Home / Autoconhecimento / Podemos rezar por alguém além de nós mesmos?

Podemos rezar por alguém além de nós mesmos?

mulher em meio a um bosque com as mãos postas em oração por quem rezar

Por quem podemos rezar?

Rezamos por nós, pela nossa saúde, alegria e prosperidade. Mas por quem mais podemos rezar?

A oração acalma, traz serenidade à mente, leveza ao coração, eleva a alma e a aproxima da bondade celestial. Ela fortalece o espírito para superar as provas que se apresentam na vida, reanima a esperança, reaviva a confiança.

A oração é gratidão, é contrição e petição. Agradecemos pelo bem que nos cerca, reconhecemos as falhas que temos a corrigir e pedimos auxílio e solução para o que mais precisamos no momento.

Podemos rezar em favor de outra pessoa?

Ensina a Doutrina Espírita que podemos, sim, rezar em benefício de outrem. A pessoa que ora com essa intenção o faz pela vontade de praticar o bem e, portanto, “atrai a si, mediante a prece, os bons Espíritos e estes se associam ao bem que deseje fazer.”

Desta forma, ainda que não possamos ajudar certa pessoa de forma direta e efetiva, Deus concede que nosso auxílio lhe chegue através da ação dos benfeitores espirituais.

Podemos orar pelos mortos e pelos Espíritos sofredores?

As preces que fazemos em intenção de pessoas que morreram ou de Espíritos sofredores chega até eles levando-lhes alívio e conforto. Elas não têm, certamente, o poder de mudar, por nossa vontade, o caminho que eles precisam percorrer ou abrandar o sofrimento a que podem estar sujeitos.

Mas eles recebem um testemunho do interesse demonstrado por quem por eles pede e “sentem sempre um refrigério quando encontram almas caridosas que se compadecem de suas dores.”

Além disso, a oração inspira ao arrependimento e ao desejo de agir de boa vontade, fazendo o que for necessário para se redimir e encontrar a felicidade.

“O desejo de melhorar-se, despertado pela prece, atrai para junto do Espírito sofredor Espíritos melhores, que o vão esclarecer, consolar e dar-lhe esperanças.”

Assim como Jesus orava pelos que ele chamava de ovelhas desgarradas, podemos também seguir seu exemplo e ensinamento, rezando por aqueles que precisam da ação benéfica e restauradora da prece.

“Amai-vos uns aos outros.”

Jesus Cristo recomendou: “Amai-vos uns aos outros.” É lícito, portanto, que usemos todos os meios possíveis que demonstrem a nossa afeição, porque esta será levada em consideração pela justiça divina, contribuindo para suavizar os sofrimentos.

O Espírito sofredor pode ser socorrido, mas somente a partir do momento que ele manifeste o seu arrependimento. “Nunca, porém, será deixado na ignorância de que uma alma simpática com ele se ocupou. Ao contrário, será deixado na doce crença de que a intercessão dessa alma lhe foi útil. Daí resulta necessariamente, de sua parte, um sentimento de gratidão e afeto pelo que lhe deu essa prova de amizade ou de piedade.

Em consequência, crescerá num e noutro, reciprocamente, o amor que o Cristo recomendava aos homens. Ambos, pois, se fizeram assim obedientes à lei de amor e de união de todos os seres, Lei divina, de que resultará a unidade, objetivo e finalidade do Espírito.”

Podemos rezar aos bons Espíritos?

“Pode-se orar aos bons Espíritos, como os mensageiros de Deus e os executores de suas vontades.”

Entretanto, o poder de que eles podem dispor para nos prestar o auxílio que pedimos depende de seu grau de evolução e da superioridade alcançada. Além disso, ele é sempre vinculado à permissão de Deus. “Eis por que as preces que se lhes dirigem só são eficazes se bem-aceitas por Deus.”

Noemi C. Carvalho

Texto baseado em “O Livro dos Espíritos” – Allan Kardec – Parte terceira – capítulo II – A prece (com trechos extraídos da mesma obra).

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

leaqui

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: