Home / Espiritualidade / Ave-Maria, a oração a Nossa Senhora

Ave-Maria, a oração a Nossa Senhora

Ave-Maria

O pedido de proteção e amparo à Mãe Santíssima.

A Ave-Maria é uma oração que dirigimos à Virgem Maria, a quem também chamamos de Nossa Senhora. É umas das primeiras preces aprendidas na infância, para que peçamos a bênção e a proteção de nossa Mãe Santíssima. Suas palavras são baseadas nos episódios do Evangelho conhecidos como a Anunciação e a Visitação.

A Anunciação.

A Anunciação se reporta ao momento em que o Anjo Gabriel visita a Virgem Maria para lhe dizer que ela seria a mãe de Jesus Cristo.

A visita a Maria é assim descrita no Evangelho de Lucas (Lucas 1:28-42): “E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.”

Em seguida, ele explica a Maria que ela fora escolhida para conceber e dar à luz a uma criança a quem daria o nome de Jesus, o que se daria pelo dom do Espírito Santo.

Essa é, portanto, a origem das palavras iniciais da oração da Ave-Maria:
Ave Maria, cheia de graça.
O Senhor é convosco!
Bendita sois vós entre as mulheres.

A saudação, “Ave”, deriva do latim. Essa era a palavra usada na antiga Roma para saudar ou cumprimentar efusivamente alguém.

“Cheia de graça significa que Maria tinha recebido as graças de Deus, os benefícios do Senhor. Ela tinha sido escolhida por Deus.

“O Senhor é convosco!”, disse o anjo, pois Deus, o Senhor, estaria sempre ao lado dela, uma vez que Maria seria a mãe de seu Filho. Era, certamente, uma missão de imensa responsabilidade e importância, e traria enormes desafios e dificuldades. Por isso a garantia trazida por Gabriel de que o Senhor estaria com ela, fortalecendo-a e amparando-a a cada momento.

“Bendita sois vós entre as mulheres”, pois entre todas as mulheres, Maria foi a escolhida por Deus para uma grande missão: gerar o Messias e cuidar da criança que vinha cumprir a vontade divina de mostrar novos caminhos à humanidade, da qual Maria terá participação especial. Ela receberá a salvação, o Salvador esperado e desejado há tanto tempo pelo povo de Israel. E é em Maria que a profecia se cumpre.

A Visitação.

Conversando com Maria, e para que ela não se atemorizasse e tivesse confiança em suas palavras, o Anjo Gabriel lhe falou: “E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril. Porque para Deus nada é impossível.” (Lucas 1 5:17)

Maria, então, depois que o anjo se retirou, foi à casa de sua prima Isabel, que em breve se tornaria a mãe de João Batista.

A visita de Maria Santíssima a Santa Isabel é conhecida como a Visitação. (Lucas 1:39-56).

Ao chegar, Maria cumprimentou Isabel. “E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; Isabel foi cheia do Espírito Santo. E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.”

Essa fala de Isabel dá a continuidade à Ave-Maria, encerrando a primeira parte da oração:
Ave, Maria, cheia de graça,
o Senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres,
e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

A segunda parte da Ave-Maria, a oração para Nossa Senhora, mãe de Jesus.

Somente depois do Concílio de Trento (realizado no período de 1545 a 1563) a Ave-Maria foi complementada com o seu trecho final.

A referência a Maria como Mãe de Deus – “Santa Maria, mãe de Deus” – vem das palavras de Isabel ao conversar com sua prima, quando ela exclama: “Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?”

Em seguida, vem o pedido – “ rogai por nós, pecadores” – para que a Mãe Santíssima ore e interceda por todos nós, também filhos seus. Somos todos viajores na estrada da elevação espiritual e, portanto, ainda imperfeitos e sujeitos a cometer falhas.

E sabemos que tudo o que a ela pedirmos ela levará ao conhecimento e ao amoroso coração de seu Filho, nosso Mestre Jesus.

A oração da Ave-Maria é então encerrada com a frase “agora e na hora da nossa morte”. Ela complementa a petição para que a intercessão de Nossa Senhora se dê no momento presente, aliviando as nossas angústias e indicando caminhos, bem como no inevitável momento da nossa morte.

Esse é o momento de nos desprendermos de tudo o que se relaciona à vida na Terra e levarmos apenas o que temos em nosso coração e em nossa mente para assim continuarmos a jornada espiritual.

Essa é, portanto, a origem da oração que aprendemos a rezar com tanta devoção. Em suas poucas linhas, ela retrata um divino e fundamental trecho da história do cristianismo e nos dá a exata dimensão da nobre missão de Maria. Oremos, portanto, à nossa querida Mãezinha, com a devoção que ela teve por todos nós.

Noemi C. Carvalho

Ave-Maria

Ave, Maria, cheia de graça,
o Senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres,
e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, Mãe de Deus,
rogai por nós, pecadores,
agora e na hora da nossa morte.

Amém

Referências

Lucas 1
Catequistas em formação
Diocese de Apucarana
Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora
Ave-Maria – Wikipedia
Anunciação – Wikipedia
Visitação – Wikipedia

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

1 – Insira o seu e-mail e cadastre-se.

2 – Autorize sua inscrição no e-mail de confirmação que você vai receber.
* Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

Também nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Pinterest

Twitter

YouTube

[themoneytizer id=”61382-19″]

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas publicações por

e-mail

 Insira o seu e-mail para se cadastrar.

Você vai receber primeiro um e-mail para autorizar a inscrição.

Lembre-se de olhar as caixas de spam e de promoções.

Um e-mail vai ser enviado para você autorizar a sua inscrição. Lembre de olhar a caixa de spam.

%d blogueiros gostam disto: