Home / Autoconhecimento / Um mantra que purifica e protege

Um mantra que purifica e protege

Apenas repetir palavras não traz benefício.

Entoar um mantra purifica, eleva e protege o nosso ser. Contudo, quando entoamos algum mantra, oração ou prece, se apenas ficarmos repetindo as palavras memorizadas no vazio de nossas tristes emoções, pouco benefício teremos. Mas assim não alcançaremos lugar algum a não ser o fastioso tédio de obrigações forçadas.

Frequentemente lamentamos que Deus ou as Divindades não têm apreço por nós. Rezamos, oramos, meditamos mas a vida sempre fica na mesma, nada do que desejamos ou precisamos acontece.

Reclamamos muito e sempre, mas não temos a percepção de que na grande maioria das vezes estamos projetando nossas lamentações e aborrecimentos para o alvo errado. Não conseguimos perceber, no reflexo do espelho das consequências, a nossa imagem.

A ligação com uma dimensão maior de nós mesmos.

Recentemente eu assisti a um vídeo, onde o Dalai Lama é questionado por uma moça que disse sempre entoar o mantra Om Mani Padme Hum, mas que não sabia o seu significado.

Dalai Lama explicou o significado do mantra. Mas antes deixou uma valiosa lição sobre a importância de compreender verdadeiramente o objetivo de toda e qualquer prática que vise promover a nossa ligação com uma dimensão maior de nós mesmos. Desta forma é que poderemos nos aproximar das esferas mais elevadas e felizes.

Para conseguirmos buscar esse caminho é necessário desenvolver a nossa capacidade mental, a inteligência, a melhor forma para transformar as emoções. E através da prática de orações, mantras ou meditações podemos desenvolver a disposição para a prática do amor, da compaixão, do perdão, da tolerância, da auto disciplina.

Precisamos aprender a sermos, nós mesmos, o nosso próprio mestre, e entendermos de uma vez por todas que o nosso futuro depende de nós mesmos. Somos nós que, através de nossos pensamentos, palavras e ações, colocamos cada situação na estrada de nossa vivência.

Como orienta Dalai Lama, estudar é muito importante. Construir o verdadeiro conhecimento em nós é muito importante. Afinal, estamos vivendo nesta dimensão para aprender a usar a inteligência em sua total plenitude e assim promover a transformação da nossa mente.

Para reavivar a compaixão e compartilhar a energia de amor e paz.

Om Mani Padme Hum é um belo e poderoso mantra que nos purifica. Ele tem por propósito a transformação da impureza do corpo, mente e voz – voz no sentido de expressão da ideia divina, da força criadora e do poder da palavra (o Verbo Divino).

Meditar entoando esse mantra reaviva a compaixão e nos interliga com todos aqueles que também o estão recitando. Isto nos permite compartilhar a energia capaz de levar o amor e a paz para todo o mundo. E, atualmente, a humanidade está precisando urgentemente de pessoas que atuem para a cura do planeta.

Om Mani Padme Hum tem todas as características sagradas e virtudes dos Budas: os do presente, do passado e também os que estão por vir. Todos esses conseguiram chegar na perfeição e, portanto, possuem poderes para a transformação, cura, proteção e paz.

Como entoar um mantra purifica nosso ser.

Quando nos sentimos sobrecarregados com a pressão do cotidiano, quando nosso olhar se perde no cinza das preocupações, devemos lembrar de deixar a mística melodia de Om Mani Padme Hum emergir do profundo de nosso ser. Permitimos, assim, que nossos lábios abram caminho para esse poderoso mantra. Ele desperta uma sensação de devotamento e envolve nossos sentidos, abrindo os caminhos para a elevação.

Cada sílaba que recitamos estimula uma bênção espiritual, harmonizando nossa frequência vibratória com o campo de energia espiritual do som emitido, permitindo que possamos transcender impurezas energéticas e nos libertar dos sofrimentos.

As ondas vibratórias de cada sílaba geram um magnetismo purificador de energias negativas que vibram intensamente em nosso ser, limpando e energizando cada molécula de nosso corpo, aura e espírito. Desta forma, possibilita que tenhamos forças para nos elevar acima das dificuldades e assim realizarmos escolhas que paulatinamente nos libertem da ação do carma.

Escolha um local tranquilo e onde você se sinta seguro, feche os olhos e solte-se nas ondas sagradas desse mantra.

Preparei uma seleção com várias versões desse mantra no Spotify que você pode acessar através deste link.

José Batista de Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 10.316 outros assinantes

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitter

Acompanhe as publicações inscrevendo-se para receber:
– Newsletter
– Notificações

Veja também

retrato de Victor Hugo com a mão colocada no rosto vida após a morte

Você acredita em vida após a morte? Victor Hugo acreditava.

A vida após a morte, a imortalidade da alma, o começo de uma nova etapa e as definições de Victor Hugo sobre a vida que continua.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Holler Box
%d blogueiros gostam disto: