Home / Emoções / Profissionais de saúde: quando a pandemia pede cuidados emocionais

Profissionais de saúde: quando a pandemia pede cuidados emocionais

um enfermeiro consola uma enfermeira em um corredor de hospitais profissionais de saúde pandemia

A insegurança é o cenário montado pelo novo coronavírus.

Os profissionais da saúde, principalmente aqueles que atuam na linha de frente nos atendimentos da pandemia do covid-19, estão travando várias batalhas nesta que é uma verdadeira guerra decretada silenciosamente por um inimigo invisível – o novo coronavírus.

Uma das batalhas, a mesma travada pela maioria da população, diz respeito à insegurança pela falta de conhecimento desse vírus que já invadiu centenas de milhares de pessoas. Ele está sendo estudado e pesquisado para entender seu comportamento e mecanismo de ação, descobrir tratamentos, criar medicamentos e vacinas.

Enquanto isso, ele parece estar incrivelmente adaptado aos tempos atuais, se espalha quase tão rápido como uma notícia na internet. Vemos, assim, que os números de contágio crescem exponencialmente, as fatalidades aumentam tristemente.

Os agravantes emocionais dos profissionais de saúde que estão na linha de frente na contenção da pandemia.

Além desse quadro, os profissionais de saúde – trabalhadores da linha de frente – muitas vezes têm outros fatores com os quais lidar, outras batalhas a vencer.

São fatos observados nos países mais atingidos pela pandemia, como por exemplo: falta de equipamentos para sua segurança e para tratar dos pacientes, jornadas exaustivas para atender a demanda crescente, ritmo acelerado de decisões a serem tomadas, isolamento para segurança da família devido ao grande risco de contaminação. Na Itália cerca de 5.000 profissionais foram contagiados, o mesmo ocorrendo na Espanha.

Como resultado, em função desse cenário, as notícias atuais estão ressaltando a necessidade e a importância do acompanhamento psicológico para os profissionais da saúde.

Tratamentos on-line são disponibilizados para as equipes de saúde.

Em uma rápida pesquisa, já é possível ver um grande número de faculdades, associações e serviços públicos, em diversas cidades e Estados que estão disponibilizando serviços on-line especificamente voltados para atender a esta categoria.

Atendimento com técnica usada para veteranos de guerra com estresse pós-traumático.

Notícia publicada em 29/03/2020, por Alex Bessas, de “O Tempo”, informa que, em Belo Horizonte, uma rede solidária de psicólogos realiza atendimento online para os profissionais da saúde. Utiliza uma técnica reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e usada para o tratamento de veteranos de guerra que desenvolvem quadros de estresse pós-traumático.

A rede solidária atuou junto às vítimas do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, em janeiro de 2019, bem como junto a sobreviventes do atentado em uma escola em Suzano, na Grande São Paulo, em março do mesmo ano.

Maiores informações podem ser obtidas na página da reportagem de “O Tempo”.

É preciso cuidar de quem cuida da vida.

O Comitê de Psicologia da Academia Nacional de Cuidados Paliativos publicou um documento em Março de 2020. No texto, alerta que o cenário mundial foi subitamente modificado pela ocorrência da pandemia trazendo, assim, consequências imediatas que afetam diretamente a execução de atividades rotineiras.

Segundo os autores, os efeitos psicológicos que acompanham este cenário de incerteza diminui consideravelmente o senso de controle sobre a realidade. Portanto, isto pode resultar em estresse, frustração e medo, que pode ser experimentado devido a um importante nível de sobrecarga pelos profissionais de saúde.

Os desafios trazidos pela pandemia, assim, parecem não se restringir a cuidar de quem adoece pela doença. Mas atentar para quem pode sucumbir em função de se dedicar ao exaustivo trabalho de prover assistência.

Você pode ler na íntegra o documento do Comitê de Psicologia da Academia Nacional de Cuidados Paliativos.

A preocupação da OMS com os cuidados à saúde mental durante a pandemia.

O Portal PEBMED, em matéria de 26.03.2020, faz referência à Organização Mundial da Saúde (OMS), que divulgou um guia para orientar cuidados à saúde mental de diversos grupos, incluindo profissionais de saúde.

Para os trabalhadores da saúde, o estresse e a pressão de lidar com o ofício, acrescido do risco de adoecer, provocam, como resultado, severos problemas de saúde mental, aumentando o turnouver e a síndrome de burnout, além de gerar graves problemas como ansiedade e depressão.

“Cuide de você. Você é a pessoa mais importante no processo de cuidar. Lembre-se que se você não estiver bem, não poderá cuidar de outras pessoas”, enfatiza o texto.

Várias orientações e recomendações estão listadas no post que pode ser lido na íntegra no Portal PEBMED.

Universidade recruta voluntários para cuidar da saúde emocional dos profissionais de saúde que combatem a pandemia.

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais divulgou, em 26/03/2020, que está recrutando voluntários para cuidar da saúde mental dos profissionais que atuam na linha de frente do combate à disseminação da Covid-19.

O serviço será ofertado on-line, gratuitamente, por meio de plataforma de teleconsultas da Faculdade de Medicina.

Todas as informações estão no site da Universidade Federal de Minas Gerais.

A gratidão e o reconhecimento ao esforço dos profissionais de saúde.

Aplausos e mensagens ao redor do mundo dizem da gratidão e do reconhecimento de todos à dedicação e coragem mostrada pelos profissionais de saúde. Estes estão trabalhando para restituir a saúde a todos os profissionais, aposentados, desempregados, idosos, jovens e crianças.

Vamos agora mesmo enviar-lhes um sentimento de gratidão, pedindo a Deus que lhes conceda a força e saúde para saírem ilesos dessa árdua e inesperada missão.

Leia mais dicas e informações sobre alimentação, trabalho remoto, medidas de proteção e outros assuntos no Painel da pandemia: o que você precisa saber

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

Imagem com fundo escuro com a frase tudo passa em branco para superar dificuldades

Orientações de Chico Xavier para superar as dificuldades da pandemia

As lições de Chico Xavier são sempre valiosas, sobretudo quando precisamos de auxílio para superar dificuldades, como neste momento em que vivemos os males da pandemia.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: