar as oportunidades para a renovação no sentido do bem maior, da responsabilidade de trazer amor e luz para a nossa vida. E assim, a Terra toda ficará um pouco melhor e com mais luz.

José Batista de Carvalho

1 – Associação Médico Espírita do Brasil (AME)

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 10.320 outros assinantes

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Veja também

foto de uma plantação de lírios do campo

Faça pausas para olhar os lírios que nascem nos campos da vida

Às vezes precisamos de pausas em nossa vida atribulada para olhar os lírios que despontam no campo de nossa existência.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Holler Box
%d blogueiros gostam disto: