Home / Energia / Bioenergética / Os sete chakras principais são nossos corpos de energia

Os sete chakras principais são nossos corpos de energia

figura ilustrativa de uma pessoa com a projeção do universo na postura de lótus com os braços abertos mostrando a interação dos sete chakras principais
Os sete chakras principais.

A nossa energia vital e os sete chakras.

Os nossos corpos de energia são descritos nos textos védicos como uma energia que circula por todo o corpo e se acumula em vórtices conhecidos como chakras. Em sânscrito, esta palavra quer dizer literalmente “roda”, sendo observados sete chakras principais.

Para os Vedas, os seres humanos são espírito feito matéria, ou seja, somos campos de energia que se manifestam como matéria. Esta visão é semelhante à de vários outros sistemas de crenças antigas, desde o taoísmo da China antiga, aos pajés da Sibéria, América do Norte e do Sul, bem como os antigos videntes aborígenes da Austrália e da África.

Cada um dos sete chakras principais correspondem a uma posição no corpo físico. Assim, eles se relacionam a funções das glândulas do sistema endócrino, além de possuir uma correspondência com determinadas emoções.

Os sete chakras principais são:
1 – Base ou Raiz
2 – Sexual ou Sacro
3 – Plexo Solar
4 – Cardíaco ou do Coração
5 – Laríngeo ou da Garganta
6 – Frontal
7 – Coronário ou da Coroa

Segundo a tradição, o caminho para a iluminação só pode ser alcançado quando todos os chakras estão abertos e livres, para então fluir plenamente com o fluxo da vida.

Uma breve explicação sobre cada um dos sete chakras principais.

Chakra Base – Conexão com a vida e com o viver

O primeiro dos principais chakras, o Chakra Base representa os impulsos primários de sobrevivência, ou seja, o instinto e a nossa ligação com tudo o que é material.

O seu desequilíbrio pode gerar atitudes exacerbadas em relação à agressividade e ao materialismo. Por outro lado, quando este chakra está em equilíbrio, existe o centramento e firmeza nas decisões.

Para que os objetivos na vida sejam realizados, o chakra de base deve permanecer equilibrado, com pensamentos e ideias alinhados de modo a firmar uma profunda conexão com a vida.

Chakra Sacro – Prazer e criação da vida

Também conhecido como Chakra Sexual, este centro energético expressa a energia instintiva da paixão e do prazer, a força que move a criação e a criatividade em todos os sentidos.

A chama que faz a inspiração fluir e se transformar em criatividade principia nas forças deste chakra. Assim, prazer, criatividade, arte, concepções originais têm também o seu desabrochar neste núcleo de energia. Este chakra, quando desorganizado ou bloqueado, apaga a chama da criação, faz a apatia dominar os sentidos e, como resultado, interrompe a capacidade de gerar a vida, a arte e a beleza que o mundo precisa.

Este centro é o responsável pela organização e controle do corpo emocional. Assim, quando em equilíbrio, faz pessoas abertas e amorosas que se relacionam prazerosamente com a vida de forma plena. Ele abre os canais para relacionamentos íntimos mais plenos e desprovidos da necessidade de controlar outras pessoas. Entretanto, quando está em desequilíbrio, a expressão sexual tanto pode ficar excessivamente aberta ou reprimida e oculta.

Chakra Plexo Solar – A energia do poder da vida

O Plexo Solar é onde as energias que afluem dos chakras da Base e Sacro entram em poderosa transformação para constituírem a força do poder, o poder da vida, da vontade. É aqui que o importante senso de autovalorização busca a força e energia necessárias para consolidar e manter a preciosa individualidade do ser, fundamental para equilibrar a interação do Self (Eu) com o ego.

Neste chakra temos a sede organizadora e gestora do corpo mental. É onde ficam registradas todas as memórias dos eventos vivenciados, bem como as programações mentais e crenças. Esta região é muito suscetível às variações do padrão vibratório dos pensamentos, pois está ligada ao campo mental. Por isso, pode desencadear reações que se manifestam fisicamente com mal-estares.

É neste ponto onde temos o agrupamento das emoções negativas, como os ciúmes, o medo e a raiva, com a mente inferior. Essa conexão pode apresentar riscos aos esforços de elevação espiritual.

Chakra Cardíaco – Vida em harmonia e paz interior

A harmonia e equilíbrio são as características fundamentais deste chakra. Este é o grande laboratório onde as energias do polo inferior e superior são transmutadas e organizadas para uma perfeita circulação por todo o sistema. Neste ponto temos, então, a sublime manifestação do amor, o mais elevado sentimento do ser humano. A partir desse sentimento, elaboram-se as suas mais diversas demonstrações como a compreensão, o entendimento e a confiança.

Os desequilíbrios neste centro energético ocorrem principalmente motivados por questões do passado não elaboradas de forma positiva. As mágoas, as angústias, os rancores e as tristezas provenientes de expectativas não realizadas, bem como de perdas não aceitas, abandonos e decepções, causam o bloqueio da energia. E produzem, desse modo, mais perturbações e sofrimentos.

Quando o Chakra Cardíaco está harmônico e bem equilibrado, desenvolve-se uma postura de auto aceitação sadia. Isto possibilita fazer a transformação de todos os sofrimentos em energia de compreensão. Assim, o perdão flui pacificamente, possibilitando que os eventos traumáticos sejam elaborados e curados. Como resultado, é recebida a permissão para o perdão de si mesmo, que desencadeará o amor por si próprio.

Esse grande centro transformador, tão logo exerça a sua função interiormente, possibilita a geração de uma amorosa energia que irradia levando o amor, a compreensão e o perdão a tudo e a todos. Ele leva o amor de si mesmo a todos os outros.

Chakra Laríngeo – A expressão da vida

Neste chakra a energia da vida elabora as formas pela quais vai se expressar, como as belezas interiores, as virtudes únicas e talentos universais serão comunicados. É aqui que se manifesta a vida através das artes e da linguagem.

Quando está equilibrado, a comunicação flui tranquila e coerentemente. A vida e as suas verdades se expressam com formas e conteúdos equilibrados e reais. Assim, mesmo as questões mais delicadas e fundamentais manifestam-se em harmonia plena.

O desequilíbrio energético neste centro desencadeia expressões e comunicações incoerentes e extravagantes, a comunicação possui fluxo desenfreado e irrefletido. Por outro lado, pode se observar também a timidez e insegurança impedindo a perfeita comunicação das emoções.

Chakra Frontal – A sábia intuição da vida

Na morada do terceiro olho temos a sede da intuição, o saber da alma. Este saber é conseguido através do aprendizado obtido com a transformação de todos os sofrimentos vividos em conhecimento e sabedoria. É o aprendizado que traz as respostas completas, nos momento necessários.

Quando este chakra está harmonizado, o saber aqui produzido possibilita que a vida se guie conforme as necessidades da alma em desenvolver experiências para a sua evolução. Desta forma, as respostas que brotam da intuição apresentam as melhores possibilidades para que todas as escolhas permitam que os caminhos que devem ser percorridos assim o sejam com  plena segurança e certeza.

Nesta área sagrada temos o encontro da divina consciência com a mente elevada do ser humano. Este centro está ligado à glândula pineal. E esta junção possibilita acessar a superior e divina sabedoria, os elevados e sagrados ensinamentos que regem a vida.

Chakra Coronário – O supremo poder da vida

Dentre os principais chakras, o Chakra Coronário é onde se realiza a ligação com a Divina Mente superior, o Universo une-se à verdade da essência humana, o ser espiritual se liga com o eterno e divino Criador.

Este chakra, conhecido como o Lótus das Mil Pétalas, é o grande portal para a elevação do espírito às mais elevadas esferas energéticas e ao conhecimento supremo. Aqui se desenvolve a consciência em sua mais elevada expressão, bem como a coordenação de todos os outros centros energéticos.

A Essência do Ser é aqui expressa. O universo se verte em seu verso, o Uno se transforma no Eu, reflexo da perfeição que se faz vida.  

Este centro energético é o responsável pela possibilidade de conexão com outras esferas e planos espirituais. Para que essa interação energética com outra realidade possa ser possível, é necessário que todos os desafios que prendem o ser à materialidade sejam superados.

É preciso, portanto, romper as amarras do orgulho, do egoísmo e as demais manifestações dos instintos primários, enfrentando-as no terreno dos desejos inferiores. E, assim, poder ascender às esferas onde se dá a reunificação com o Todo.

José Batista de Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: