Home / Espiritualidade / Reencarnação: as várias oportunidades de vida

Reencarnação: as várias oportunidades de vida

Montagem fotográfica comum "túnel" de luz vindo do espaço ao fundo e mãos de pai e mãe em forma de coração segurando pés de bebê reencarnação

A diferença entre encarnação e reencarnação.

De modo bem simples, podemos dizer que encarnar é entrar num corpo carnal, e reencarnar é retornar para viver em um outro corpo. A palavra “reencarnação” é originária do latim, e significa, literalmente “entrar na carne de novo”.

Assim, sempre que se fala em “espírito encarnado”, quer dizer que se trata de um espírito que está passando por uma existência ligando-se a um corpo de carne.

A reencarnação significa que o espírito já esteve encarnado anteriormente, e está passando por uma nova experiência no corpo material.

As reencarnações, de acordo com as explicações dadas pelo espiritismo, são necessárias para o aperfeiçoamento individual.

A nossa vida é muito mais do que esta existência.

Nós geralmente pensamos na nossa existência atual como sendo a “nossa vida”, e muitas vezes isso pode nos limitar a pensar que tudo deve girar em torno das necessidades e das satisfações imediatas.

E também dizemos que “nós temos uma alma”, ou um espírito, quando, na verdade, “nós somos espíritos”.

O espírito é a nossa verdadeira constituição. Ele é eterno, ele não morre como morre o nosso corpo material.

O corpo espiritual é menos denso, e se torna cada vez mais fluido, à medida em que evoluímos. E nós evoluímos através das experiências que temos na reencarnação.

As finalidades da reencarnação.

A reencarnação pode ter várias finalidades. Ela pode servir para:

  • a prática das virtudes morais
  • o desenvolvimento ou aprimoramento de dons
  • a transformação de falhas de caráter
  • a compensação ou expiação de faltas cometidas no passado

É através dessas experiências que o espírito pode se aperfeiçoar intelectualmente e moralmente, pelo estudo, pelo trabalho, pelo bem comum e pelo amor ao próximo. Isso representa o verdadeiro progresso, que engloba o progresso material, intelectual, moral e espiritual.

Portanto, as reencarnações são um processo que se repete até que o espírito não tenha mais nada a melhorar, corrigir ou expiar, quando se torna um espírito puro.

Existe um prazo para a nossa evolução?

Através da instruções dadas pelos espíritos de luz e tornadas públicas pelo valoroso trabalho de Allan Kardec, recebemos o esclarecimento que “todos os Espíritos tendem para a perfeição e Deus lhes faculta os meios de alcançá-la, proporcionando-lhes as provações da vida corporal. Sua Justiça, porém, lhes concede realizar, em novas existências, o que não puderam fazer ou concluir numa primeira prova.”

Nós pensamos nos anjos e nos santos quando imaginamos um modelo de perfeição, porque eles são sempre amorosos, justos, têm belas palavras e profundos ensinamentos a nos dar.

Mas como é que nós podemos chegar a esse ponto, que parece tão distante e inatingível, considerando a nossa condição atual? Distante, sim. Mas inatingível, não.

É claro que não vamos conseguir mudar radicalmente, num piscar de olhos, todas as nossas atitudes, o modo de pensar, o que sentimos e a forma de agir.

Isso acontece muito esporadicamente como, por exemplo, aconteceu com Paulo de Tarso, que de perseguidor dos cristãos, depois de literalmente ser cegado pela luz divina em meio ao deserto, transformou completamente a sua compreensão e se tornou um dos maiores divulgadores dos ensinamentos de Jesus.

A grande maioria de nós, entretanto, vai caminhando passo a passo, e ninguém nos impõem nada, nem Deus, nem Jesus.

Eles nos dão, sim, cada vez mais, a possibilidade de entendermos o que é a vida em seu sentido mais amplo, o proveito que tiramos e as consequências que causamos em função das nossas atitudes. E, acima de tudo, temos que lembrar que dispomos do livre-arbítrio.

Precisamos reencarnar muitas vezes?

Para que servem, então, as várias reencarnações? Para que cada um seja o senhor de seu destino rumo ao aprimoramento, isto é, faça as suas escolhas, imprima o seu ritmo e não se sinta obrigado a nada.

Essa liberdade acaba, geralmente, deixando muitas coisas para trás. Afinal, se analisarmos de uma forma bem sincera cada pequeno momento do nosso dia, podemos entender melhor porque estamos aqui. De novo.

Você pode, por exemplo, ler algumas linhas muitos bonitas ou ouvir palavras inspiradoras falando, digamos que a paz começa em nós mesmos e que a paz do mundo depende de nós.

Você entende e concorda com a mensagem. Mas, se você fizer uma retrospectiva do seu dia, pode encontrar vários momentos em que, certamente, a paz andou um pouco distante.

É bem possível que você tenha se irritado além da conta com coisas nem tão importantes; ou então você tenha criticado demais alguém. A raiva, a inveja, a revolta, muitos pedacinhos de cada coisa podem, enfim , ter tomado uma boa parte do seu tempo.

Por que é importante manter a energia positiva?

Os sentimentos que perturbam a nossa paz podem até aparecer, mas não deveríamos ficar repisando o assunto, comentando com todo mundo, procurando mais e mais detalhes, aumentando a lista de adjetivos cada vez piores.

E isso não é só porque, como nos ensinaram quando éramos pequenos, tínhamos que ser (ou, pelo menos, parecer) educados, bonzinhos, obedientes, tementes ao castigo de Deus se não nos comportássemos bem.

Acontece que quando mantemos aquilo que costumamos chamar de sentimentos negativos ou tóxicos, como por exemplo, pensamentos, palavras e atitudes de agressividade, de crítica, de egoísmo, de desprezo, entre outros, nós emitimos isso no ambiente através de uma vibração específica, originada por esse tipo de comportamento.

Nós sabemos que o pensamento se espalha como ondas de energia que, como ímãs, atraem outras que estão na mesma faixa vibratória.

Vamos, então, pensar: quem mais poderia emitir esse tipo de onda e se ligar às nossas, numa troca de energia? Pessoas de boa índole, honestas, bondosas, espíritos bons, que podem nos proteger e orientar?

Com certeza é que não. Vamos, atrair pessoas e espíritos que estão vibrando na mesma faixa. Quem seriam, então? Pessoas interesseiras e de má índole, espíritos de ordem inferior que podem se tornar um encosto ou um obsessor.

Pela transformação interior atingimos a sonhada felicidade.

Nós falamos mais especificamente sobre o aspecto moral. Mas esse é só um dos aspectos do desenvolvimento pessoal.

Outras áreas da nossa vida, como a espiritualidade e a inteligência, também precisam ser aprimoradas. Todas elas contribuem para o progresso material da sociedade, com inovações que trazem qualidade de vida e que possam ser usufruídas por todos.

Nas palavras de Santo Agostinho: “O progresso é Lei da Natureza. A essa lei todos os seres da Criação, animados e inanimados, foram submetidos pela bondade de Deus, que quer que tudo se engrandeça e prospere.

A própria destruição, que aos homens parece o termo final de todas as coisas, é apenas um meio de se chegar, pela transformação, a um estado mais perfeito, visto que tudo morre para renascer e nada sofre o aniquilamento. Ao mesmo tempo que todos os seres vivos progridem moralmente, progridem materialmente os mundos em que eles habitam.”

Assim, então, acredito que fica mais fácil entender o significado e a necessidade das reencarnações.

Elas nos dão a escolha de progredir e, como resultado, termos uma vida em que podemos sentir a paz e a felicidade cada vez com mais intensidade e proximidade.

Noemi C. Carvalho

Referências

  • O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec, Capítulo III – Há muitas moradas na casa de meu Pai
  • O Livro dos Espíritos – Allan Kardec, parte 2ª, Capítulos II e IV
  • Wikipedia

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: