Home / Emoções / Sentimentos de amargura não combinam com a vida que você merece

Sentimentos de amargura não combinam com a vida que você merece

Moça simpaticamente oferecendo uma flor como sinal de desapego aos sentimentos de amargura
Sentimentos de amargura não combinam com a vida que você merece.

Guardar ressentimento afasta a boa energia da sua vida.

Se você preenche a sua mente com sentimentos de amargura e de ressentimento não sobra espaço para que bons pensamentos ocupem a sua vida.

Desse jeito, toda a positividade se afasta e, além disso, atrai uma energia de negatividade que acaba se virando contra você, mexe com as suas emoções e desarmoniza a sua vida.

Naturalmente, ninguém quer se sentir desse jeito. Por isso, por mais que você tenha motivos para nutrir esse sentimento de amargura, perceba que não vale a pena se sentir assim, porque não é bom para você.

Nessa hora, o que você pode fazer para não ficar ruim com o acúmulo de energias tóxicas, é desapegar dos sentimentos negativos.

Desapegue de tudo que não lhe faz bem, inclusive dos sentimentos de amargura.

Desapego é uma palavra que, geralmente, associamos a um sacrifício que temos que fazer para deixar alguém ou alguma coisa que gostamos.

Mas o desapego pode ser entendido como a forma de nos libertarmos daquilo que nos faz mal ou nos prejudica.

Por isso mesmo, é bom praticar o desapego dos sentimentos de amargura ou outros de mesmo quilate negativo.

Sentir-se bem exige fazer escolhas.

Claro que, para isso, precisamos fazer escolhas. E nesse ponto é que costumam surgir as dúvidas, os “mas” e os “se”. Para não se perder, então, nesses labirintos mentais, lembre-se sempre que o mais importante deve ser o seu bem-estar.

Mas o que é esse bem-estar, como podemos defini-lo? Acredito que é você ficar, acima de tudo, com a consciência tranquila, ficar em paz, numa boa com os outros e com a vida, sem sentimentos de amargura, de raiva, nem de desprezo.

A escolha, portanto, não fica tão difícil de ser feita se você levar em conta o que é melhor para você, ou seja, qual atitude vai fazer com que você fique bem, se sinta bem.

Como se libertar dos sentimentos de amargura.

É claro que tem situações que precisam ser claramente definidas e pelas quais pode ser mesmo preciso travar uma batalha retórica. Nesses casos, quando existem questões fundamentais que envolvem princípios dos quais você não pode abrir mão, o desapego pode significar você se afastar definitivamente da pessoa ou da situação em questão.

Por outro lado, muitas vezes o assunto não é exatamente crucial e não vale a pena fazer tempestade em copo d’água. Nesses casos, principalmente, é que temos que usar do bom senso.

Em termos práticos, isso quer dizer que você vai ter que escolher, por exemplo, entre querer que seu chefe, ou sua mãe, ou seu filho te deem razão – o que pode levar a discussões desgastantes e sem resultado nenhum – ou entender que o outro não entende a sua posição – assim como você talvez não entenda a dele.

Da mesma forma, muitos relacionamentos simplesmente se esgotam. E nesses casos, querer a todo custo segurar um amor que só faz sofrer não é a melhor opção. Nem mesmo, por outro lado, guardar ressentimentos por uma separação.

Desapegar de uma relação sofrida deixa você livre para encontrar alguém realmente compatível com seu jeito de ser, com quem você não fique sempre passando nervoso, discutindo. Relacionamento não é conviver com sentimentos de amargura e inconformismo o tempo todo, mas sentir paz. E também alegria, satisfação e todos os outros sentimentos bons.

As atitudes que dissolvem o sentimento de amargura.

Atitudes assim podem muito bem ser incorporadas como um novo hábito, um novo jeito de ser. Em geral, elas contam com dois elementos fundamentais: o perdão e a gratidão.

O perdão traz a tônica da compreensão.

E a gratidão, da aceitação.

Com o perdão, em poucas palavras, você entende que o outro pode errar porque é um ser imperfeito. E se, por acaso, você não tinha a mais absoluta e incontestável certeza sobre a sua razão, também pode se perdoar pelo mesmo motivo.

E com a gratidão, você agradece pelo entendimento que recebeu para lidar com esse tipo de situações e que assim te permite superar desavenças mantendo a paz e a calma.

Noemi C. Carvalho

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

leaqui

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: