Home / Autoconhecimento / Você está preparado para o mundo de regeneração?

Você está preparado para o mundo de regeneração?

homem observando o nascimento de um novo mundo preparado mundo de regeneração

Um momento histórico marca a nossa existência.

Vivenciamos um importante momento da nossa história. Nossas ações vão revelar a evolução espiritual de cada um e determinar, assim, se cada um de nós está preparado para o mundo de regeneração que surgirá desta transição planetária.

Vivemos imersos em uma época de transição, onde os costumes e comportamentos estão esgarçando as relações e levando ao limite a convivência.

Isto é reflexo da exposição de nossos sentidos às constantes disputas, ao emparedamento de nossos princípios espirituais com discriminações, preconceitos e intolerância, fatos que constrangem e agridem todas as consciências.

A reforma íntima é avaliada em função das escolhas que fazemos.

A relevância deste período surge em nossas vidas em função das escolhas que fazemos em todos os instantes, pois estas revelam a qualidade dos valores que regem nosso livre-arbítrio, soberano e responsável pelos caminhos que percorremos.

Portanto, nossas escolhas e suas consequências serão as provas que indicarão o desempenho nesse grande teste espiritual por que passamos, em meio às turbulências características desta transição planetária.

É importante que bem aproveitemos a nossa energia e o nosso tempo para que possamos cumprir as tarefas e serviços com os quais nós nos comprometemos para a presente encarnação, e assim solucionar as questões não resolvidas que atrasam nossa jornada evolutiva.

E a nossa evolução somente será possível pela reforma íntima. É essa a necessária reformulação que dissolverá as falhas e vícios, permitindo, dessa forma, a consolidação do conhecimento e das virtudes que irão possibilitar as condições para o serviço abnegado e fraternal.

As provas e expiações que avaliam se cada ser humano está preparado para transformar o planeta num mundo de regeneração.

A transição planetária é a evolução do planeta, que passará de um local de provas e expiações para um mundo de regeneração*. Este é onde os espíritos que estão em evolução, e ainda necessitam passar por encarnações expiatórias, poderão encontrar as condições ideais para se recuperarem, descansarem e assim ganharem forças para prosseguirem em sua jornada.

A transformação da Terra se dará como resultado da renovação dos seus habitantes, sendo que já há algum tempo correntes migratórias de espíritos mais evoluídos têm ocorrido, trazendo ao planeta seres que aqui chegam com o objetivo de promover mudanças sociais, políticas, econômicas, ambientais e tecnológicas que viabilizem as mudanças necessárias para a melhoria do planeta.

Para que possamos fazer parte daqueles mansos e pacíficos que herdarão a terra em regeneração de que Jesus falava, precisamos nos renovar, nos libertar do egoísmo, do orgulho, que devem cessar em nossas almas.

E aqueles que, infelizmente, não atenderem ao chamado para a iluminada renovação, serão então conduzidos a mundos que vibram nas mesmas faixas energéticas inferiores dos espíritos rebeldes.

Você pode gostar de ler também:

O papel da pandemia do coronavírus na transição e regeneração do mundo.

Certamente esta pandemia do coronavírus está inserida nos mecanismos da transição planetária. No entanto, não podemos considerar que aqueles que estão partindo, vítimas do perigoso vírus, sejam os deserdados que serão conduzidos a planetas mais primitivos.  

Esta pandemia está, na verdade, servindo de dura prova para toda a humanidade, uma vez que ela está avaliando a reação e comportamento de todos frente aos desafios que estão se materializando.

Estamos observando, por exemplo, muitas pessoas que estão se deixando levar por paixões políticas partidárias, movidas pelas emoções e medo. A insidiosa dicotomia amor e ódio é, acima de tudo, um terrível combustível que inflama as já desgastadas relações sociais.

Além de enfrentar a ameaça desse mortal vírus e suas sequelas orgânicas, temos também que planejar de que forma podemos mitigar as consequências sociais que estão assolando toda a sociedade, principalmente os desfavorecidos que perderam seus negócios, empregos e meios de sobrevivência.

O coronavírus pede nosso testemunho no caminho da evolução.

Vivemos uma conjuntura onde é necessário nos unirmos, reconhecermos que somos todos irmãos e, nesta condição, filhos de um mesmo Pai.

É preciso lutar para a preservação da vida, criar novas formas de trabalho que possam incorporar todos aqueles hoje excluídos. Urge encontrar novas formas de relações sociais que atendam a todos, principalmente aqueles em condição de vulnerabilidade.

Talvez seja por isso que o vírus tenha aparecido: para criar condições desafiadoras que exijam de cada um de nós o testemunho de comportamento e atitude. Desta forma, são aferidas nossas condições evolutivas para encaminhar cada um conforme suas obras. E certificar, assim, que cada novo habitante esteja preparado e apto a desfrutar do mundo de regeneração.

José Batista de Carvalho

* Progressão e as Diferentes Categorias de Mundos Habitados

“A progressão dos mundos habitados ocorre no mesmo ritmo da dos seres que habitam em cada um deles. Os mundos habitados, segundo o Espiritismo, podem ser classificados do seguinte modo:

Mundos Primitivos

Destinados às primeiras encarnações do Espírito. São os mundos formados há menos tempo. Neles se encontram todos os seres nas suas fases iniciais de progresso. Nesses mundos, os espíritos ainda estão em estado primitivo, com senso moral pouco desenvolvido.

Mundos de expiação e provas

São mundos nos quais os espíritos reencarnam para expiar seus erros de vidas passadas e passar por provas que vão contribuir para a sua evolução. Nesses mundos o mal ainda é dominante entre os Espíritos, embora já haja a prática do bem. Algumas espécies animais já demonstram um certo grau de raciocínio e consciência. A exploração dos animais pelo ser humano e o desrespeito à natureza são preponderantes.

Mundos de regeneração

Neles, os Espíritos que ainda têm o que expiar haurem novas forças, repousando das fadigas da luta. As demais espécies de seres vivos estão mais evoluídas e poucos são os seres humanos que as exploram para o trabalho ou para deles se alimentarem. É maior, também, o respeito pela natureza em geral.

Mundos ditosos

Onde o bem sobrepuja o mal. Nesses mundos, a exploração das espécies animais pelo ser humano e o desrespeito pela natureza são reduzidos.

Mundos celestes ou divinos

Habitações de Espíritos depurados, onde exclusivamente reina o bem. Todos os outros seres, nestes mundos, encontram-se no seu estágio final de desenvolvimento antes de passarem para o reino seguinte na escala evolutiva. Reinando somente o bem nesses mundos, a harmonia entre todos os seres é total.

A Terra pertence, ainda, à categoria de mundo de expiação e provas. É inegável, no entanto, que o mal, sob uma perspectiva histórica, vem diminuindo de forma sistemática e que já se pode dizer que as iniciativas voltadas para o bem têm crescido também de forma sistemática. Pode-se concluir, portanto, que a Terra está entrando em uma fase de transição para mundo de regeneração. Mensagens espirituais que vêm sendo recebidas no movimento espírita desde o final do século XX têm confirmado tal percepção.

A progressão dos mundos e as diferentes categorias e mundos habitados – Capítulo III de O Evangelho Segundo o Espiritismo “

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 10.341 outros assinantes

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Veja também

seres espirituais caminhando numa extensa alameda arborizada que termina em imponentes edificações vida após morte reencarnação

Vida após a morte: à espera da reencarnação

O espiritismo explica como é a vida após morte e o que acontece durante o espaço de tempo em que o espírito aguarda a reencarnação. Leia aqui.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: