Anúncios

Que decisões de “ser” você vai tomar hoje?

Cada momento da vida aguarda nossas decisões.

A cada dia que começa escrevemos mais um pouco de nossa história. O dia aguarda as nossas decisões, o futuro está espiando nossas escolhas, para ver que rumo vai tomar.

Decidir nem sempre é fácil. Embora tenhamos esse poder imenso de definir nosso destino, é justamente essa responsabilidade que muitas vezes nos paralisa, pela incerteza do resultado.

Queremos fazer a escolha certa, porque já sofremos por escolhas que fizemos. Não queremos sofrer de novo.

No entanto, todas essa bagagem de decisões que não deram bons resultados, junto com aquelas que foram boas, é que vão encaminhando nossas escolhas futuras, proporcionam o nosso amadurecimento e nos fortalecem para fazermos nossa novas escolhas com mais segurança.

As dúvidas nos chamam a uma maior reflexão.

Talvez não seja possível acertar sempre. Mas não é possível estacionar e estagnar.

As dúvidas nos mostram que é melhor analisar com calma a situação que desejamos resolver.

Quando mantemos a serenidade, os pensamentos ficam mais harmônicos e coerentes, ao invés de ficarem se debatendo e criando tumulto em nossa mente.

A energia desses pensamentos centrados e equilibrados cria uma força de interação com energias da mesma ordem, isto é, transmitimos e recebemos o impulso dessa energia ordenada e consistente.

O mundo é o reflexo da nossa imagem energética.

Robert Holden, psicólogo britânico considerado “o maior especialista britânico em felicidade”, diz que o mundo que vemos é um espelho, ou seja, nós vemos refletida a imagem energética que está circulando em nosso ser. Holden  afirma:

Certa vez, Gandhi disse: “Você precisa ser a mudança que deseja”.

Por quê? Porque o espelho não pode mudar sem você. E o mundo é apenas um espelho. Lembre-se, você só vê seus pensamentos.

Quando você muda, a mudança acontece. Se você não muda, você apenas vivencia mais da mesma coisa. Não adianta dizer: “Serei aberto com você assim que você se abrir para mim”, etc. Seja primeiro.

Seja diferente, caso deseje um resultado diferente. Seja a meta.

Que decisões de “ser” você vai tomar hoje? Pense em suas metas, em seus desafios, em seus relacionamentos, e pergunte-se: “Meu modo de ser vai me proporcionar aquilo que realmente desejo?”

Silencie por um instante e reajuste sua intenção de ser amável não importa o que aconteça, de ser bondoso apesar de tudo, de fazer sua luz brilhar, aconteça o que acontecer. Suas decisões de “ser” são tomadas entre você e Deus.

Não permita que nada as afaste de você.”

Tome sua decisão de “ser”.

A mensagem que Holden nos transmite é que precisamos manter nossa força interior, procurar sempre nossa luz, manter ativas as virtudes – como bondade, compreensão, gratidão – apesar de tudo que acontece a cada dia.

O “mundo”, o “lá fora”, não vai nos dar de bandeja aquilo que queremos, e nem ao menos vai facilitar as coisas. Tornar tudo fácil e realizável é atribuição e responsabilidade de cada um de nós, faz parte do compromisso que assumimos conosco em com Deus de usar esta vida para “ser” – não necessariamente famosos, ricos, adorados, proeminentes, importantes para os outros.

Mas sermos importantes para nós mesmos, compreendermos que a finalidade de nossa existência não é mudar o mundo, mas transformar nosso mundo interior a partir da integração de nossos medos e nossas inseguranças com a firmeza e a certeza de que não estamos –  em nenhum momento – sozinhos em nossa jornada.

 

Noemi C. Carvalho

 

 


LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter


 

Anúncios


Categorias:Autoconhecimento

Tags:, , , , , , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: