Home / Emoções / Sentir raiva é como tomar um veneno para que a outra pessoa morra

Sentir raiva é como tomar um veneno para que a outra pessoa morra

A raiva é uma das emoções mais prejudiciais para nossa vida.

Percebemos na atualidade que uma série de conflitos e desavenças entre as pessoas ocorrem em função de expectativas e aspirações não atendidas. Observamos no ser humano que, quando a sua vontade não é atendida, a possibilidade de suas emoções se exacerbarem e chegar ao sentimento da raiva é muito grande.

Apesar desse sentimento ser maléfico para o bem-estar e muito prejudicial para a saúde, verificamos que atualmente é um dos mais cultivados. Sabemos que é um sentimento muito difícil de ser controlado. Nenhuma pessoa é capaz de se sentir bem e ficar tranquila quando passa por momentos em que a raiva toma conta de seus sentidos.

É muito difícil não sentir raiva quando a vontade não é satisfeita. O nervosismo, a irritação, o ódio, a raiva, na maioria das vezes são reações emocionais às necessidades, ambições e desejos frustrados.

Ficar mantendo a raiva e o ressentimento é muito ruim, faz mais mal a quem sente do que à pessoa que desencadeou essas emoções. Podemos até mesmo dizer que é como tomar um veneno para que a outra pessoa morra.

Reprimir a raiva é tão prejudicial quanto mantê-la.

Como vemos, não é nada bom ficar se relacionando com essa energia, portanto é bom que se entenda como transformá-la.

Neste ponto é importante frisar que o correto é liberar essa energia positivamente, pois tentar sufocá-la através de repressões pode causar depressão.

Transformar criativamente essas energias envolve alargar a compreensão através da compaixão para perceber a dificuldade que o outro tem para agir bem. Dessa forma é possível perdoá-lo, mesmo que ele continuamente se comporte não respeitando os outros.

O importante é liberá-lo, pois dessa maneira você se desprende daquela frequência vibratória e, assim, em breve essa pessoa sairá de sua vida.

Libertar a energia negativa é a melhor forma de proteção contra o mal.

Libertar-se dos sentimentos que causam dano é libertar-se da energia negativa que atraiu aquele mal.

Ao fazer isso, você perceberá que será mais tranquilo trabalhar na transformação de toda a turbulência da raiva em suaves sentimentos como a paciência, compreensão, tolerância.

Dessa forma você desenvolve a capacidade de perceber e aceitar o jeito e as limitações dos outros, sendo capaz de converter todas as irritadas emoções em sensação amorosa.

O amor tudo pode realizar. E ao aprender a utilizá-lo, verificamos que a energia do amor é a melhor proteção e antídoto contra todo o mal.

 

José Batista de Carvalho

 


LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter


 

Um comentário

  1. Obrigada por estes conselhos. Sao uma grande verdade. Desenvolver a compreensao e paciencia para com os outros e para conosco tambem. Hoje vou tentar o meu melhor desenvolver compaixao e paciencia. Muito agradecida. Rose

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: